MAKE THE BED


Oi, meu povo! Estamos aqui para discutir um pouco sobre fazer coisas. No inglês o verbo “to make” significa fazer e “bed” é o substantivo cama. A pergunta de agora é: “E daí?”. Não seja rude vamos tentar entender o raciocínio e como esse pode influenciar na nossa vida cristã.

Antes de me casar sempre tive o costume de arrumar minha cama todos os dias pela manhã e mesmo quando eu não tinha tempo e saía atrasada, ao chegar em casa minha cama estava arrumada, minha mãe o fizera novamente. Semanas antes de casar-me minha mãe disse: "Isabelly, antes de sair de casa para ir ao trabalho, arrume sua cama todos os dias!"

Porém, quando eu me casei tinha uma rotina bastante frenética de trabalhar 40 horas semanais e estudar no turno oposto, ou seja, minha casa era bem último plano. Saía as segundas, terças, quartas, quintas e sextas, mas o cansaço impedia que a minha cama permanecesse arrumada.

Durante várias semanas eu ia para o trabalho com lágrimas nos olhos, por me sentir um fracasso como homemaker. Não, eu simplesmente não poderia ser o que pensei conseguir facilmente, não tinha como chegar em casa e as coisas aparecerem prontas, como acontecera anteriormente. “Alguém precisa fazer a cama”.

Assim como os lençóis amarrotados e uma cama desfeita, o meu coração estava em pedaços, o vinculo de comunhão com Cristo estava destroçado, não tinha tempo para meus devocionais, entrava semanas e só pegava a bíblia nos cultos do fim de semana. Minha falta de tempo não justifica a falta de prioridade com as coisas do alto.

E na sua vida quais são as camas que precisam ser feitas? Hoje precisamos fazer muitas coisas ao mesmo tempo, mas será que realmente precisamos? Será que o Soberano não nos deu tempo suficiente para priorizar o que realmente precisamos realizar no cotidiano?

Irmãos, não somos super-heróis, não conseguimos fazer tudo, mas contudo, precisamos fazer o que é essencial no nosso dia a dia. Ter minha casa em ordem é importante para mim e tento manter as coisas organizadas e limpas, para uma maior agilidade para realizar as tarefas diárias (o famoso ganhar tempo). Porém, o mais importante não pode ser as coisas passageiras do dia a dia, existe algo mais importante para você, cristão!

E para não perder o foco, presta atenção! A nossa vida espiritual precisar ganhar um destaque durante o cotidiano, para que a nossa lâmpada esteja sempre acesa. Leia bons livros teológicos, veja boas pregações, leia a sua bíblia e ore mais, faça da sua vida um culto a Deus. Alguém precisa "fazer a cama" e esse alguém é você!


Keep calm and make the bed,

Isabelly Lino

domingo, 11 de novembro de 2018

Mais que uma categoria taxonômica


Recentemente pude conviver de formas diferentes com diferentes pessoas. De estudante a mestre, de médico a procurador, de administrador a secretário, de militar a poeta, de biólogo a cientista da computação, de tantos tipos. Mas sobretudo, pude conviver com pessoas que não podem ser apre(e)ndidas se eu apenas quiser prendê-las em uma dessas ou quaisquer outras categorias, que por vezes já nem são reais, mas são preconceitos travestidos de verdades estatísticas. Pessoas não cabem em taxonomias. Pessoas são únicas, concordam, discordam, mudam de opinião e por vezes você pode até ser o gatilho desta mudança, principalmente quando você está mais ocupado com o bem do outro do que com estar certo. Verdades duras podem ser expostas com franqueza, sem todavia levantar o dedo exaltado em riste. Às vezes um olhar que se demora marca mais profundamente que palavras e escreve cartas que mudam sua vida definitivamente. Pessoas podem ser cruéis, mas também podem ser incríveis, não há nada mais complexo e belo nesta criação do que ser humano.

(Da Série Não me deixem pensar muito)

Ósculos singulares,
Iky Fonseca

P.S.: Pra quem não me conhece, eu sou essa pequenininha de blusa azul com pose de time na frente hahaha...

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Fuja das distrações

Entre os anos 30 e 70 d.C., os Hebreus passavam por uma situação delicada. Eles eram judeus cristãos e estavam sofrendo perseguição pelo Império Romano, liderado por Nero, onde desconfia-se que o próprio imperador ateou fogo em Roma e acusou os cristãos de tal ato para justificar de vez a perseguição ao povo de Deus. Esse período foi o da Igreja Primitiva, que anunciava o evangelho e cumpriam o ide deixado por Jesus, acreditando que o Filho do Homem voltaria brevemente.

Os Hebreus viviam exaustos, cansados, provavelmente desanimados e questionando se todo aquele sofrimento, viver escondido, correr risco de vida valeria a pena, tudo isso por alguém que disse que voltaria em breve. Muitos pensaram em voltar com suas práticas judaicas até Paulo escrever uma carta em 66 d.C. dizendo: “Não desanimem! Fujam das distrações e foquem em Cristo!” (Hb 2) . Dois anos depois, Paulo encerrou a sua carreira e guardou a fé.

Nossos dias são agitados e tensos, guardada as devidas proporções comparado aos hebreus. Nosso mundo globalizado e rápido nos faz muitas vezes cair nas distrações diante uma correria quase infernal (principalmente no calor), esquecemos de Deus. Com isso, nos tornamos pessoas ansiosas e não sabemos descansar porque nos achamos autossuficientes, embora Deus nos diga o tempo todo “É Meu somente Meu todo trabalho, e o teu trabalho é descansar em Mim”. O filósofo alemão Nietzche diz “se você olhar para o abismo, o abismo olha de volta para você”. Muitas vezes estamos passando por problemas diversos e paqueramos o abismo, caímos no pecado e nos afastamos de Deus, tudo isso porque esquecemos de quem nos dar armas contra a distração. Nós esquecemos de Deus.

Deus nos dá armas. Ao buscar o poder que vem do alto, nos consagrando, meditando e dando prioridade a Deus, lutamos contra as distrações do dia a dia, sejam afazeres ou a tecnologia – instagram, joguinhos – e alimentamos a natureza do Espírito de Deus em nós, e não nossa própria natureza, que produz coisas ruins. (Gálatas 5: 19-22). Dessa forma, estaremos sendo responsáveis conosco e estaremos protegendo nossa alma contra as distrações.

Não ande distraído! Quem pega estrada distraído causa acidentes. Olhamos o céu, a linda coloração de azul, a perfeita aurora do pôr do sol, a apaixonante lua mas muitas vezes esquecemos que existe alguém além do que tudo isso, algo maravilhoso! Precisamos viver bem! Precisamos viver Cristo!

“O que fazemos agora ecoa na eternidade” (Maximus – personagem do filme O Gladiador)



Samir
segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Rabiscos de Sábado: Ai que PRE-GUI-ÇA!

Oieeeee 😋😊😉...

Tem um bom tempo que não passo por aqui e, confesso: estava em um relacionamento sério com a minha preguiça. Ela não tinha haver com o escrever exatamente, mas como eu me inspiro nas boas bobeiras do cotidiano e, ultimamente, as coisas andam beeeeem tensas em nosso país, não estava conseguindo enxergar nada além do caos. (#Dramática #SóQueNão😶) Justamente nessa semana, eu vi / vivi duas situações muito simples e que, de algum modo, me libertaram da preguiça plantando sementes de esperança na humanidade, bem como, na própria vida. E, acredite: as duas situações aconteceram em ônibus.


A primeira situação foi gerada em um ato de solidariedade de um motorista que, ao me dar uma informação, teve a bondade, totalmente espontânea, de me deixar no melhor ponto para que eu pegasse o ônibus para chegar no meu trabalho. E não foi apenas ele, o cobrador e outro rapaz da mesma empresa, que estava encerrando seu turno, foram super solícitos em me tirarem do “sufoco” de estar longe de mais do lugar certo. Essa atitude me constrangeu de um jeito fofo sabe?! É como se aquele momento tivesse colorido e retocado uma certeza que tenho em meu coração: se você puder fazer algo bom para alguém, simplesmente faça!

Dois dias depois, indo para o trabalho de busão, enquanto ele estava parado para o descanso do cobrador e motorista, um passarinho entrou e ficou preso em um cantinho da porta de saída. Caraaaaaa eu fiquei muito preocupada com o bichinho! Tentei encontrar uma forma de tirar ele dali, mas eu não conseguia e só pensava / pedia “não deixa morrer, Senhor”. Um idoso, também tentou libertá-lo, mas não teve jeito... O motorista ligou o carro, a porta foi fechando lentamente, e eu presenciei um verdadeiro milagre: o passarinho conseguiu sair e voar para liberdade; seu lugar nesse mundo de meu Deus; e eu, boba de alegria dei aquele riso aliviado de quem viu a vida vencer, mesmo sabendo que nem sempre é assim que acontece. 
  Recordarei os feitos do Senhor; recordarei os teus antigos milagres.Meditarei em todas as tuas obras e considerarei todos os teus feitos. Salmos 77: 11-12
Nunca saberemos o que o futuro nos reserva, mas parece que nos últimos dias o medo dos amanhãs que teremos pela frente tem de algum modo, entristecido muitos corações, inclusive o meu... Profundamente. Como faremos para alimentar nossa fé no meio de tanta instabilidade? Talvez devamos, através de nossa razão buscar a luz dos feitos que Deus já fez. A vida é tão rara... Eu desejo que o tempo de agora não tire de nós a certeza de que a vida é um verdadeiro presente!


Beijos e Queijos,




Gratidão ao Guilherme Bandeira, pela liberação do uso de seus cartoons nos meus "Rabiscos de Sábado: Razão x Emoção". Conheça mais deste  trabalho em  https://www.facebook.com/objetosinanimadoscartoon/.
sábado, 27 de outubro de 2018

Praying for you - Mandisa #Fridaysong

Oieee! Parece até que é 1 de abril de tanto tempo que não vemos um #fridaysong por aqui, hahaha mas é verdade esse bilhete! E gostaríamos de mostrar pra vocês uma canção internacional digna de nossos casamentos. A letra é belíssima, a voz, o arranjo... Tudo coopera para o bem daquele momento especial no matrimônio.
Aperta o playDJ!




"Eu me pergunto se você pensa em mim
Como eu penso em você,

Se deseja meu toque.

Eu te honrarei com pureza, então você pode ter tudo de mim
Eu estou dizendo muito?
Por enquanto estou esperando, antecipando

Baby, eu sei que você vai ser
Minha fortaleza quando eu estiver fraca,
Eu te amarei nos dias bons e ruins,
Sendo rico ou  pobre.
Pode não ser muito mas, disso tenho certeza:
"Até o meu sonho se tornar realidade,
Eu estarei orando por você
Orando por você"

Eu me pergunto o que está reservado para mim,
Quem será?
Será que você já passou por mim?
E eu sei que você deve estar trabalhando duro
Para termos a nossa casa com cerca e quintal,
Talvez tenhamos uma menina e um menino,
Mas por enquanto, estou esperando, oh antecipando

Baby, eu sei que você vai ser
Minha fortaleza quando eu estiver fraca
Eu te amarei nos dias bons e ruins
Sendo rico ou pobre
Pode não ser muito mas, disso tenho certeza:
"Até o meu sonho se tornar realidade

Eu estarei orando
Que você temerá ao Senhor,
Eu vou orar para que possamos estar no mesmo propósito,
Que Deus abençoe tudo o que fizermos.
Eu oro para que Ele proteja o seu coração.
Que não vamos nos separar,
E lado a lado em nome de Jesus, ficaremos.

Mas por enquanto estamos esperando, antecipando
Sendo rico ou pobre,
Pode não ser muito mas,  disso tenho certeza:
"Até o meu sonho se tornar realidade,
Eu estarei orando por você!
Todos os dias estou orando por você."







sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Será que tem futuro?

Como saber se a pessoa que estou conhecendo (orando, varoando, ou a nomenclatura que quiser adicionar aqui) é a pessoa certa? 
 Em um congresso que fui recentemente, o pastor (Tiago Mattes, da Igreja RED) disse uma frase que irá nortear tudo que quero dizer hoje pra você:
"Tão importante quanto decidir pra onde eu vou, é decidir com quem eu vou."
A palavra dele fez abrir meus olhos, ao perceber que as pessoas da nossa geração em sua  maioria, se casa por química, aquela coisa de primeira vista que "cega os olhos" e as pessoas insistem em chamar de amor, eu costumo chamar de fogo inapropriado, e como o Pr. Tiago mesmo disse, química não sustenta casamento.
Diferente de tudo que você já viu na blogosfera cristã, o texto de hoje fala daquele antes... O famigerado "pré-namoro".
E vou apontar pra você o que na minha opinião são fontes seguras de que algo de certo está dando certo e papel de trouxa não terás, inclusive nesse link aqui, você encontrará um outro texto que serve como uma excelente continuação. E sem mais belongas, vamos começar!



0- Tenha um relacionamento real com o Senhor:

Antes, muito antes de tudo que você venha fazer. Nosso propósito aqui no work é mostrar pra você que Deus assim como em todas as outras áreas da sua vida, se interessa e muito pela sua vida emocional e pretende ampará-la(o) para que faça a melhor escolha. Lembrem-se que a base de um grande amor é a comunhão na espiritualidade. Não tenha medo de não encontrar a "pessoa certa" pois, você tem um amigo que faz questão em fazer com que os melhores amigos dele se conheçam.
Seja amiga(o) de Jesus!
Estando com isso em mente prossigamos...

1- Se conheça:

Se autodescobrir, saber o que gosta, do que não gosta, do que acredita ou não, seu propósito de vida, seus ministérios, do que te chama atenção, do que te desagrada, de como você criaria seus filhos, se quer ter filhos e quantos, se é mais calmo(a), mais quieto(a), introvertido ou não, seus valores e anseios, suas metas... Quando se tem isso em mente, observar se o(a) pretendente tem condições de ocupar um espaço disputadíssimo no seu coração fica muuuuuuuuito mais fácil. É indispensável que você se conheça a ponto de saber distinguir as qualidades que você admira e defeitos que são toleráveis x os defeitos que inegociáveis.

2- Desapegue-se:

Bem, precisamos ter em mente que tudo começa a ser leve quando a gente aprende a  desencanar de que a  pessoa "precisa" ser a pessoa certa, de que o namoro "precisa" acontecer, de que é "necessário" que termine em casamento. Talvez aqui nesse tópico você se indague "não tem sentido querer investir numa pessoa e não ter como pretensão o casamento" ou "entendo que seja um 'pré-namoro' mas o foco no casamento que vai nos direcionar em investir ou não na pessoa", mas o que eu quero dizer com desapegar é no sentido de que  antes do namoro vem a conquista; e não há o que conquistar nem o que se conhecer quando um dos lados já "nutria sentimentos na base do que construiu do ser amado".
O que acontece com o(a) apegado(a) é perigoso pois, é a carência que vai conduzir o pré-relacionamento, além de trazer uma "cegueira" aos defeitos e uma certa "rebeldia" à liderança. Todo esse apego já demonstra uma imaturidade e uma dependência do outro que precisa ser trabalhada. Amor é decisão, é pensado, é racional. O apego é totalmente emocional e se entregar as emoções e  ao imediatismo, é correr um risco que terá um custo alto. Você tem que lembrar que a sua suficiência e felicidade não pode depender dele(a), e sim do Senhor. É Ele que vai te dar toda a sabedoria, discernimento e percepção pra saber se realmente provém de Deus, por isso é tão necessário seguir os passos 0 e 1.
Não precisa focar no futuro, foque no hoje. Como diz lá no livro de Mateus 6:34, 'já basta cada dia o seu mal', se não estiver funcionando agora, não funcionará no futuro. Cultive esse relacionamento de uma forma saudável. Desta forma, se não terminar em casamento, com certeza terminará em uma bela amizade.

3- Seja você mesmo:

Eu gosto do que sou quando estou com ele(a)? Eu fico com medo do que ele(a) vai pensar se eu me expôr ou expôr minhas opiniões? Eu me sinto bem em conversar sobre qualquer coisa?
Se você respondeu sim, é um ótimo sinal pois, é de grande importância que você seja você mesma(o) e estar confortável ao lado dessa pessoa. A pior coisa que existe é você estar ao lado de uma pessoa em que você precisa medir absolutamente tudo que você fala...Tudo tem que ser leve, sem cobranças, sem dependência, vocês estão só... Se conhecendo. Avalie se esta pessoa faz ou não sentido pra você.

4- Comprometimento real:

Ele(a) faz questão de estar com você, virtualmente e principalmente, na "vida real"?
Não vale mandar mensagens ou ligar dizendo que esta com saudades, falando várias coisas mas, no fundo, não está fazendo nada.
Temos que analisar o esforço que é feito pra que o relacionamento aconteça. Todo mundo tem uma vida acontecendo: Trabalho, amigos, igreja, família, ministério, casa, academia... E em meio a tudo isso, tem que adicionar você, porque na teoria você é importante pra ele(a) agora. É como aquele velho ditado: O interessado dá um jeito. O desinteressado, uma desculpa."

5- Aprendendo com as diferenças:

Depois que já falamos da importância do autoconhecimento no tópico 1... Você já percebeu quais são as diferenças que existem entre vocês? E essas diferenças estão okay pra você?
Por exemplo: Eu sou uma pessoa mais noturna, ele é mais diurna. Eu acordo mais reflexiva, ele acorda mais "bom dia até pra parede". Eu sou mais reservada, ele é mais expansivo. Eu gosto mais de música orquestrada, ele gosta de reggae. Eu sou batista, ele é adventista do 7º dia. Eu tenho chamado para missões mundias, ele não gosta nem de viajar.
Você consegue lidar bem com essas diferenças? Porque se for inegociável, não existe a menor possibilidade de você abrir mão. Não dá pra ferir os seus valores inegociáveis.
Observe sempre os sinais de como ele(a) é.

6- Aprovação de seus pais e líderes:

Bem, esse tópico poderia estar no topo pois, é tão importante quanto orar. Aprenda a ler os ensinamentos de Deus através das palavras de seus pais. Eles enxergam o que a gente não enxerga. Busque da boca dos seus pais a benção do Senhor. Seja submisso(a).
Como minha mãe sempre diz:
 "Quem não ouve cuidado, ouve coitado."



Talvez você que esteja lendo esse texto e não está nem orando, nem namorando, nem vigiando (o que eu acho difícil hahaha), e esteja percebendo que tem amigos(as) que nunca cogitou se relacionar e que se encaixa perfeitamente no perfil tudo de bom que eu falei aqui...Se eu fosse você ao invés de "buscar" na igreja alheia, eu aproveitava a sorte que Deus te dá, porque não sei se você sabe, mas o bom é a gente namorar amigo, rs.
Percebeu que sua varoagem está no caminho certo? Está esperando o quê pra oficializar? rsrsrs
Porém, se está "pré-namorando" e percebeu que não vai vingar... Meu conselho é que termine enquanto existe amizade entre vocês, porque depois, só restarão mágoas.

Certa de que relacionamentos maduros e reais virão,

Natasha Zucolotto.

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Bodas de prata

Você me encontrou em meu pior estado. Era ainda tão jovem, achava que sabia de tudo, enquanto via minha vida desmoronar. Você cuidou de mim. Viu que era meu tempo de amores, e me envolveu com a aba de seu manto, e fizeste uma aliança comigo como nenhuma outra. Ela não tinha peso de ouro ou de pedra preciosas, era o leve peso da eternidade. Contudo, também me cobriu de finas joias, de vestes de louvor e coroa de honra. A vergonha do meu pecado, Você cobriu, e me chamou de sua. 

E assim eu fui lhe conhecendo, quanto mais prossegui nisso, mais lhe amei, mais lhe amo. Pude ler a sua história, suas caras de amor, mas pude sobretudo me relacionar com Você, sua casa já era meu coração, onde Você é bem-vindo e quando bate na porta, meu coração te deseja, mas se você se vai, encontram-me perdida na escuridão. 

Porque já não sei viver sem você, mas às vezes o cansaço me toma; descalço meus formosos pés da preparação do evangelho, dispo-me de minha armadura e deito para descansar; sua voz ecoa e tardo demais para corresponder a quem minha alma ama, tardo demais a ponto de ficar distante o olhar que me traz paz. 

Quantas vezes silenciei e não quis conversar, quantos dias como gotejar contínuo repeti os mesmos assuntos, as mesmas orações. Como Você é paciente e benigno! Mesmo quando fui adúltera e lhe troquei por ídolos que deixei crescer em meu coração, quando não contive meus piores desejos, a sua ira esteve sobre mim apenas por um momento, mas a tua misericórdia...

Meu amado, a Você todo o mérito por esta aliança, a Você toda minha gratidão por ter me buscado de volta tantas vezes. Você meu amado, é o mais distinto entre dez mil; seu nome é como unguento derramado, doce perfume que sara meu coração, o seu amor, mais forte que a morte. As muitas águas não podem apagar o nosso amor, nem os rios afogá-lo.

Ósculos de prata,
Iky Fonseca #25anosdeamor

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

Jesus Cristo te ama e em breve vai voltar!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons