domingo, 21 de junho de 2015

Ao chegar o fim de mais um exalto dia de aulas pego o ônibus em frente a universidade e durante o longo caminho para casa observo uma placa que diz, “Amortecedor”. Normal, levando em consideração que estudo na BR 415, logo, existem muitas lojas de ferramentas automotivas e oficinas. Mas o fato é que essa palavra foi registrada por meu cérebro e guardada nos meus pensamentos.

Mas o que um objeto poderia mudar na minha vida? Pelo menos um objeto como esse. Uma peça geralmente de carro não poderia passar de forma tão marcante em meu viver. Tenhamos em mente o significado da palavra; 

Amortecedor: adj. e s.m. Que amortece. Tecnologia dispositivo que amortece a violência de um choque, a intensidade de um som, a trepidação de uma máquina.

Máquinas? É isso que o significado diz. Tudo isso é sobre uma máquina. Mas diferentes dos parentes próximos de Portugal não falamos oras pois e nem muito menos um português atropelado. Temos ritmos diferentes, vogais e uma pronúncia da língua que é só nossa. E o que chamou atenção nessa palavra foi exatamente a sua divisão silábica. 

AMOR – TECER – DOR! 

Na verdade não das silabas, mas ao ver a palavra escrita dessa forma, temos uma perspectiva diferente sobre os amortecedores.
Essa palavra teve um espaço de carinho nos meus dias e uma inquietude para escrever isso. Em um dos significados da palavra Tecer, temos: “Compor algo através da junção ou da sobreposição de fios produzidos pelo próprio corpo (...)”. Eu acho que sem forçar a barra podemos ver que isso se trata também de nós, humanos. Acho que agora não se trata apenas de máquinas, mas também de sentimentos, de homens.

O amor tece dores. Será que isso faz sentido para você? Eu enxergo todo o sentido do mundo. O que seria o amor se não houvessem dores, ou melhor um conjunto de dores sobrepostas? O amor tem dessas coisas. Um sorriso aqui, lágrimas logo ali. Momentos de alegria, mas a vida é um conjunto de aflições, precisamos contudo ter bom ânimo. O mestre zerou o jogo!  


Acreditando que podemos zerar o jogo, mas conscientes que antes disso vamos perder diversas vezes. Confiando sempre que o amor deve ser forte o suficiente para suportar dores e nos aperfeiçoar, 

Isabelly dos Santos

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons