Archive for Dezembro 2013

Feliz 2014?

Desejar um “feliz ano novo” é um dos votos de muitas pessoas em um fim de ano. Mas nem todos esperam por um novo ano mais feliz. Às vezes o ano que está acabando irá embora sem deixar o mínimo de saudades. O sofrimento pode ser tanto, que diferente de José - que encontrou um sentido no sofrimento e, desse modo, não sucumbiu com tudo que lhe aconteceu “Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem” (José – Gênesis 50. 20a) – você não encontra a esperança de novos tempos, porque não descobriu sentido em tudo que o angustia.

O que fazer quando a vida nos lança para o “olho de um furacão” ou o “meio de uma tempestade” sem sabermos a razão? Quando por longos anos não vemos motivo algum para nosso sofrimento? Perguntamos a Deus, termina o ano, e a resposta é o (aparente) silêncio...

Muitos profetas passaram por lutas por amor a Deus, e morreram antes de ver realizada a tão esperada promessa do Messias. Apóstolos morreram por serem fiéis a Jesus, foram perseguidos em sua fidelidade à fé e em seu amor ao Salvador. Embora você se questione de muitas lutas nas quais está batalhando todos os dias por ter sido fiel a Deus, por levar uma vida piedosa, não se esqueça: Jesus sofreu sendo Perfeito em todas as coisas. Porém, há uma verdade nisso tudo: Ele se alegrou no meio do sofrimento.

Jesus doou Sua vida, e nisso ele sentiu prazer, sentiu a maior alegria que se pode ter. Tanto que orou para que os seus discípulos a experimentassem também. Mesmo sabendo que o momento de sua maior aflição se aproximava, sabendo tudo que iria passar, continuava tão satisfeito com a Vontade do Pai, que para expressar o que estava em seu coração buscou uma palavra que resumisse, não havia outra - gozo. “Tenho vos dito estas coisas para que o meu gozo esteja em vós e o vosso gozo seja completo” (João 15. 11); “Mas agora vou para junto de ti, e isto falo no mundo para que eles tenham o meu gozo completo em si mesmos” (João 17. 13). Sua agonia no Getsêmani era porque se aproximava aquilo que nós humanos nunca poderemos compreender: Ele, que era totalmente puro e santo, iria receber na cruz os pecados de toda a humanidade e perder a comunhão com o Pai. Quem como Ele, ao anunciar-se tão hora angustiante, mesmo após afirmar a um de seus amigos íntimos que sabia que esse amigo iria negá-lo três vezes e outro chegaria ao ponto de traí-lo, poderia oferecer paz? “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” (João 14. 24). Que nos aproximemos dessa Verdade, confiemos no amor do Pai, que exaltou a Jesus sobre todas as coisas e o fez humilhar a mentira de Satanás de que não era possível ser obediente a Deus até a morte, esvaziar-se e, ainda assim, ser feliz.

A humildade de Jesus, Sua confiança extrema no Pai e submissão a Ele, mostrou de uma vez por todas, que a Vontade de Deus é boa, perfeita e agradável. Através do ato autossacrifical de Jesus podemos também ter comunhão com o Pai.

Se você ainda não sabe o sentido para todas as coisas que aconteceram contigo durante 2013, ou tem acontecido há longos anos, confie no Senhor. Seja fortalecido por Seu amor, e o mais especial, seja Grato a Deus. A gratidão pela Graça imerecida é o segredo para alcançarmos o tesouro que esse mundo não poderá corroer, traça nenhuma vai maculá-lo e a ferrugem não irá destruí-lo. Deleite-se no Senhor, Ele realizará os desejos de Seu coração, pois se deleitando n’Ele, alegrando-se em Seu lindo e perfeito caráter, teu coração se encherá dos sonhos do Próprio Criador, você será fortalecido dia após dia pela Esperança de poder contemplar Sua formosura. “Tu és mais formoso do que os filhos dos homens; a graça se derramou em teus lábios; por isso Deus te abençoou para sempre.” (Salmos 45. 2). Nossa recompensa é Ele. Os anos não irão roubar essa certeza, não há maior alegria no universo que pertencer a Ele e contemplar sua Beleza.

Que sua oração no romper de 2013 também seja “Senhor, obrigada pelas dores e pelas lutas de 2013. E ainda que eu não saiba a razão de cada uma delas, confio em Ti. Tu és lindo, e eu amo fazer parte de Seu Plano Eterno”.

Que a verdadeira felicidade seja-lhe abundante nesse novo ano.
Agora posso desejar: feliz 2014 para você!


Aliana Georgia C. Cerqueira
segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

45 do segundo tempo, e agora?

Uma das expressões que mais ouvi na minha vida foi: “Espera, que você não nasceu de sete meses!”. Há quem tenha  nascido, isso é bem verdade. Mas o tempo de gestação natural é de nove meses. Nove meses vendo uma barriga crescer, e novos fenômenos acontecerem, para só então o milagre da vida acontecer!
Pode parecer estranho, mas acredite! Tudo nas nossas vidas tem uma “gestação” e quem determina o tempo do “parto” é o Senhor. Deus com sua infinita sabedoria nos relata isso em Eclesiastes 3 #Ec3, para não restarem duvidas que as coisas ocorram no tempo certo. E como saber se é o tempo certo?
Bem, é difícil saber qual o tempo certo e acreditar que tudo é somente fruto de determinismo é loucura. A Bíblia não se contradiz, mas a falta de discernimento pode causar a confusão de ideias e varias formas equivocadas de pensar, por isso peçam sempre sabedoria! #Tg1:5. Nunca vi ninguém padecer pelo excesso!
Hoje é dia 29 de dezembro e para muitos é o fim de uma “gestação”, o fim de um ciclo. Talvez tudo que você quis fazer não conseguiu ou não deu tempo. Não se desespere! Quando entregamos nossas vidas nas mãos do Senhor é Ele quem determina, Ele resolve tudo!

 Como diria Thalles Roberto: 
Então passa sua vida pro meu
Nome que eu assumo tudo
Tudo, tudo, tudo, tudo
Entregue o seu caminho ao Senhor e mais Ele fará #Sl37:5. Entregar é se render, é descansar, é confiar, mesmo quando parece que tudo vai dar errado. Jesus acalmou a tempestade e acredito que para Pedro ali era o fim da linha, os "45 do segundo tempo" medite em #Mt14:22-36. Talvez você sinta a mesma aflição dos seus discípulos quando viram a água entrar em seu pequeno barco, mas nunca se esqueça que Jesus acalmou a tempestade, colocou em outro rumo os mares agitados. Tenha certeza que o Senhor sempre, sempre faz o melhor para nós. Ele chega no momento certo, Ele é o Deus que nem tarda nem falha, Ele é o nosso Deus.
Confie, Espere e Desfrute das bênçãos que o Senhor já preparou para nós.
Isabelly Santos  
domingo, 29 de dezembro de 2013

Escolhi te esperar - Marcela Taís #fridaysong ♫

Faz um tempo que ouvi essa música pela primeira vez. Hoje ela é um "hit" da espera no Senhor. Merece isso. A sinfonia da canção é pura poesia. Às vezes ouço só o instrumental (PB) e fico me deliciando na harmonia do som das cordas. Mas é bem verdade que a letra também destila sonho, embora Marcela Taís "não tenha o dom das palavras" (imagina se tivesses, rs). Se você já ouviu ou não, vale muito a pena o play. <3

Marcela Taís - Escolhi te esperar
Pra maior festa da vida
Quem convida é o amor
O céu acende luzes
E nos faz um favor
Sinceridade no olhar
Linda canção vai embalar
Quero encontrar meu par
Pra minha dança começar
Segura a minha mão
Você terá que me cuidar
É teu meu coração
Se você for meu par
Ninguém gosta de solidão
Mas escolhi te esperar
Fiz uma oração
Pra este dia chegar
O amor, ele não é cego
Ele sabe os passos que precisa dar
Só Deus sabe conjugar amor
Afinal, é o próprio verbo amar
O amor está tão perto
Mas só no tempo certo vai chegar
Segura a minha mão
Você terá que me cuidar
É teu meu coração
Se você for meu par
Ninguém gosta de solidão
Mas escolhi te esperar
Fiz uma oração
Pra este dia chegar
Fiz uma oração
Pra este dia chegar
Segura a minha mão
Você terá que me cuidar
É teu meu coração
Se você for meu par Ninguém gosta de solidão
Mas escolhi te esperar
Fiz uma oração
Para encontrar meu par
sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

10 dicas pra conquistar uma irmãzinha ;)

O ano acabando e você pensa: “Puxa vida, mais um ano sem arranjar namorada. Mas vai ser em 2014, eu creio!” Pois, como nós aqui amamos muito vocês, aproveitamos o clima de fim de ano para lhe dar algumas superdicas de presente. De mulher pra varão ;) Anota aí (ops, quis dizer, dá um ctrl+D e salva nos “favoritos” kkkk):

 1 – Observe a tal irmãzinha. Duas coisas importantes nessa pequena frase. 1.1 Observar, não olhar apenas. Veja não só a aparência dela, mas também seu comportamento, ações e interações (Mt12.33). Observe-a antes, durante e depois do culto e principalmente fora da congregação. 1.2 “A tal” irmãzinha e nãos "as tais", ok?

2 – Ore. Onnn... A oração tem que vir em primeiro. Ah tá, então você nem observa se a menina vale a pena e já quer jogar toda a responsabilidade de suas escolhas pra o Senhor? Invista seu tempo de oração conhecendo mais a Deus. Isso lhe dá discernimento e quando perceber que ela é mesmo "toda-abençoada", aí sim leve o caso seriamente ao Pai. Tem cara que já orou por umas 37 meninas! Claro que você deve colocar seu relacionamento diante de Deus antes mesmo de encontrar alguém “observável”, mas não faça disso um foco antes do tempo.

3 – Ouça a Deus. Sérgio Lopes diz que “o coração é cúmplice do olhar”. Que seu <3 é enganoso você já sabe (Jr17.9), mas seu olhar também pode ser, então ouça a Deus atentamente e obedeça. (1Sm16.7Hb3.7-8) “Se meu olhar pode me enganar, pra que vou observar?” Então pra que Deus te Deus olhos e cérebro, criatura? Rsrs. Poupe desgaste emocional/espiritual e perca de tempo.

4 – Aproxime-se. Coisa linda de Jesus, “quem não é visto, não é lembrado”, já dizia o publicitário. Como você quer que a garota se interesse por você se seu máximo contato com ela é “A paz do Senhor” e curtidas no Facebook?

5 – Não curta tudo que ela posta no Facebook. Quando alguém que não tem intimidade curte demais outra pessoa é invasivo. Parece que está sendo vigiada, monitorada. E não é possível que alguém realmente goste de tudo que outro gosta. Mas claro que curtir aquela foto antiga assim “por acaso” pode ser uma pista interessante. ;)

6 – Converse. E para isso leia, assista, ouça, tenha conteúdo. O cara pode ser o galã da igreja, mas se quando abre a boca não tem nada de interessante, baby, não é legal. Desanima sabe? Acima de tudo, conheça mais de Deus, deixe que ele seja o assunto principal. Se a conversa tiver Deus como foco da “pauta” e fluir, meu irmão, é um ótimo sinal. Conversando também você conhece a garota e descobre como agradá-la.

7 – Chegue junto. É, chegar junto mesmo. Os irmãozinhos da igreja acham que tem que chamar a irmãzinha no “ispiritu”: “Irmã, eu estou orando e jejuando por você há quatro anos e recebi uma revelação que você será minha esposa”. Não que você deva ser carnal ou grosseiro, mas ter atitude, postura, firmeza, coragem. Nesses tempos pós-modernos, nós mulheres sentimos falta disso. Haja e fale como homem - homem de Deus, claro. Conquiste-a. Ah, e por favor, não vai ficar mandando recado pelos outros né? Fala sério.

8 – Ore. De novo? É meu irmão. Oração demais nunca sobra. Se ela concordou, orem juntos no mesmo propósito. Ah, mas se a princesa disse não, não se humilhe, rasteje ou implore. Lembre do tópico anterior. Coloque na mão de Deus e só sob Sua expressa direção volte a procurá-la. Mulher às vezes faz charme também. 

9 – Parta pro abraço. Após a benção de Deus, dos pais da irmãzinha, dos pastores ou de quem mais for necessário, parta pro abraço, mas vigia na terra, viu? Vai com muita sede ao pote não, só porque passou 2013 na seca (2012, 2011... kkk).

10 – Conquiste-a de novo. Todos os dias. Sabe o filme “Como se fosse a primeira vez”? Pois é, independente da memória, toda mulher precisa ser conquistada todos os dias. Precisa ouvir que é amada, que está linda e que você ainda presta atenção nela. Agrade-a e honre-a. Pode crer, dá certo. Rsrs.


Ósculos santos de esperança para 2014,

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Filhinha do Papai

Era cerca de três da manhã, acordei assustada. Ainda estava escuro e a solidão era minha maior companheira. Acordei de um susto, isso já aconteceu com você? É realmente assustador no começo, mas logo depois a paz chega e toma conta de você. Esse tipo de sustos no meio da noite já haviam se tornado constantes em mim e talvez eu não sabia o porque de tudo aquilo.
Pois bem, em uma daquelas noites ouvi o meu nome e realmente não sabia quem me chamava. Foi então que soube que aquela voz era do meu Pai.
Saudade Papai, eu disse. Trocávamos palavras de amor por momentos e sentia-me abraçada, aquecida pelo teu espírito.
Não quero mais sair do teu colo, disse.
Fui adormecendo, me sentia segura.
Ao acordar percebia que ainda morava nesse mundo, percebi que minhas duvidas e incertezas ainda eram concernentes a essa vida passageira. As coisas desse mundo ainda ecoavam e faziam sentido às vezes. O que fazer?
Não sei muito bem o que fiz, ou muito menos aconselhar, mas sei que em meio a meus questionamentos e dúvidas meu Pai chegou, e me falou coisas tão lindas, me abraçou, eu me sentia a mais amada, a mais querida.
O amor de Deus nos renova, nos transforma.

Eu era uma triste menina, hoje, sou a menina d’Ele, a filhinha do papai.
domingo, 22 de dezembro de 2013

Encontro - Oficina G3 #fridaysong

Essa música é de uma poesia fascinante, não apenas pelo poema de Roberto Diamanso dentro da composição, mas certamente adornada por esse. Acho que você vai querer ouvir mais de uma vez. Love n' Roll --> Play it!



Encontro - Oficina G3

O que vou dizer sem ter a quem dizer?
O que posso ter sem nada oferecer?
Te vendo ao meu lado entendo…


O que vou dizer sem ter a quem dizer?
O que posso ter sem nada oferecer?
Te vendo ao meu lado entendo…


Que neste encontro não existe mais o eu
Passa a existir o nós
Dividindo o que não é mais meu


Como posso ser, se não sou sem você
O pai, o filho e o espírito mostrou
Que juntos somos um em uma direção
Essa união nos dá sentido


E neste encontro não existe mais o eu
Passa a existir o nós
Dividindo o que não é mais...


E se você partir, leve um pouco de mim
E plante em seu jardim
Pois o que me deixou
Me transformou e nos aproximou


Um nó, dois nós
Eu, mais um ou mais, um ser simplesmente
O eu poético do verdadeiro encontro
Nó, no plural, nós
Se o nó é na garganta e um de nós aflito
O outro sossegado, erudito, tem o antídoto
E assim, sucessiva, alternada
E alternativamente, amigos
Do saber, no lazer, no ócio e no labor
Buscando o equilíbrio, temperante
Dás-me que dou todo meu ser
Todo meu querer ser
Todo ouvido, havendo ouvido
E por seus conteúdos movido
Cada indivíduo vai e ver vir ávido dizer...
Conte comigo!
Práxis edificante


E neste encontro não existe mais o eu
Passa a existir o nós
Dividindo o que não é...
E neste encontro não existe mais o eu
Passa a existir o nós
Dividindo o que não é mais meu
sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Eu posso desistir?

Sim, eu posso desistir. O poder de escolha está em minhas mãos. Mas desistir custaria muito mais caro que continuar e não teria nenhuma recompensa. Custaria horas de pensamento em que poderia ter dado certo se eu tentasse novamente. Ou que eu obteria êxito se não tivesse tanto medo. Medo de quê? Dos monstros (in)visíveis que me envergonham por eu não ter conseguido fazer do jeito certo. Só que eu sei que eles com certeza estarão lá para me assustar se eu não tentar. E tentando, há alguma probabilidade, ainda que mínima, deles não poderem me devorar. De que frágil como um menino com uma funda, eu possa derrubá-los. E no fim, receber o tão caro prêmio. Sim eu posso desistir. Mas desistir é um alívio passageiro como tirar a mochila das costas e sentar sobre ela para descansar. E então depois ter que pô-la de novo e prosseguir o caminho. Ah, como me parece agora muito mais pesada que antes! Não, definitivamente eu não posso continuar carregando isso. Eu preciso de ajuda. De alguém que possa carregar de vez esse fardo pesado da insegurança. Alguém em cuja sombra eu possa me desfazer do cansaço que trouxe até aqui. Alguém que me faça ter a capacidade necessária para fazer da dureza das circunstâncias, jorrar a fonte. Preciso de alguém que me faça acreditar que eu posso ser fiel ao que me foi confiado e chegar até o fim, e que após ter lançado sementes a rega de lágrimas, eu receberei da vida o prêmio, a coroa, os frutos felizes de um vitorioso que no caminho, ainda que tropeçou sete vezes, não continuou prostrado. E encontrou, depois das intempéries arrasadoras, num ramo de oliveira a mensagem de esperança: o tempo de cantar chegou.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Mais uma sexta treze em minha vida!

Era uma madrugada de quinta para sexta, deu uma insônia e a vontade de escrever se acendeu! Ao ligar o PC houve uma queda de energia e logo lembrei: Ui, já é sexta treze!

Quanta superstição!

Esse texto não é verídico, mas o que Deus falava ao meu coração é a respeito dos medos.

Eu sou uma pessoa insegura às vezes, e em algumas situações medrosa, mas o Senhor tem me inquietado e falado: “Lança essa ansiedade!” Geralmente o medo é um fruto da nossa ansiedade ou de um trauma. Eu sempre gosto de dizer que o nosso Deus é a paz, é esperança (não vou listar!), mas Ele é cura! É um tempo de curar as feridas do nosso coração e para que essa restauração aconteça é necessário que nós venhamos a permitir a entrada do Espírito Santo nesse “cômodo” da casa.

Às vezes Ele vai sondando, vai abrindo as portas e de repente falamos:

Aí não! Entra não! Tá sujo, não repara a bagunça!

Hoje mais do que ontem é tempo de vencer os medos! “Passar debaixo das escadas!” Porque os nossos medos, depois dos pecados, são os únicos que podem abrir verdadeiras fendas com o nosso relacionamento com Deus! Confiar em Deus, descansar o nosso coração, repousar o nosso espírito n’Ele, porque TODAS as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus #Rm8:28! Mesmo que no momento a gente não entenda que aquilo é para o nosso bem ou que aquilo é o melhor para nós.

Esperar em Deus é uma escolha e ela inclui todos os segmentos da nossa vida. O tempo de Deus é o tempo perfeito! Eu tenho aprendido esperar e mesmo não estando casada ainda posso afirmar que a melhor espera que fiz foi por meu namorado! Tem coisas na minha vida que dói muito mais esperar! Mas talvez você esteja se perguntando: “Como assim?”.

Eu esperei dezoito anos para conhecer meu namorado e foram anos bons para mim. Porque o segredo de esperar é não saber que você está esperando! Esse medo de “ficar para titia” é o que traz o desespero a muita gente, mas como eu disse anteriormente, lança fora esse medo! O medo às vezes é um peso, às vezes uma faca cega que vai dilacerando os nossos sonhos!

Recordo de uma canção!

Esse é o tempo de cura
Tempo de sarar as feridas da alma
Esse é o tempo de cura
Tempo de sarar as feridas da alma
Esse é o tempo de Deus para nossas vidas
Necessário é que Deus, com Seu poder e Sua unção
Faça o sobrenatural, sobre nossa mente e coração
Restaurando tão profundamente e mudando
Deixa Deus fazer agora em tua vida
Deus vai derramar agora em tua vida

Acho que ela se encaixa perfeitamente ao contexto daquilo que o Senhor colocou em meu coração. Não coloque remendos novos em panos velhos! Deus é aquele que faz tudo novo!

Apesar de tudo que foi escrito tenho mais do que certeza que o lhe fez parar para ler o texto foi o título. Talvez se perguntaram ao ler tudo isso, o que tem a ver ? O medo tem derrotado corações, e sempre quando tem uma sexta treze as pessoas postam nas redes sociais ou até mesmo acreditam em algumas crendices. Eu sempre odiei a superstições, e mais do que isso eu repudio a todas elas! E faço questão de passar debaixo de uma escada! Eu não sou nem um pouco supersticiosa e para falar verdade sempre gostei do número treze e foi um treze que Deus escolheu para eu nascer, e quando é sexta-feira eu acho um máximo!  
                                                              Isabelly Santos
domingo, 15 de dezembro de 2013

O amor é um pacote completo

Lendo mais um livro da minha coleção de Max Lucado (aceito doações, rs), achei uma frase que me chamou atenção: “O amor é um pacote completo”. Opa, isso é tudo que a gente queria, não é mesmo? Um amor que seja um pacote completo!

Para as minas, um varão cheio do Espírito Santo que se esvazia de si mesmo, trabalhador, responsável, engajado no serviço ao Senhor, e já que é pacote completo, gentil, inteligente e bonito ;). Aí já é coisa de Deus, né, não?

Para os manos, uma princesa toda-abençoada, parecida com Jesus na essência e já que á pacote completo, com as panicats na aparência, rs. Mas trajada com vestes de justiça, reputação de mulher de Deus e de oração, humilde, bem-humorada e inteligente. Eita, glória!

Mas quando falamos em pacote completo, quer dizer completo mesmo. Quem aqui já comprou algum kit? Aqueles kits beem grandes? Vêm aqueles itens maravilhosos que você tanto queria. Também aquelas coisas que até são úteis. Porém sempre vêm alguma coisa que você queria mesmo poder trocar. Só que não é permitido.

O amor é mais ou menos a mesma coisa. Quando você ama uma pessoa e escolhe viver o resto de sua vida com ela, você recebe um pacote completo. E com certeza nesse kit você vai encontrar coisas que não vão te agradar muito. Talvez nem um pouco. Talvez seja um mau hábito, o estilo de vestir, a mania de ficar em casa ou sair demais. Pode ser a timidez ou a demora em tomar decisões, qualquer coisa assim.

Talvez enquanto lia você já pensou no que está “sobrando” no “kit” escolhido, mas é certo, você não pode escolher só uma parte. O amor é um pacote completo. E se você escolheu comprar esta ideia, é porque algumas coisas nesse kit faziam valer muito a pena tê-lo com você. Foque nisso! Talvez você perceba que aquilo que não te atraía tanto pode até ser proveitoso em alguns momentos.

E lembre: você também é um pacotinho completo. Cheio de coisinhas que se o outro pudesse, não levaria pra casa de jeito nenhum. A vantagem é que somos moldáveis e aquilo que não agrada tanto pode ser trabalhado ao longo do tempo, principalmente se essa for a vontade de Deus. E você pode ser o instrumento dEle para o aperfeiçoamento de seu (futuro) cônjuge e vice-versa.

Assim como o ferro afia o ferro, o homem afia o seu companheiro. (Provérbios 27:17)

 Se você está na fila do caixa dos relacionamentos, antes de pagar o preço necessário para levar para casa, não esqueça: o amor é um pacote completo. E se você, já levou, volte na nota e relembre os itens que motivaram sua escolha. Eles não têm prazo de validade e com certeza ainda estão lá, em algum cantinho de seu "pacotinho". 

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Capacitados

Na caminhada com Jesus vamos aprendendo a fazer tudo com amor#1Co 16:14. E amando, a servir.  #Gl 5;13.
Dessa forma como filhos dispostos a agradar ao Pai aprendemos a ser servos segundo a vontade do Senhor.

Na bíblia temos diversos exemplos de pessoas que serviram a Deus segundo o chamado dEle para cada uma delas individualmente. Chamados em que o Senhor falou com elas (como no caso de Samuel #I Samuel 3:4; e Moisés #Ex 3;4) e chamados em que o Senhor simplesmente as  conduziu através de uma vida de entrega e obediência a Ele,  como no caso de José.

José com dezessete anos cuidava das ovelhas de seu pai, sendo de todos os filhos aquele em que seu pai mais confiava #Gn 37.
Um tempo depois  foi vendido pelos seus irmãos e ocupou o lugar de administrador na casa de um senhor egípcio #Gn 39.

Quando foi preso José tomava conta dos presos e lhes dava ordens, pois o Senhor estava com ele e fez com que o carcereiro-mor se agradasse dele, tudo em sua mão prosperava. 
Desta maneira José ia sendo conduzido e treinado por Deus.

Após ter interpretado o sonho de faraó, este o deu autoridade para governar todo o povo do Egito estando abaixo apenas de faraó como rei daquela terra.  Desse modo quando chegou o período de fome de que falava o sonho, José soube administrar a distribuição dos alimentos conservando a descendência de Jacó, seu pai, como também todo o povo; um trabalho específico destinado por Deus a José.

À Neemias o Senhor também incumbiu uma tarefa importante e bem definida: edificar a sua cidade natal que havia sido assolada. Neemias era apenas um copeiro do rei Artaxerxes, e mesmo inicialmente sem recursos (humanos e financeiros) para realizar o trabalho, ele se dispôs e então as condições foram sendo dadas por Deus #Ne.
Ele estava tão focado em seu trabalho que mesmo quando chamado a congregar com outros irmãos (que intentavam seu mal # Ne 6;2), ele manda dizer- lhes:
Faço uma grande obra, de modo que não poderei descer; por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse, e fosse ter convosco? #Neemias 6:3,
Neemias tinha consciência da importância do seu trabalho e persistia em realiza- lo. Por quatro vezes mandaram chamá-lo intentando o seu mal, e da mesma forma ele os respondeu #Ne 6;4.

Podemos notar que tanto José quanto Neemias foram chamados para um trabalho específico na obra de Deus. José foi sendo capacitado pelo Senhor ao longo de sua vida para tornar- se governador do Egito e cumprir os propósitos do Pai; Neemias mesmo sem experiência naquela área, após manifestar sua vontade para realizar aquela obra, o Senhor moveu pessoas para doar recursos como também pessoas para colocar a “mão na massa” e ajuda- lo naquele momento.

Acredito que o Senhor tem um propósito específico para cada um de nós na Sua obra que é perfeita. Um ministério ou ministérios que dialogam com aquilo que o Senhor tem plantado em nossas vidas e nos falado. Assim como Neemias que orava constantemente ao Senhor, que nós possamos ter a mesma confiança na provisão de Deus.
O Deus dos céus é que nos fará prosperar; e nós, seus servos, nos levantaremos e edificaremos; #Ne 2;20ª
“E os que edificavam o muro, e os que traziam as cargas, e os que carregavam, cada um fazia a obra e na outra tinha as armas” #Ne 4;17
Que com uma mão possamos fazer a obra e com a outra estar com as armas do Espírito, orando sem cessar.


Que Deus nos abençoe!                      

                                                                     Por Bárbara Uinan
quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Encontro

Minha vida marcada de felicidade,
pessoas simples, pessoas normais.
Vida minha começa em um ponto,
alegria que não acaba mais.

Minha vida marcada por conflitos,
pessoas amigas, pessoas rivais.
Vida que começa em um ponto,
indecisões que não acabam mais.

Minha vida marcada por desencontros,
pessoas diferentes, pessoas iguais.
Vida minha começa em um ponto,
sofrimento que não acaba mais.


Minha vida marcada por divino encontro,
Cristo que chega e não sai.
Vida que começa em um ponto
amor que não acaba mais.

Minha vida marcada por um amor,
amor verdadeiro, amor de paz.
Vida começa em um ponto,
felicidade agora é certeza,
tristeza fica para trás.

Por Ciro Sérgio
segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Amor que eu quero - Lorena Chaves #fridaysong

Quando escutei pela primeira vez a música de hoje recordei de uma poesia que ganhamos de presente aqui no blog já há algum tempo, de Amanda Oliveira (se você é todo-abençoado, ela está solteira ainda ;), rs, e  vai arrancar meus cabelos após ler isso). O nome da poesia é "A noite mais bonita" e a canção, de Lorena Chaves, é "Amor que eu quero". Está logo ali no Play. Bjx! =*


Amor Que Eu Quero - Lorena Chaves
São seis horas da manhã
Logo abre a cortina
Deixando o sol entrar
Ela o acorda com um beijo
Ele responde com desejo
Sorriso se abre no olhar
O café já está na mesa
Na parede o retrato
Enfeita a sala de estar
Lá fora as frutas da estação
Dão um tom certo pra canção
Que eu resolvi cantar
A noite chega de mansinho
Ela prepara o jantar
Cheiro de amor no ar
Ele aproxima com carinho
Declara um verso ao pé do ouvido
Diz como é bom amar
O amor que eu quero é assim
Amor que faz dentro de mim
Crescer a paz, amor demais, amor sem fim
O amor que eu quero é assim
Em tom sincero, diz que sim
E leva toda ilusão do velho amor
Casa pequena, mas tão grande
Lá não faz frio e não há dor
De uma desilusão
Pois a lareira está acesa
Mandando embora a tristeza
Queimando até se dissipar
sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

O amor

O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera , tudo suporta.
O amor. Sei que muitos poetas escreveram sobre ele. Se há alguma paixão pela arte de escrever, o amor está em pauta sempre. Mas mesmo sem destreza, é dele que quero falar hoje. Todo o meu dia foi marcado por essas palavras: Agape... Panta stegei, panta pisteuei, panta elpigei, panta upomenei. (Parafraseando Max Lucado, se alguém perguntar o que você vê na internet, diga que está lendo algo em grego ;) )

Esses últimos foram especialmente difíceis, mas em tudo o Senhor nos ensina. E pude aprender mais sobre o amor, o amor verdadeiro. Vi um filho cumprir cada uma do que hoje vou chamar de etapas do amor. Por amor de sua mãe que repentinamente apresentou-se terrivelmente doente ele tudo sofreu. Correu atrás de médicos, viu clarear muitos dias sem ver o nascer do sol. Investiu tudo que pôde financeiramente sem se importar com isso. Chorou, segurou o choro.

E creu. Creu que conseguiria transferi-la de hospital e conseguiu. Creu em sua cura, creu que a teria em casa e na igreja de novo. Creu que ainda viveriam muitas histórias juntos. Esperou que tudo isso acontecesse. Esperou os horários limitados de visita na CTI, esperou os intermináveis minutos de uma cirurgia tão difícil. Esperou pareceres de médicos, esperou em Deus. Mas Sua resposta não foi a que desejávamos.

Alguns dias após a cirurgia tudo virou e repentinamente, nossa amada irmã se foi. A saudade apertou o peito e as pálpebras cerradas foram insuficientes para conter as lágrimas. Adeus. Agora é o momento em que o amor tudo suporta. Sim, o amor suporta a dor da partida e se mantém firme. Firme no Amor, também chamado Emanuel - Deus Conosco, Deus forte, Pai da Eternidade, Príncipe da nossa Paz. O Maravilhoso Conselheiro nos ajuda a tudo suportar, até mesmo a dor da morte, pois o amor tudo suporta.

Jesus suportou a dor da morte de Lázaro, embora tenha se permitido chorar como uma lição a todos nós. Ele sabia que aquilo era necessário. E embora soubesse que a ressurreição que estava prestes a se manifestar era passageira, importava-Lhe mesmo que todos cressem e pudessem receber a Ressurreição para a vida Eterna, nisso sempre esteve o seu S2. Foi também por amor que Ele suportou a cruz para nos reconciliar com Ele.

Eu não sei o que você pensa sobre o amor, mas ele é muito mais do que os poetas já conseguiram dizer. O amor é ação e também é sofrimento. O amor traz dores - pergunte a qualquer mãe que já passou uma noite com seu filho no hospital. Mas é em meio à tristeza do rosto que se faz melhor o coração (Ec7.3) e o amor se mostra em toda a sua força. Se você estiver disposto a sofrer, quando necessário, por amor, então você está pronto para amar. O verdadeiro amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera , tudo suporta (1Co13.7).


Ósculos com o Amor de Cristo,

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

O tempo da gestação!

Sabe eu confesso que tenho passado por dias em que Deus tem falado comigo sobre dois temas: o primeiro deles é ansiedade e o outro é sobre o tempo!

Certo dia o senhor me acordou, e eu perdi totalmente o sono, e neste período ele começou a falar ao meu coração sobre o tempo de uma gestação! No início me veio na memória uma mãe em seu processo de gestação... Eu imaginava o bebê a mexer, imaginava a barriga a crescer, imaginava como seriam aquelas sensações... Em meio ao que eu imaginava, um pensamento em forma de fala se intensificou em minha mente, e a frase era: Eu é que determino o tempo da gestação! Após pensar por um momento nesta afirmação, um texto começou a se desenrolar e eu corri para escrever... "Esse tempo não é um tempo de dor e sim um tempo de alegria, pra curtir cada momento, para buscar se preparar, para quando o sonho nascer..." 

Foi aí que tudo começou a ficar mais claro para mim, porque eu entendi que Deus a cada dia gera os sonhos Dele em minha vida e na sua vida, mas na minha vida esse tempo de esperar para que o sonho se torne real, estava se tornando um tempo de dor, um tempo de ansiedade mas o Senhor me disse: Eiiii, esse tempo é tempo de alegriaaa! Mas isso não foi tudo! Eu confesso que sabia exatamente de que sonhos Deus estava falando comigo, e confesso também que por algumas vezes eu cheguei a pensar que esse sonho não se realizaria na minha vida... 

Isso já aconteceu com você? Em algum momento você já pensou: será que vai acontecer? Será que vai chegar? Foi aí que de uma forma bem simples comecei a ouvir um pensamento que me dizia: Filha, por acaso em uma gestação os pais pensam que seus filhos não vão nascer? E eu prontamente respondi: Não!.. então aquela voz seguiu dizendo: Porque então,  muitas vezes você pensa isso sobre os sonhos que por mim tem sido gerados no seu coração? (Neste momento eu não consegui dizer mais nada!)

Então querido(a) leitor e irmão em cristo, entenda que independente do que a circunstâncias e as pessoas, digam, o Dono da vida está acompanhado essa gestação... Você está sendo monitorado pelo Médico dos médicos, e ele tem cuidadosamente te instruído em tudo que é necessário para que esse sonho venha a nascer... E você tem escutado o médico? Tem cuidado da sua Saúde (física, emocional e espiritual)? Tem se regozijado com a evolução dessa gestação ou apenas se lamentando porque ainda não é a hora de nascer? Tem se preparado para conduzir as situações após o nascimento? Tem escolhido pessoas para te dar resguardo, para te ajudar nos primeiros meses?

Se esse sonho nascesse hoje, você estaria preparado?

Que Aquele que é poderoso pra fazer infinitamente mais do que tudo que pedimos ou pensamos, na pessoa de Jesus Cristo, te ajude a ACEITAR o tempo que Ele tem determinado, e que te dê a sabedoria de curtir cada momento na certeza de que Ele está no controle desta gestação, até o momento certo do nascimento.


Ana Paula Pinheiro
segunda-feira, 2 de dezembro de 2013
Tag :

Amor... Quatro letras e tantos significados!

Hoje se fala muito em amor, e o sentido mais usado é esse mesmo que você tá pensando! O amor dito Eros. Buscamos esse às vezes como se não houvesse outro. Na verdade acredito que esse pode até ser a extensão do amor de Deus por nós!
Como vocês devem ter notado quero falar de amor! Mas quero falar de amor de verdade, amor que não acaba! Amor que é esconderijo, onde é abrigo! Ahh que Amor é esse?!
A sociedade ao longo dos anos desviou o sentido do amor. Hoje um adolescente de 15 anos vive em busca do amor! Mas a grande verdade, que talvez eles nem saibam, é que o Amor não se busca! O Amor nos encontra! E por mais que seja uma escolha nossa, só o escolhemos porque fomos escolhidos primeiro #1Jo4:19! Louco né?! Mas é assim que funciona!
A história é antiga, mas vale a pena relembra-lá todos os dias quando despertamos de uma noite de sono. Há muitos e muitos anos recebemos a redenção, o caminho para Deus que havia sido rompido outrora, agora é vivo e nos podemos entrar no santo do santos! O preço não foi igual o “Black Friday”! Foi tudo muito caro! Tá pensando o que? Você é precioso (a) do Papai! Foi preço de sangue! Isso que é amor! Isso que é amor de verdade, quem daria a vida (literalmente) por você? #Jo3:16
Precisamos desse amor, sem Ele não somos completos, não haveríamos de ser ninguém! Esse Amor nos transforma e muda quem está ao nosso lado. Em várias cidades do estado da Bahia, para ser mais especifico em Itabuna (lugar onde eu resido) ocorreu várias chuvas durante toda semana e em alguns lugares da cidade foi declarado estado de calamidade, e o que isso tem a ver com o texto?! Tudo! Quer amor mais genuíno do que esse? Se importar com o próximo, estender a mão!
Onde está você?
Que diz que me adora, mas não estende a mão.”

Forte ler essas palavras se imaginarmos a voz de Deus a conversar conosco! A verdade é que às vezes deixamos muito a desejar e o pior é que nos esquecemos desses que necessitam, fazemos “pouco caso”a uma mão que se estende ao pedir comida, ou a uma criança que pede alimento de “casa em casa”. Muitas vezes fechamos a porta e dizemos:
-Tem hoje não! Passa amanhã!
E o pior é que a todo dia haverá de ter
um amanhã!
Para não ficar apenas em minhas palavras vamos ao que interessa! O que o livro sagrado diz quanto a isso? Leia #1Jo4:20.
Procura-se amor!

Mas para de ser mesquinho! Se não tem o Amor genuíno ainda, vague por seus dias a procura dele. Se você já encontrou espalhe esse amor por onde você vive e depois, só depois, pense em um relacionamento a dois (ou melhor, a três rs !) É muito bom ter alguém para chamar de amor! É muito bom ser o amor de alguém! Mas experimente enxergar as pessoas que você ama como extensão do próprio Amor (Deus), experimente ver o amor de Deus nas pessoas que cuidam de você ou até mesmo nas pessoas que recebem o amor de Deus através das nossas vidas.
                                                            Isabelly Santos
domingo, 1 de dezembro de 2013

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons