Archive for Janeiro 2016

O poder da oração II

“Quase tudo é temporal
Temporal por que está sujeito
A um sujeito chamado tempo
Que é mais que momento...”

Essa música-poema-poesia da banda Crombie, fala sobre a ação do tempo nas nossas vidas. O autor brinca com o jogo de palavras que começa com as palavras tempo e temporal. Quando passamos por algumas situações desejamos saber o porquê e o para que de tudo aquilo e esquecemos que o nosso Deus é o Senhor do tempo e que nos garante que existe um tempo para todas as coisas (Eclesiastes 3).

Semana passada postei aqui um texto por nome, O poder da oração e hoje é a continuação da saga, rs. Recebi um feed back interessante do texto, então, let’s go, vamos falar mais sobre oração!



Hoje, não tenho uma “descrição de crente”, ou seja, não me sinto Batista, ou pentencostal, ou de qualquer outro rótulo. Sou apenas uma pecadora querendo seguir os passos do meu mestre! Lógico que acredito nos dons que Deus nos concedeu por intermédio de Cristo na cruz. Fiz questão de esclarecer para que a palavra “poder”, não se confunda com outros mantos pentencostais, rs.

Deixando isso claro... Quero dizer que essa semana estou radiante por perceber a fidelidade de meu Pai do céu. Apesar de mim, Ele ainda responde as minhas orações e me mostra que além de Senhor do tempo, Ele permite que nós usemos a poderosa ferramenta da oração.

A oração liberta e cura a nossa alma, porque além de manter o nosso diálogo com Deus aceso é a única capaz de aliviar as nossas angústias e pesares. Deus é bom em todo tempo! E nada é capaz de ajudar um coração aflito do que uma conversa com um bom amigo. Outra coisa interessante de notar é que não existe um nível espiritual para parar de orar (1 Tessalonicenses 5:17) e se fosse pela divindade Jesus não teria orado, já que Ele era o próprio Deus em carne.

As pessoas de hoje não têm mais tempo para orar e acabam indo para divãs, ao invés de entrar no quarto e orar secretamente (Mateus 6:6). [Deixando caro que amo os psicólogos e a psicologia é encantadora! Quero deixar um beijo para as psicogatas da equipe, rs].

Voltando, a aflição do ser humano é algo que vem de dentro e que deve ser colocado para fora, a oração é a melhor maneira de colocar a angústia para fora. E podemos observar isso na vida de Davi, um homem que se derrama e se entregava a Deus sem reservas! Em vários cânticos ele expressava sofrimento e dor, mas sabia que Deus era o seu refúgio na hora da angústia.

“Livra-me, ó Deus! Apressa-te, Senhor, a ajudar-me!
Sejam humilhados e frustrados os que procuram tirar-me a vida; retrocedam desprezados os que desejam a minha ruína.
Retrocedam em desgraça os que zombam de mim.
Mas regozijem-se e alegrem-se em ti todos os que te buscam; digam sempre os que amam a tua salvação: "Como Deus é grande! "
Quanto a mim, sou pobre e necessitado; apressa-te, ó Deus. Tu és o meu socorro e o meu libertador; Senhor, não te demores!”
Salmos 70:1-5  

Ore, busque, clame e veja o quanto a oração é surpreendente nas nossas vidas! Termine o texto de hoje ouvindo essa canção. Dê o play e ouça essa música atemporal sobre o tempo e sua “ação” sobre as nossas vidas! 

Abraço e inté semana que vem!

Isabelly Santos

domingo, 31 de janeiro de 2016

O legado da alegria soberana – John Piper #WorksCafé

Hoje tem novidade aqui no site! Se você gosta de ler livros edificantes, mas precisa de dicas ou sugestões, agora todo sábado você tem uma indicação diferente aqui na coluna de sábado! Se você já leu vários legais também pode enviar a sugestão e um resumo do livro e ele vai ser publicado aqui no site! 

O livro de hoje é, O legado da alegria soberana de John Piper, uma sugestão do leitor Filipe Martins, Ele fez um breve esboço sobre o que se trata do livro.


O livro se trata sobre a suficiência e alegria promovida pela regeneração junto a cristo, através da vida de Agostinho de Hipona, Martinho Lutero e João Calvino. Estes dois últimos são bem conhecidos no meio protestante, mas o que poucos sabem é que toda teologia e transformação promovida por eles são uma consequência do pensamento agostiniano. Assim, o entendimento do livro gira em torno da vida e teologia desse gigante na fé.

Aurelius Augustinus Hipponensis nascido em tagaste norte da áfrica século IV marcou uma era inteira, com contribuições na filosofia teologia e educação daquele tempo e por toda idade média. Piper aborda logo de início as grandes falhas de Agostinho, principalmente no que se refere à imoralidade sexual antes de conhecer a Deus, mas que o importunou durante toda vida. Lascivo e dedicado somente aos prazeres carnais teve uma conversão tardia (cerca de 30 anos) acalmando a dor de sua mãe Mônica por vê-lo engodado em depravação tal. Em um de seus escritos no conhecido livro Confissões ele declara:

Quão suave se tornou de repente para mim, a privação dos prazeres infrutíferos, os quais eu tanto temia perder...! Tu afastaste estes prazeres de mim, tu que és a verdadeira, a soberana alegria. Tu os afastaste de mim e tomaste seu lugar... Tu que és o maior do que qualquer prazer [...] Ó Senhor meu Deus, minha luz, minha riqueza e minha salvação.

O livro todo se trata quase que unicamente da suficiência da graça de cristo promovida pela regeneração de alguém totalmente falho que não era capaz de seguir ao Senhor, expresso na citação acima.

Lutero e Calvino, propulsores da reforma protestante utilizaram a da Soberania da Graça divina pregada por Agostinho para promover esse importante movimento. Naquela época a parte eclesiástica da igreja estava imersa em corrupções, heresias e práticas abusivas para com os fiéis como indulgência e simonia. O famoso e não por acaso Monge agostiniano (Lutero) ao ter contato com as sagradas escrituras e os escritos de Agostinho não pôde manter-se calado. Fruto de uma conversão turbulenta e com medo da morte de satanás e do pecado, o temeroso monge encontrou refúgio na Graça de Cristo que o livra da morte do inferno e de satanás. Tentando reformar a igreja ele foi excomungado depois de muitas idas e vindas as quais não nos convém abordar nesse momento.

Calvino, por sua vez, citou inúmeras vezes Agostinho em sua obra teológica mais conhecida: As institutas. Ele usou dos argumentos de Agostinho para pregar sobre a soberania da Graça de Deus, inclusive sobre o livre arbítrio, assunto o qual não entrarei nesse momento. Foi pastor em Genebra e teve uma grande contribuição nas Igrejas fundadas posteriormente, principalmente na presbiteriana, congregacional e no movimento puritano que era o Calvinismo Inglês.
O mais importante livro é que a alegria promovida pela presença do Senhor aos homens falhos que alcançam a salvação. E a graça de Deus que é superior a qualquer ação humana alcança homens a fim de concluir um propósito específico. Já falei demais. Abcs.

Sugestão e texto de Filipe Martins

                
sábado, 30 de janeiro de 2016

Quem disse que vc vai casar em novembro?

Paz do Senhor, galerinha! Lá na igreja tem uma irmã muito ousada, intrépida e cajadeira. Sempre aprendo muito com ela. Num dos dias em que estava trazendo a Palavra ela contou (tradução não literal, haja memória, ok? rsrsrs):

Encontrei um amigo que confessou que estava mantendo relações sexuais com a namorada. Consciente que sua prática fugia dos princípios bíblicos, ele se "justificou":

- Mas a gente já vai casar em novembro e vai acertar tudo...

Ela, muito ousada respondeu:

- Quem disse que você vai casar em novembro?

A partir daí ela começou a  mostrar pra ele que não havia qualquer garantia que eles casariam em novembro, do que aconteceria até lá e nem mesmo se eles estariam vivos ou quem sabe Jesus não voltaria antes. Era necessário arrepender-se imediatamente (Jo 8.11).

Essa história ficou em minha cabeça. Primeiro porque temos uma mania de achar que casamento é reparo para fornicação. Não é (conversamos mais sobre isso aqui). E segundo porque ela tem toda razão, o arrependimento gera conserto, uma mudança de rumo que deve e precisa acontecer prontamente e não adiada. Não temos qualquer controle sobre o amanhã.

E, entretanto, não sabeis o que acontecerá amanhã! Pois que é a vossa vida? Sois um vapor que aparece por um instante e depois se desvanece. Em vez de dizerdes: Se Deus quiser, viveremos e faremos esta ou aquela coisa. (Tiago 4:14,15)

Deus nos convida ao arrependimento. Se seu relacionamento tem ido além daquilo que agrada a Deus conforme Ele instrui em sua Palavra, ou seja qualquer outro pecado do qual o Espírito Santo tem te convencido, escolha vencê-lo. O pecado não pode mais nos prender, Jesus nos libertou (Jo 8.32)! E vamos vencendo com vigilância, prudência, esmurrando a nós mesmos todos os dias. Não é fácil vencermos nossos desejos, mas tudo é possível ao que crê, podemos todas as coisas em Cristo que nos fortalece (Mc 9.23; Fp 4.13).

Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor, (Atos 3:19)

Ósculos fraternais,


P.S.: Para me despedir, uma musiquinha tudo a ver, do tempo que meus pais se converteram (e eu tb kkkkkkkkkkkkk)

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Mas... O que é o amor?

Atualmente, muitos jovens e adolescentes falam sobre o AMOR.
Alguns dizem que o amor é aquele que faz o coração bater mais forte quando vemos aquele varão abençoado ou aquela varoa abençoada na igreja.
Outros dizem que é algo inexplicável.
Tem também aqueles que dizem que ele é bonito, é lindo, faz surgir aquelas borboletas na barriga rs

Mas, o que será o amor de acordo com a palavra de Deus?
Em I Coríntios 13:13 diz: "Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor."

O amor realmente é um dos sentimentos mais lindos. Mas, ao imaginar o amor, o vejo como algo puro, único e especial. Sabe porquê?
Porque um ser muito importante deu a sua vida por mim e por você: JESUS!

Mesmo sendo seres humanos falhos, o Senhor nos ama de tal maneira, que ele nos perdoa, nos limpa, nos molda e nos transforma em servos fiéis e tementes a sua palavra. O que seria de nós sem amor do Senhor? O que seria de mim e de você sem o conforto e a paz que ele traz ao nosso coração?

O amor de Deus é incondicional. Por isso, quando amar alguém, lembre-se que o amor é um sentimento forte. Ele é um laço poderoso que une duas pessoas através da perfeita vontade do Pai. 
Quando a resposta de Deus demorar, não desanime. Por amor, ele prepara sempre o melhor. Jamais devemos esquecer que ele tem o poder de nos surpreender no tempo certo, na hora certa. Todos os dias devemos amar a Deus sobre todas as coisas e crer que ele pode fazer nossos sonhos se tornarem realidade.

Por isso, varolinos e varolindas do Senhor: não desistam!
Vai orando, vai profetizando &#X1f601
A batalha é grande, mas a vitória vem! &#X1f60a&#X02665

Que o Eterno os abençoe rica e poderosamente!

Presente da Rafaella Lima
segunda-feira, 25 de janeiro de 2016
Tag :

O poder da oração

Oi meu povo! Não quero ser clichê com esse título, mas através desse início comum vamos tratar de coisas realmente extraordinárias no texto de hoje.

Acredito que alguns de vocês conheçam a história de Elias. Isso mesmo! Aquele profeta das antigas... Pois bem sabemos que ele tinha uma história de extrema intimidade com Deus e prova disso são os feitos que ele realizou em nome do Senhor.

Os homens daquela época faziam grandes feitos e maravilhas e olha que eram poucos os profetas sem contar que a nação de Israel estava devastada com falsos profetas e ídolos diversos.

Digamos que no auge da carreira de Elias o nome era Baal. Essa escultura era a responsável por fazer um povo que anda por vista esquecer de todas as maravilhas e provisões que já tinham vivido anteriormente. Claro que Deus levantou Elias por conhece-lo profundamente e saber que nele havia a bravura necessária para que Deus o usasse para mostrar o poder da oração.

O “evangelho” moderno esquece de princípios base da vida cristã. Não sei se vocês já ouviram de algum crente a seguinte expressão, “Por que orar tanto? Deus não é cego, ele sabe da sua situação! 
Por que orar tão alto? Deus não é surdo!”. Deixando claro que não sou a favor de escândalos e falta de decência, mas temos um Deus que age com sua multiforme graça e de diferentes maneiras e a oração é sinônimo de poder, mas antes de intimidade.

Quando temos intimidade com uma pessoa temos anseio por conversar e estar junto. Falando da vida cristã a maneira que temos de fazer isso é orando e lendo a bíblia, mantendo assim um canal de comunicação aberto. Infelizmente a modernidade dentro de nossas igrejas questionam a forma de adoração e a maneira de adquirimos esse poder espiritual.

Jesus nos advertiu que faríamos feitos maiores que Ele (João 14:12). Saber dos grandes feitos do Senhor e olhar a realidade presente em nossas vidas deixa o nosso coração angustiado, por não ver que os grandes feitos que iriamos fazer não são cumpridos... Mas por que? O que temos de errado?
Vamos observar alguns pontos importantes da vida de Elias:

  • Ele tinha ousadia suficiente para fazer com que sua palavra fosse cumprida por intermédio do Senhor. Vemos na sua fala: “Em nome do Senhor, o Deus vivo de Israel, de quem sou servo, digo ao Senhor que não vai cair orvalho nem chuva durante os próximos anos, até que eu diga para cair orvalho e chuva de novo” (1 Reis 17:1).
  • Ele era obediente! (1 Reis 17:5).
  • Ele cria na provisão de Deus: “[...] e os corvos vinham trazer pão e carne todas as manhãs e todas as tardes” (1 Reis 17:6). Imagina que louco! Seu office boy ser um corvo, rs! Mas Deus cuidou de Elias e cuida de nós até os dias de hoje! Podemos ver exemplo disso no novo testamento, Jesus nos ensinou sobre provisão (Mateus 6:25-29).




A oração é alimento, é intimidade e é fonte de poder de Deus! Que estejamos dispostos para viver esse poder nas nossas vidas! Abração,

Isabelly Santos
domingo, 24 de janeiro de 2016

Sobre o amor


Vamos juntos ao som de Tanlan?♫

Tentando colocar no lugar um monte de ideias de um fim de semana muito intenso, convidei o pessoal do grupo do WS no wpp a pensar sobre o amor. Afinal o que ele é?

João, o discípulo amado, resume na sua primeira epístola: "Deus é amor". Sim, Ele é. Paulo, exemplo marcante da Graça, descreve como o amor é. Mas, e em nós? Jesus disse que se amássemos uns aos outros, as pessoas conheceriam que somos discípulos dEle. (olha que lindo, o amor aponta pra Ele!)

Algumas coisas bem bacanas foram ditas no grupo sobre o amor: o amor está nas coisas simples do cotidiano, como o sorriso de uma criança ou de um idoso (NASCIMENTO, 2016; BRANDÃO, 2016), o amor é curador, é não desistir (FARIAS, 2016), é querer estar junto. Mas duas coisas estiveram presentes em quase todas as falas: o amor é sacrificar e o amor não é interesseiro, ele se doa sem esperar receber ("como o tipo sanguíneo O negativo" - ÂNGELO, 2016; e "retribui sem esperar tréplica" - ZUCOLOTTO, 2016). 

Como é possível fazer isso? Colocando-se no lugar do outro (MENDES, 2016), "walk in someone else’s shoes". Cara, já parou pra pensar que foi exatamente isso que Jesus fez? Ele se sacrificou sem que tivéssemos nada para oferecer a Ele em troca, Ele literalmente se colocou em nosso lugar, se fez homem como nós e tomou  a nossa cruz, levou nossa culpa, nosso peso. E ensinou a levarmos as cargas uns dos outros. Então amamos, porque fomos "amados pelo maior amoroso que existe" (PARDIM, 2016), um ciclo de amor que nunca acaba.


Este fds experimentei um pouco de sorrir com os que se alegram e chorar com os que choram e fui tão, tão embebida desse amor, que faria tudo outra vez. Aprendi que cuidar é melhor que curtir - sem fotos, registra-se mais forte na memória de um coração grato. Aprendi que o amor não pensa tanto quanto custa, ele sabe que vale cada esforço. Aprendi que aquilo para o que você investe horas, ecoam numa vida e em sonhos inteiros. Aprendi que há muitas formas de marcar a história de alguém e que como na doação sanguínea, tudo que se doou se faz novo dentro de você, não do mesmo jeito, mas realmente novo, mais saudável, bem melhor.

Aprendi, principalmente, que ainda tenho muito a aprender.

Ósculos cheios de amor depois da quinta,


P.S. 1: Obrigada por cada fala no grupo, vocês estão todos aqui, mesmo que não citados diretamente.
P.S. 2:  Obrigada a todos que viveram e me ensinaram o amor este fim/início de semana, Aline, Demétrio, Dilza, Letícia, Rafael e seus tantos amigos, Dona Lili, aqueles enfermeiros, Ruama, Tacila, Tainan,  Adriano, Raiany, Victor, Os Pardim e os do Carmo. Acho que nunca vou esquecer estes dias.
P.S. 3: Ai, tanta música linda sobre amor, não resisto, vai mais uma: https://youtu.be/OhKK3b3bSuM e outra https://www.youtube.com/watch?v=m5VMlE717J8

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Corpo ou membro?

Graça e paz! Alguém de vocês já parou para pensar no que nós somos diante de Deus ou qual é o nosso papel no reino? Nesses dias Deus tem falado muito comigo através das adversidades. Os problemas e dificuldades muitas vezes nos traz vontade de parar e desistir, mas dessa vez em mim veio para motivar a vontade por adorar e buscar.

Quanto tempo temos nos queixado ao invés de buscarmos a face do Senhor?
Não refiro-me a pedir graças ou que Deus mude a situação, mas falo de buscar sem esperar uma resposta. Sem expectativas para que a benção chegue.

Clamar ao Senhor em favor dos outros, assim como, Jó que orava por seus amigos em uma das piores situações da sua vida. Ele não pensou em seus filhos mortos, ou em seus bens perdidos, muito menos em suas chagas e em sua mulher falastrona. Ele pensou no próximo. Um sentimento parecido com o de Cristo na cruz, que deixou a sua glória para morrer por mim e por você.


O evangelho é uma missão integral, uma missão nossa! Devemos atender ao chamado de Deus e servir. Por que sozinhos somos apenas membros, mas juntos somos o corpo de Cristo. I CO 12:12-14.

Essa canção antiga transcreve o sentimento de ser corpo ouça e reflita sobre o que você tem se tornado, corpo ou membro?



Que a paz que excede todo o nosso entendimento esteja com cada um de nós! 



Isabelly Santos

domingo, 17 de janeiro de 2016

Só pode ser...




Quando eu vi esta post da Gininha uma esperança se acendeu em meu coração, afinal toda mulher merece um Caio Castro (o meu com caráter  de Cristo, pfv! poakspaoskpaks)... E fiquei bem pensando nisso numa noite qualquer, em frente ao espelho.

“Ah, Senhor, depois de tanto tempo, depois de tantos nãos, depois de tanta coisa, realmente o Senhor só pode estar preparando uma benção beeeem caprichada, ‘um varão banhado no leite e no mel’ (SOUZA,Tacila), um...”

E no auge da minha empolgação natural, humana e imaginária (me julguem kkkkkkkk) o meu lindo, fofo e delicado Pai falou bem assim comigo (nem vem me perguntar como é pq não sei explicar, mas até hoje não foi com raios, nem trovões, nem luz descendo do céu):

A questão não é o que Eu tenho preparado para você,
mas para o que Eu tenho lhe preparado.

Pow! Ai! Após alguns segundos de absoluto silêncio meu (e dor, rs), o Senhor foi me ajudando a entender que na verdade todas as coisas em nossa vida são para nos aperfeiçoar para seu PROPÓSITO, para nos encaminhar pra Ele e não para o que esperamos. E, de fato, olhando minha história é isto que eu vejo, Ele com amor me empurrando para viver este propósito.

E qual o propósito de Deus? É específico? Aprendi em um estudo bíblico que marcou minha vida que o propósito eterno de Deus não é nossa salvação. A salvação é um caminho para que o propósito seja alcançado e ele é:

Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. (Rm8.29)

O propósito é ter uma família de muitos Filhos semelhantes a Jesus! Qualidade e quantidade. Ele vai nos transformando para parecermos com Cristo e nós somos os escolhidos para apregoar o seu Reino e expandir assim o número de nossos irmãos, que devem ser discipulados para parecerem também com o mais velho.

Sim! Este é o alvo, o propósito. Então entenda de uma vez por todas que pode não ter um noivo Caio Castro ali na frente (chora não, irmãzinha! ♫ ), mas com certeza há um noivo e irmão M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O de quem precisamos estar frente a frente refletindo para este mundo sua glória como um espelho, cada vez mais polido (2 Co 3.18). Todas as coisas na vida dos filhos são por este e para este propósito.
Mas sabemos que todas as coisas cooperam juntamente para o bem daqueles que O amam e são chamados segundo o seu PROPÓSITO. (Rm 8.28)

Ósculos indelicados, 
#ikysincera #ikyesperançosa
quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Preparação e santificação

Você costuma se preparar para os eventos da vida ou precisa melhorar bastante nisso aí (tipo eu haha)?

Nos preparamos para a vida profissional, social, para sermos bons pais, espos@s; para encontros rosmanticos e varoagens; casamentos, formaturas, para termos sucesso na vida acadêmica; para um monte de coisas. Algumas a gente se prepara mais, outras menos. Algumas a gente se prepara durante toda a vida, outras quando faltam apenas 10 minutos. Algumas exigem mais tempo, outras só precisam mesmo de poucos instantes do dia. Mas, precisamos nos preparar!

O Espírito Santo nos prepara pra uma vida de plenitude com Deus nessa vida e para a eternidade, formando Cristo em nós, respeitando Seus processos, considerando nossas fraquezas humanas. Nos instrui teoricamente, através da renovação de nosso entendimento (Rm 12:2) e na vida prática, nos levando a sermos exercitados nas disciplinas espirituais, a viver pelo Espírito. Questões que pela lógica do pensamento humano não tem explicação, referentes ao modo de Deus realizar sua obra. À medida que adquirimos mais entendimento em Deus, ficamos mais sabidos pra encarar as provas da vida pelo poder dele em nós.. 

Santificação é a obra do Espírito Santo na vida do cristão, resultando na crescente santidade pessoal. (Autor desconhecido. Baseado nos versos de 2 Ts 2:13/II Pe 1:16/Jo 17:17)

Sabemos que podemos cooperar com o ES, orando sempre, matutando nos ensinamentos de Deus e jejuando; questões básicas para nosso crescimento espiritual. (Sl 1:2-3/Ef 6:17-18/At 13:2/Mt 6:16-18)

Mas, quero compartilhar com vocês alguns pontos práticos, bíblicos, em algumas áreas de nossas vidas, que me alertam para uma forma de viver em santidade, que acredito que também podem ajudar você nessa caminhada.

1- Em "casa":
Filhos, obedeçam a seus pais no Senhor, pois isso é justo."Honra teu pai e tua mãe", este é o primeiro mandamento com promessa:"para que tudo te corra bem e tenhas longa vida sobre a terra".Efésios 6:1-3

Para as minas: A serem moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas a seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada.Tito 2:5

Para os minos: Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem ira e sem discussões. (I Tm 2:8). "Da mesma maneira, encoraje os jovens a serem prudentes". Tt 2:6

2)Nos relacionamentos em geral: (Cl 4:5/Ef 4:25-26;32)

não caluniem a ninguém, sejam pacíficos e amáveis e mostrem sempre verdadeira mansidão para com todos os homens.Tt 3:2
3)No namoro/noivado...:


A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual.Cada um saiba controlar o próprio corpo de maneira santa e honrosa, não com a paixão de desejo desenfreado, como os pagãos que desconhecem a Deus.Neste assunto, ninguém prejudique a seu irmão nem dele se aproveite. O Senhor castigará todas essas práticas, como já lhes dissemos e asseguramos.Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade. Portanto, aquele que rejeita estas coisas não está rejeitando o homem, mas a Deus, que lhes dá o seu Espírito Santo.1 Ts 4:3-8

4) Nas amizades:
O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade. Pv 17:17

5) No trabalho:
Esforcem-se para ter uma vida tranqüila, cuidar dos seus próprios negócios e trabalhar com as próprias mãos, como nós os instruímos;1 Ts 4:11
Portanto, é necessário que sejamos submissos às autoridades, não apenas por causa da possibilidade de uma punição, mas também por questão de consciência. Rm 13:5

6) Nas finanças:

Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a lei. 
Que façam bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente, e sejam comunicáveis;1Tm 6:18)


7) Nos momentos de lazer: 
Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas. Fp 4:8

Sabemos que não somos santificados por nosso esforço, mas por meio da fé em Cristo Jesus e pela obra do Espírito Santo que habita em nós. No entanto, precisamos ser colaboradores dessa obra gigante!

pois está escrito: "Sejam santos, porque eu sou santo". 1 Pedro 1:16
Aos santos em Cristo,

Bárbara Uinan
quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

5 motivos pelos quais nunca mais me desviei

Por algum momento na sua caminhada você já deu aquela "esfriada gospel" e pensou em se desviar? Como qualquer outro cristão eu já pensei nisso sim e aliás, eu já o fiz. Mas essa experiência foi o suficiente para eu nunca mais cogitar cometer este erro novamente. Posso passar por lutas, posso não entender os planos de Deus e até brigar com Ele. Posso achar que me abandonou ou que não ouve minhas orações, mas nada pode ser maior do que aquilo que construímos juntos: uma aliança de amor. Somos inseparáveis ainda que as vezes distantes. Não posso imaginar um segundo da minha vida sem Ele. Ele é inspiração pra tudo que eu faço. Sou Dele e já é um fato inalterável. 

Por isso eu tracei cinco motivos (se não o texto iria ficar com muitas partes neste site,rs) pelos quais eu nunca mais quis abandonar a minha caminhada com Deus. 

 1- Porque Ele é fiel, meu amigo, meu amor, meu noivo, meu professor, autor da minha fé!
Eu desenvolvi algo chamado fidelidade. Na verdade nós vivemos uma busca constante por mais de Deus, mesmo sem saber. As vezes procuramos em pessoas, objetos, carreira, dinheiro, mas o anseio é sempre o mesmo, se sentir pleno, realizado e amado, mas isto, só Jesus pode nos proporcionar. A partir daí, eu entendi a importância da aliança, uma simbologia de compromisso que não deve ser quebrada, mas apenas renovada. Eu a uso na minha alma, não no meu dedo, mas a honro em público. 

2- Porque vida com Deus é decisão e não emoção. 
Não sigo ao Senhor por influência de pessoas, pais ou amigos. Isto significa que estou nessa porque quero e tenho toda liberdade de cair fora a qualquer momento. Não o faço porque eu escolhi estar com Jesus todos os dias. As experiências que já vivi com Ele são a prova de que aquilo que vivo é real e não apenas um conjunto de regras e doutrinas.

 3- Porque obdecê-lo é muito melhor do que sacrificar! 
Mais prazeroso do que viver no pecado é olhar para ele e simplesmente não sentir mais vontade de fazê-lo. Essa sensação poucos experimentam e é maravilhosa! É muito melhor deitar a cabeça no travesseiro e dormir com a consciência tranquila do que passar a vida sem saber se vou pro céu por estar levando uma vida longe de Deus. 

 4- Porque mesmo estando longe, Ele sempre estava perto apenas esperando ouvir minha voz. 
 Mesmo quando nos desviamos o Espirito Santo não nos abandona e a voz Dele é ensurdecedora quando nos pede pra voltar. Eu, sinceramente, espero jamais precisar ouvi-la novamente, porque uma vez que você experimentou a Nova Vida acabou se estragando para o mundo e mesmo tentando fazer tudo errado, um cristão de verdade nunca vai conseguir se divertir e amar o pecado como alguém que nunca conheceu a Jesus. 

 5- Porque prefiro a presença dEle, mais que qualquer bem que Ele possa me dar!
A vontade Dele é sempre boa, perfeita e agradável. O namorado, emprego, a faculdade, nunca vai ser um terço do que seria se eu estivesse com Jesus. Eu não estou afim de viver as coisas pela metade e sim por inteiro. Quero o melhor sim e é por isso que escolhi Deus como o dono de tudo que é meu! 
É tão mais fácil ter alguém que eu confie meus sonhos, medos, planos e esta tome a frente e faça tudo por mim. Afinal, como viver sem Deus pode ser melhor?

Definitivamente é por isso que “se desviar” é algo que nunca mais se passou pela minha cabeça! Quero meu Melhor Amigo pra sempre comigo! E você?  Lembre-se disso toda vez que pensar em cair fora! Traga à memória o que te traz esperança.




Natasha Zucolotto.
terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Nem um dia

Um sábado à noite.
Um vento gostoso.
Uma música boa.
E o pensamento em você.
Djavan que me perdoe, mas a sofrência dele passou longe.
O pensamento está em você.
No nosso casamento.
Nos sonhos que quero dividir com você.
Um você que foi Deus que me deu.
Que cuidou do meu coração antes de me presentear.
Como o dentista que arranca o dente antes de dar o pirulito.
Como a criança feliz eu estou e quero ficar eternamente ao seu lado.


Isabelly Santos
domingo, 10 de janeiro de 2016

Princesa - Marcos Góes #fridaysong ♥♫ #fbf

A #fridaysong de hj é bem #fbf, do tempo que seu pai conquistou sua mãe... *___* Por falar niosso, já perguntou a eles como foi? Sempre rende boas histórias...

Ai, que este 2016 está romântico, viu? <3

Ouve aí! E faz uma versão nova se for musicista. Manda pra gente nos comentários na página. ;)



Se você ouvir minha voz 
Não se esqueça minha princesa 
Lembra bem de mim
Se chorar teu coração 
Não se esqueça minha princesa (riqueza) 
Lembra da canção 
Lembra que eu te amo, lembra que eu te quero 
De como é sincero meu amor acima de tudo 
Mesmo que a saudade venha separar meu coração 
De estar bem junto ao teu 
Minha voz pra sempre te dirá: És princesa 
E sempre vou te amar.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Esta vida

Paz, everybody! Esperança é a palavra de ordem para todo ano que se inicia, mas já parou pra pensar para que ou pelo que você tem esperado em Cristo? Uns esperam o resultado do ENEM (só mais um dia! #fé), muitos esperam descobrir a tal pessoa especial com quem vai viver o resto de seus dias, há a esperança de uma vida financeira melhor, expectativa de desengavetar velhos sonhos, de deixar velhos pesadelos. Isto é bom! Mas... 
Se é só para esta vida que esperamos em Cristo, somos de todo os homens mais dignos de lástima. (1 Coríntios 15.19)

U-A-U! Meu Deus! Paulo cita isso no meio de uma argumentação sobre a existência ou não da ressurreição. De que valeria nossa esperança em Cristo se ela fosse só pra esta vida? Se não existisse a eternidade e algo que nos aguardasse além daqui?

Contudo a verdade é que ainda andamos como se ela não existisse, nossa busca cotidiana e até nossas orações parecem voltadas demais para esta vida, para este tempo. E se conhecemos a Cristo e caminhamos desse jeito, somos dignos de lástima mais até do que os que não creem, não O conhecem. mais que todos os homens!

Em que você tem investido suas horas? Pelo que você tem lutado? Pra sermos mais realistas, vamos reduzir essa reflexão ao fragmento do hoje: tudo que você fez desde a hora em que acordou e até a hora que você escolheu pra acordar demonstram que você tem escolhido esta vida aqui ou a eternidade?

O que realmente você almeja? Pelo que tem sido seu trabalho? Você tem adiado os seus momentos a sós com Deus e a obra que Ele tem na sua vida a pretexto das milhares de coisas que você tem pra fazer, na confiança de que Ele te compreende, como na parábola da grande ceia? (Lucas 14:15-24) Ou sua maior expectativa é estar sempre com Ele?

Vinde e voltemos ao Senhor, pois Ele nos despedaçou e nos sarará... A sua saída como a alva é certa; e ele a nós virá como a chuva, como a chuva serôdia que rega a terra. (Os 6.1a e 3b)
Ósculos esperançosos,


quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Prosseguir em conhecer

Há algum tempo falavam- se regularmente. Era um relacionamento constante. Já existia uma coleção de imagens mentais que cada um poderia usar para descrever um ao outro. Poderiam prever atitudes e escolher presentes com mais segurança. Mas, um dia falando sobre muitas coisas juntas, alguém disse: "Nunca tinha pensado sobre isso". Como naqueles instantes que surge um flash, de um novo pensamento à consciência, ele se deu conta da versão formada que tinha de si, e, encarando o outro, do tanto que ainda havia por se conhecer. 

"Por que não se pode conhecer tudo de vez?"- a ansiedade tinha sua participação nessa pergunta. A razão resolveu ter paciência com ela, entendendo que nesse caso não fazia por mal- era a sede de saber mais.

Então, eles foram relembrando as primeiras impressões, os momentos em que foram surpreendidos; momentos de revelações, de esclarecimentos, de inseguranças diante do desconhecido, do modo como foram sentindo confiança no outro, e da necessidade, a cada nova situação, de conhecer mais.

O relacionamento prosseguiu com um novo foco à vista: conhecer o novo em si, no outro e no relacionamento.

Uma das primeiras ideias que surgiram foi: fazer coisas novas juntos; conhecer outros lugares; conviver com outras pessoas; aprender algo novo. Boa ideia!! No entanto, nem sempre é possível ir até as novas situações de imediato. Resolveram planejá- las, e aventurarem- se ao novo, com mudanças nos detalhes da rotina e prosseguir em dialogar, deixando- se, sem pressa, mas diligentemente, serem conhecidos um ao outro.
Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.Oséias 6:3

Relacionamentos de intimidade nos levam à necessidade de mais conhecimento sobre o outro. Prosseguir em conhecer ao Senhor é um projeto que se renova dia após dia, semestre após semestre. Implica renúncias, dedicação, perseverança e transformações em nossa vida.

Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor; Hebreus 12:14

Feliz Ano Novo!!
Prosseguindo, :D

Bárbara Uinan

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Queira estar com alguém que...

Não te enrole, não tenha meias palavras.
Seja íntegro e honesto, em cada frase, em cada gesto.
Que não tenha medo de te olhar apaixonadamente na frente dos outros.
Que te dê mais certezas do que perguntas.
Que não tenha traumas, nem assuntos mal resolvidos.
Que saiba que para ser feliz, tem que deixar o passado passar.
Te faça rir, ou gargalhar para alguns,rs.
Que te mostre que a vida pode ser leve mesmo em momentos duros.
Que tenha o melhor abraço do mundo.
Que te transborde.
Que te faça sentir a pessoa mais especial da galáxia.
Que faça planos, veja um futuro ao teu lado e te carregue para onde for.
Que apesar de saber que consegue viver sem você, escolha viver contigo.
Que te admire.
Que te impulsione para a frente.
Que te apoie quando ninguém mais acreditar em você.
Que te ajude a transformar sonhos em realidade e mostre que você é capaz de tudo aquilo que quiser.
Que seja tão lindo por dentro quanto é por fora.
Que tenha um coração, segundo o coração de Deus.
Que te aproxime mais de Deus e tenha o mesmo propósito que você.
Que te faça olhar para trás e agradecer por não ter dado certo com ninguém antes.



Natasha Zucolotto.
terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons