terça-feira, 6 de agosto de 2013

O texto de hoje talvez seja o mais sério de todos que já publiquei aqui. Preciso fazer uma séria confissão e não há espaço mais público que esse para isso: eu não escolhi esperar. Como qualquer um, eu também sou humana e falha. Só mais uma pecadora. Talvez de todas a maior, como diria Paulo #1Tm1.15. Guardei esse segredo por muito tempo, mas sinto que é necessário confessar. Foi numa tarde qualquer, em minha casa mesmo. Não planejamos aquilo, mas aconteceu. E isso é irrevogável.
Talvez a essa altura você já não me veja da mesma forma. Certamente alguém já pensou que em algum momento sabia que essa máscara de santinha uma hora iria cair. Ou talvez você seja mais compreensivo e entenda que ninguém é de ferro. Provavelmente, você vai me olhar de um jeito diferente da próxima vez que me encontrar. Ou quem sabe já não dar tanta credibilidade aos textos que pela Graça posto aqui. Mas uma coisa eu sei: sua curiosidade te trouxe até essa altura do texto.

Infelizmente o que te motivou pode ter sido um das mais ínfimas atrações humanas, que atinge a maioria de nós, a curiosidade por aquilo que é mal, nossa insistente inclinação pecaminosa. Ou quem sabe a preguiça não vai te deixar terminar esse texto, então vamos logo ao que interessa. Essa confissão que fiz foi falsa. Felizmente e para glória exclusiva de Deus, eu sou virgem. Isso é muito bom e não é impossível manter um namoro em santidade. Mas é verdade que mesmo eu retificando o que disse, algumas pessoas talvez ainda fiquem “com uma pulga atrás da orelha”.

E por que você fez isso, Iky? Arriscar sua imagem, sua reputação? Porque é necessário que entendamos que isso poderia ter acontecido – comigo, com você. A Palavra de Deus nos ensina: “Assim, aquele que julga estar firme, cuide-se para que não caia!” #1Co10.12. Todos somos falhos, suscetíveis ao erro, mesmo assim somos prontos a julgar e o pior, condenar. Não estou aqui para apoiar o erro, mas para que atentemos para o perdão, misericórdia transformadora. Não custa lembrar as palavras de Jesus à mulher adúltera: "Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado." #Jo8.11b

“As mãos que você hoje ajudar a levantar, vão aprender amar e um dia levantar alguém que pode até mesmo ser você” (Sérgio Lopes, Quando eu chorar ).

Espero que esse tenha lhe ajudado a se conhecer melhor, repensar em Cristo e em Seu amor. Espero também que você tenha lido o texto inteiro, rsrsrsrs... (Tomara!) Essa é outra lição importante que trazemos hoje.

De novo terás compaixão de nós; pisarás as nossas maldades e atirarás todos os nossos pecados nas profundezas do mar. #Mq7.19

Ósculos santos,
Iky Fonseca

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

Jesus Cristo te ama e em breve vai voltar!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons