Archive for Outubro 2012

O encontro - Parte 1




Na noite passada recebi uma visita inesperada. Ele apareceu lá em casa tarde da noite, quando eu estava no meio de um trabalho da faculdade. Fiquei surpresa quando ele surgiu na sala, todos dormindo, não havia outra pessoa além de mim para abrir-lhe a porta. O curioso é que, passado o susto, notei que o conhecia de algum lugar... Encarando bem o simpático jovem, reconheci. Envergonhada, disse-lhe: – Me perdoe CORAÇÃO, quase não percebi que era você. Ele apenas retrucou: – Faz um bom tempo que não conversamos... mas estou feliz por estar aqui.

Perguntei se ele poderia voltar noutro dia, naquela hora estava tão ocupada, mas ele disse que precisava muito falar comigo. Aproveitando o ensejo indaguei: 

– Então... foi para isso que você veio?

– É, minha querida, você tem me deixado um pouco de lado. O que você esperava...

Mas Coração, eu apenas estou seguindo em frente. Não dizem que o tempo cura tudo?

– Ledo engano moça. Lembra daquela vez que quebrei o braço?

Sim. Aquela mágoa foi forte, não estávamos acostumados à falsidade de alguém que tanto estimávamos. Mas, que tem aquele episódio?

– Bom, eu tive uma fratura exposta, mas olhe meu braço, a cicatriz é tão pequena. O braço em pouco tempo ficou bom. Nem lembro o peso de carregar o gesso da cura, o remédio do perdão acelerou o processo que nem senti. Você dava mais atenção para mim naquela época.

Coração, é que com tantas obrigações...

– Olha, acho que não é esse o caso, e você sabe, sou muito sincero. Você tem fugido de decisões importantes. Cuidado com isso. Lembre-se que se sou deixado de lado fico meio estranho, e aquele profeta que era meio chorão, como eu, já falava, “enganoso é o coração” (Jr 17: 9). Posso falhar muitas vezes, mas, em geral, é através de mim que saem os bons (ou maus) feitos. O Mestre deixou claro, o que contamina o homem não é o que entra, senão o que sai, porque o que sai da boca vem de mim...

                As fontes da vida... (Pv 4: 23) É Coração, até que você pensa direito.

                – Apesar de ficar do lado esquerdo.

Por Aliana Georgia

Continua na próxima quarta-feira... [Parte 2]
quarta-feira, 31 de outubro de 2012

O verdadeiro forever alone



Shalom, juvennnnnnsssss!

Vamos falar sobre uma coisa séria hoje, rsrsrsrs (e eu já começo rindo). Vamos falar sobre o verdadeiro forever alone. Aquele que optou (ou pensa em optar) por ficar - forever - alone. Nossa conversa hoje vai girar em torno de um assunto que mexe com minha cabeça: o celibato. Pelo visto, pelo menos no grupo do Face, (quase) ninguém faz essa escolha hoje em dia. O pior, é que muitas vezes quando ela é feita, sua motivação é totalmente errada. Para quem não sabe, o celibato é a livre escolha por uma total abstenção de relacionamentos conjugais (e consequentemente sexuais, lógico).
O celibato é muito comum na Bíblia e por vezes era determinação de Deus antes do nascimento, como deveria ser o caso de Sansão, pois esse seria um nazireu (para saber mais sobre o nazireado, leia #Nm6). Temos também Paulo, grande defensor dessa escolha e o próprio Jesus. Vejamos que em ambos os casos, o celibato tinha um propósito ministerial. 

Não foi fruto de uma desilusão amorosa ("Agora também não quero saber de mais ninguém!") ou aleatoriamente. O celibato visa uma entrega total e exclusiva ao chamado do Senhor, sem envolver-se com outros cuidados desta vida como Paulo diz em #1Co7.32-35. Contudo, essa é uma decisão muuuuuuito séria! O próprio Jesus advertiu que nem todos podem fazer essa escolha, mas só aqueles a quem isso é dado (#Mt19.11). Dado por quem? Acredito pelo próprio Deus. Veja o versículo seguinte:


“Porque há eunucos que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos, por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o.” (#Mt19.12)


Quem pode. Não é fácil. Não mesmo. Um verdadeiro forever alone sempre vai sofrer pressão para casar. Sempre vai ouvir dizer que não é bom que o homem esteja só (e sem Eva, não haveria outros seres humanos para serem amigos, irmãos, outros tipos de companheiros para Adão, já pensou nisso? Era necessário um casamento para que outros tipos de relacionamentos humanos pudessem existir) Quem opta pelo celibato Nunca vai participar das reuniões de casais da igreja. Provavelmente, muitas vezes vai ficar sem assunto com seus amigos da infância/juventude que em sua grande maioria, se não todos, escolheram casar, ter filhos e provavelmente seus assuntos girarão frequentemente em torno disso. Talvez seja excluído de alguns programas. Além é claro da tentação física/sexual que - sempre - vai existir! Portanto, se não consegue aguentar (#1Co7.9), não faça um voto de tolo (#Dt23.21). Case. Isso não é pecado (#1Co7.28, 36), muito pelo contrário. Mas se você consegue se guardar, faz bem em ficar assim (#1Co7.37).

E qual a recompensa de quem paga o preço de ser um forever alone? Jesus responde no mesmo sermão: "E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna" (#Mt19.29).

Faça a sua escolha livremente e, seja ela qual for, em tudo glorifique a Deus. (#1Co10.31)

 Ósculos santos!

Por Iky Fonseca 
segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Tic Tac

Quando eu era criança eu tinha um despertador, desses que a gente compra nessas lojas de importado e tal. Lembro que quando minha mãe me mandava dormir e não conseguia, os TIC TAC’s pareciam badaladas, aí eu pensava: - AGORA QUE NÃO DURMO MESMO! No fim das contas o barulho ia ficando distante e acabava embalando meu sono. Há alguns dias deitava na cama e não conseguia dormir, é como se meus olhos não quisessem se fechar, é como se eles fossem perder tempo demais dormindo. Quando o silêncio me rondou completamente, então ouvi aquele som de novo, ouvi aquele TIC TAC, mas nessa era digital quem tem despertador analógico? Descobri que o TIC TAC estava dentro de mim, descobri que ele estava em minhas veias. 

O tempo é de Deus, porém você decide o que você vai fazer com ele. Uma coisa tenho aprendido: que quando as nossas ansiedades são lançadas sobre Deus, tudo passa mais rápido, as aflições são esgotadas! 

Na verdade em muitos trajetos meus, acabo pegando “pesca” como uma menina que não morreu com tempo, sempre esperei na minha vida em todas as circunstâncias, em todas as áreas da minha vida e grande parte das coisas aprendi na infância. Aprendi que tinha que esperar minha mãe me buscar na escola para eu chegar a casa, e espera às vezes é tão dura, é tão penosa. Quando a gente espera em Deus as badaladas barulhentas se transformam em deliciosas melodias harmoniosas que nos fazem descansar nos braços do Pai. 

Por Isabelly Santos
domingo, 28 de outubro de 2012

Árvores frondosas em meio ao pântano - Parte 2

A Palavra do Senhor nos diz em Provérbios 11, versículo 30: 
“O fruto do justo é árvore de vida, e o que ganha almas sábio é.”  

E nós jovens temos sido sábios? Será que temos agradado o coração de Deus, será que temos buscado irrigar nossas árvores (nós mesmos) com água da vida (JESUS), será que assim como a árvore que cresce verticalmente em direção ao céu, nós temos crescido espiritualmente em direção ao Reino?  Que tipo de frutos nós temos gerado? O próprio Jesus disse: “Assim toda árvore boa produz bons frutos, e toda árvore má produz frutos maus. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.” (#Mt7.16-20)

Que tipo de árvore você tem sido? E quanto de valor temos dado ao sacrifício do jardineiro para nos manter de pé para o dia da colheita do Senhor? 

Para complementar esta reflexão, recomendamos essa música:


Por Geiza Santos
sexta-feira, 26 de outubro de 2012

A resposta

Quando há esse amor se é verdadeiro
Com o ser amado e com todos se faz inteiro!
Em coisa séria ou mesmo praia e pipoca
Não há mentiras, mesmo o pensamento derradeiro.
Vivi em plena comunhão e frases simples
Na grande escala de uma viajem já marcada
Mas bem na estação já com passagens até compradas
Sairam do trem, nem despedidas foram dadas
Quem sabe exista o AMOR desse poeta
Que em seus versos pôs essência da Palavra
E ao lembrar que não é a alma apaixonada
Que tudo crê, sofre e aguarda
Talvez responda: deves em tal FÉ ser-te achada

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Tem de se ter este amor

Tem de se ter um amor, pra falar assim baixinho,
Pra dizer só de carinho coisas que palavras não conseguem dizer.
Tem de se ter um amor, pra falar ‘sobre tudo’ de segredos;
Pra detalhar aqueles medos que só ele pode saber.

Tem de se ter aquele amor de completude:
De risada e gargalhada, de marmelo e poesia,
De biquinho e tudo mais.

Tem de se ter esse amor que não precisa ser perfeito,
Mas não vai ser de qualquer jeito e chamar isso de ‘môr’.

Ai de se ter o amor de singularidade, magia e afinidade, que supera até a dor.

Madrugada quente de primavera, 19 de outubro, 2011.
© Lucas Nascimento
Post inédito do livro (no forno) de Lucas Nascimento para o nosso blog. Obrigada e mttttttttt bem-vindo!
quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Os 10 mandamentos do namoro



Namoro é uma fase muito bonita. É definida como o ato de galantear, cortejar, procurar inspirar amor a alguém. O namoro cristão, tenha a idade que tiver, deve ser uma convivência afetiva preliminar que amadurece e prepara o casal para o compromisso mais profundo. O contrário disso, longe dos princípios de Deus, pode resultar em uma experiência nociva e traumática. Observe alguns princípios que ajudam a manter o seu namoro dentro do ponto de vista de Deus.

1.
Não namore por lazer: namoro não é passatempo e o cristão consciente deve encarar o namoro como uma etapa importante e básica para um relacionamento duradouro e feliz. Casamentos sólidos decorrem de namoros bem ajustados.

2. Não se prenda em um jugo desigual (II Co 6:14-18): iniciar um namoro com alguém que não tem temor a Deus e não é uma nova criatura pode resultar em um casamento equivocado. E atenção: mesmo pessoas que freqüentam igrejas evangélicas podem não ser verdadeiros convertidos ou não levarem o relacionamento com Deus a sério.

3. Imponha limites no relacionamento: o namoro moderno, segundo o ponto de vista dos incrédulos, está deformado e nele intimidade sexual ou práticas que levam a uma intimidade cada vez maior são normais, mas o namoro do cristão não deve ser assim, o que nos leva ao próximo mandamento.

4. Diga não ao sexo: Deus criou o sexo para ser praticado entre duas pessoas que se amam e têm entre si um compromisso permanente. É uma benção para ser desfrutada plenamente dentro do casamento; fora dele é impureza.

5. Promova o diálogo e a comunicação: conversar é essencial, estabeleça uma comunicação constante, franca e direta e não evite conversar sobre qualquer assunto.

6. Cultive o romantismo: a convivência a dois deve ser marcada por gentileza, cordialidade e romantismo. Isso não é cafona, nem é coisa do passado e traz brilho ao relacionamento.

7. Mantenha a dignidade e o respeito: o namoro equilibrado tem um tratamento recíproco de dignidade, respeito e valorização. O respeito é imprescindível para um compromisso respeitoso e duradouro. Desrespeito é falta de amor.

8. Pratique a fidelidade: infidelidade no namoro leva à infidelidade no casamento. Fidelidade é elemento imprescindível em qualquer tipo de relacionamento coerente à vontade de Deus, que abomina a leviandade.

9. Assuma publicamente seu relacionamento: uma pessoa madura e coerente com a vontade de Deus não precisa e nem deve lutar contra seus sentimentos ou escondê-los.

10.
Forme um triângulo amoroso: namoro realmente cristão só é bom a três: o casal e Deus. Ele deve ser o centro e o objetivo do namoro. Deixe Deus orientar e consolidar seu namoro. Viva integralmente as bênçãos que Deus tem para você através do namoro. E seja feliz.

Por Isabely Santos
segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons