quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera , tudo suporta.
O amor. Sei que muitos poetas escreveram sobre ele. Se há alguma paixão pela arte de escrever, o amor está em pauta sempre. Mas mesmo sem destreza, é dele que quero falar hoje. Todo o meu dia foi marcado por essas palavras: Agape... Panta stegei, panta pisteuei, panta elpigei, panta upomenei. (Parafraseando Max Lucado, se alguém perguntar o que você vê na internet, diga que está lendo algo em grego ;) )

Esses últimos foram especialmente difíceis, mas em tudo o Senhor nos ensina. E pude aprender mais sobre o amor, o amor verdadeiro. Vi um filho cumprir cada uma do que hoje vou chamar de etapas do amor. Por amor de sua mãe que repentinamente apresentou-se terrivelmente doente ele tudo sofreu. Correu atrás de médicos, viu clarear muitos dias sem ver o nascer do sol. Investiu tudo que pôde financeiramente sem se importar com isso. Chorou, segurou o choro.

E creu. Creu que conseguiria transferi-la de hospital e conseguiu. Creu em sua cura, creu que a teria em casa e na igreja de novo. Creu que ainda viveriam muitas histórias juntos. Esperou que tudo isso acontecesse. Esperou os horários limitados de visita na CTI, esperou os intermináveis minutos de uma cirurgia tão difícil. Esperou pareceres de médicos, esperou em Deus. Mas Sua resposta não foi a que desejávamos.

Alguns dias após a cirurgia tudo virou e repentinamente, nossa amada irmã se foi. A saudade apertou o peito e as pálpebras cerradas foram insuficientes para conter as lágrimas. Adeus. Agora é o momento em que o amor tudo suporta. Sim, o amor suporta a dor da partida e se mantém firme. Firme no Amor, também chamado Emanuel - Deus Conosco, Deus forte, Pai da Eternidade, Príncipe da nossa Paz. O Maravilhoso Conselheiro nos ajuda a tudo suportar, até mesmo a dor da morte, pois o amor tudo suporta.

Jesus suportou a dor da morte de Lázaro, embora tenha se permitido chorar como uma lição a todos nós. Ele sabia que aquilo era necessário. E embora soubesse que a ressurreição que estava prestes a se manifestar era passageira, importava-Lhe mesmo que todos cressem e pudessem receber a Ressurreição para a vida Eterna, nisso sempre esteve o seu S2. Foi também por amor que Ele suportou a cruz para nos reconciliar com Ele.

Eu não sei o que você pensa sobre o amor, mas ele é muito mais do que os poetas já conseguiram dizer. O amor é ação e também é sofrimento. O amor traz dores - pergunte a qualquer mãe que já passou uma noite com seu filho no hospital. Mas é em meio à tristeza do rosto que se faz melhor o coração (Ec7.3) e o amor se mostra em toda a sua força. Se você estiver disposto a sofrer, quando necessário, por amor, então você está pronto para amar. O verdadeiro amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera , tudo suporta (1Co13.7).


Ósculos com o Amor de Cristo,

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

Jesus Cristo te ama e em breve vai voltar!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons