quarta-feira, 10 de junho de 2015

Eles acabaram de chegar. Pensando em todas as recomendações de amigos e familiares, largaram as bolsas em cima da mesa e dirigiram- se ao berço. Enfim, ele tinha chegado com saúde, e estava em casa!

O berço estava cheio de presentes! Caixas, embrulhos, jóias- pulseiras, alianças...
O que seria tudo aquilo?! Os pais ficaram surpresos. Pouco a pouco foram desembrulhando.

O que era não sei ao certo. Heranças de família! Até então nem eles mesmos tinham se dado conta que as haviam recebido.  Repassariam tudo para seus filhos?!

Talvez você também não saiba ao certo os presentes que vieram junto com seu berço, as heranças de grande valor e as indesejáveis. Vieram de muitas gerações?! Quais estão em construção nessa?

Duas opções: recusar ou aceitar. Deixar pra trás heranças, ou partes delas, pode não ser tão fácil. Implica ganhos e perdas. Pois, nem todos os aprendizados transmitidos pelas gerações passadas, são condizentes com a nossa maior herança- Jesus. Mas é possível deixar heranças de família de lado e ainda sermos gratos pela vida de nossos pais.

Crenças, valores familiares, que não se assemelham à cultura do reino do Pai, interferem no desenvolvimento de nossa identidade como filhos dele, por consequência também em nossos relacionamentos uns com os outros, no modo de compreender o amor de Deus, e como o Senhor pensa o relacionamento entre pais e filhos.

Mas, como recusar e resistir as crenças e comportamentos que aprendemos dentro de casa durante tantos anos, que O desagradam? 

Primeiro é fundamental perceber o que precisa ser abandonado. O Espírito trabalha por etapas em cada um de nós. Esclarecendo e nos ensinando a cooperar com ele, a combater, pela compreensão dos ensinamentos de Jesus e da presença do seu Espírito, em oração. 

Ferramentas como a psicoterapia, bons livros e filmes, também nos auxiliam na compreensão dos nossos relacionamentos familiares.

Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo; Filipenses 1:6


Bárbara Uinan

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons