sábado, 15 de dezembro de 2012

As conversas sempre me fazem aprender muito. Acho que estou ficando cada vez mais "vigotskyana": pensamento é linguagem e linguagem é interação. O mesmo vale para o sentido contrário. E numa dessas conversas hoje aprendi um conceito que veio lá de Malhação (acaso sai alguma coisa boa de lá?). Disse minha amiga que saiu esse conselho de uma mãe para uma adolescente na novela: Filha, mulher tem que ser que nem vitrine. A jovem logo indagou: Como assim mãe? Ao que a mãe respondeu: A vitrine está lá, filha, lindíssima, a gente deseja o que nela está exposta, mas não pode pegar. Se o cara quiser logo ficar com você, demonstre que não é só isso que você quer, não deixe ele lhe "pegar", mostre que você é uma garota séria, para namorar e tal.

Vivemos na sociedade do sexo, tudo, secularmente falando, gira em torno disso. Se é propaganda de cerveja, conotação sexual. De perfume, também. De sapato, roupa, jóias, carro. Até propagandas infantis, remetem à indução não ao sexo diretamente, mas às "paixões infantis", o que pra mim é completamente descabido (e não me venha com Freud!). Então as garotas são convencidas de que, em meio a tanta concorrência, se elas forem difíceis, "o cara" vai desistir dela e correr logo atrás de outras meninas.

Talvez eu seja meio démodé, mas penso que se o interesse é real, não se desiste fácil. E prefiro sinceramente um amor que insiste em mim e me espera, pois quando as provações vierem, ele não se desfará como um castelo de areia. Não ceda a um varão que quer seu corpo apenas, não ceda seu corpo a quem ainda não tem tem de Deus autorização para possui-lo. O amor tudo espera. #1Co13.7

Guarde também seu corpo, o fato de ser vitrine, não quer dizer que ele deve ser exposto (#1Tm2.9). É bem verdade que você precisa ser vista, afinal, "quem não é visto, não é lembrado", mas meu pai costuma dizer que, num açougue, a carne exposta é carne de segunda. A carne de primeira sempre está mais bem guardada - preservada. 

Então eu acrescento: para obter o que está na vitrine, é preciso pagar um preço! Gatinha linda de Jesus, os homens do séc. XXI não romperam com sua filogenia. Eles ainda gostam de conquistar. Não abdique de seu valor! E apesar de todas nossas metáforas, você não é mercadoria. Você é coroa e primícia da criação. E por isso deve ser conquistada. Veja, se o maior amor de todos (#Jo15.13), o de Cristo, pagou um alto preço, o preço de morte de Cruz, para nos ter para sempre, quanto mais não devem ser provados os sentimentos desse mundo. #Rm5.8

Com ósculos santos em seu precioso S2.

Iky  Fonseca

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

Jesus Cristo te ama e em breve vai voltar!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons