domingo, 28 de outubro de 2012

Quando eu era criança eu tinha um despertador, desses que a gente compra nessas lojas de importado e tal. Lembro que quando minha mãe me mandava dormir e não conseguia, os TIC TAC’s pareciam badaladas, aí eu pensava: - AGORA QUE NÃO DURMO MESMO! No fim das contas o barulho ia ficando distante e acabava embalando meu sono. Há alguns dias deitava na cama e não conseguia dormir, é como se meus olhos não quisessem se fechar, é como se eles fossem perder tempo demais dormindo. Quando o silêncio me rondou completamente, então ouvi aquele som de novo, ouvi aquele TIC TAC, mas nessa era digital quem tem despertador analógico? Descobri que o TIC TAC estava dentro de mim, descobri que ele estava em minhas veias. 

O tempo é de Deus, porém você decide o que você vai fazer com ele. Uma coisa tenho aprendido: que quando as nossas ansiedades são lançadas sobre Deus, tudo passa mais rápido, as aflições são esgotadas! 

Na verdade em muitos trajetos meus, acabo pegando “pesca” como uma menina que não morreu com tempo, sempre esperei na minha vida em todas as circunstâncias, em todas as áreas da minha vida e grande parte das coisas aprendi na infância. Aprendi que tinha que esperar minha mãe me buscar na escola para eu chegar a casa, e espera às vezes é tão dura, é tão penosa. Quando a gente espera em Deus as badaladas barulhentas se transformam em deliciosas melodias harmoniosas que nos fazem descansar nos braços do Pai. 

Por Isabelly Santos

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons