domingo, 24 de abril de 2016


Imagine aquele clima mágico que só o futebol proporciona quando seu time faz um gol aos quarenta e tantos do segundo tempo, o gol do título. A sala se conecta de uma forma mística com o estádio, tudo isso através da televisão. Tenso, o tempo parece retardar ao invés de avançar, afinal, já está perto do fim e quando chega o fim, fogos, euforia, algazarra, jargões. Pareceu ser mais uma das peripécias do futebol e da torcida, mas troquemos o estádio pela Câmara dos Deputados. Surreal. Gente suja revindicando limpeza, "gritos de liberdade", golpe ou não. Neste texto, pouco importa essa discussão, mas o que se pode dizer é: que bagunça.
Além dessa crise política, ainda há uma instuição nacional que já se preocupa com um possível ataque daqueles que pareciam estar longe, pareciam transitar apenas nas terras do tio Sam e na "elegante" Europa. Outra tensão. Diferente do futebol, na verdade, agora é um sentimento mais próximo ao medo, ou o próprio medo pode estar assolando a vida de muitos, já que não há certeza de nada e coisas incertas causam inseguraça. Neste texto, pouco importa a discussão sobre fronteiras, refugiados, porque realizam atentados e etc. , mas o que se pode dizer é: que bagunça.
Além disso também - por mais que eu não queira pensar nos quantos mais "além disso" poderiam aparecer - será que o sertão vai virar mar e o mar vai virar sertão? Crise hídrica, gente que tem praia encanada, gente que nem isso tem. Culpa de quem? Pouco importa também, mas ... que bagunça.
De forma simples, sem delongas, a discussão, a reflexão sobretudo, que importa neste texto é: está na hora do "limpe-se mais". Quando Jesus vai voltar, eu não sei. Não sei nem o que acontecerá daqui a 5 minutos, apenas planejo. Limpe-se mais ( e eu quero me limpar mais) não por medo, mas por amor àquele que, por mais que tudo mude, não mudará. Aquele que estará conosco até nos dias difíceis, assim como esteve com José, com Daniel, com Jó. Felizes aqueles que obedecem às palavras do livro da vida! Isso é profundo, difícil. As coisas de Deus são simples, mas nós complicamos tudo, por isso precisamos Dele.

Que possamos manter o nosso foco, nossa persistência e nossa adoração.

Samir Santana

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons