domingo, 10 de abril de 2016

Ainda hoje pensei sobre o dia a dia. Nós jovens vivemos repletos de coisas para fazer. É uma luta, mas para quem sonha em um dia, alcançar o seu lugar ao sol, passa por dias cheios. Para vencer essa corrida, passamos o dia trabalhando, estudando, passando o dia dentro de uma biblioteca, as vezes atolados em livros e arquivos em PDF, indo ao cursinho, voltando do cursinho, uns são “concurseiros”, outros querem seguir vida acadêmica. Uns namoram, outros não. Há também quem tire um dia do final de semana, ou qualquer dia que for, para curtir seus amigos, tomar um sorvete, ir à praia... Uns para além dos estudos, fazem atividades física na base da égide grega do “corpo são, mente sã” e etc., e etc., e etc., e etc. Esse é o dia a dia de, pelo menos, da maioria dos jovens.

O dia tem apenas 24hs e há quem se pergunte e pergunta para alguém “por que raios o dia tem apenas 24 horas?”. Apenas? Não sei. O tempo é curto, são muitas coisas entre o momento que acordamos e o momento que iremos dormir. Cansaço, coisas incertas. Tudo isso um dia valerá a pena? É preciso se capacitar. Hei de vencer. Vencerei. Venceremos. Todo esse esforço valerá a pena sim, com fé em Deus. Opa, Deus!



Tem dias que são como o primeiro parágrafo: lotado, mas não houve sequer o nome de Deus citado. Deus só aparece no segundo parágrafo. Era assim que as vezes eu passava meu dia, acordava pensando nas tarefas que eu teria que cumprir e dormia pensando nos afazeres do dia seguinte e de repente, opa, Deus! Então vinha aquela oração feita não com minhas palavras, semelhante a palavra de atores quando estão atuando: a palavra não é deles, só vivem um personagem. Até que um dia, houve um grito de “basta!” e percebi que é no silêncio, é no tempo reservado que eu posso conversar com Deus. Uma conversa trocada, eu de cá e Ele de lá. Eu de cá e Ele de cá também, perto de mim.
Momentos que tiramos para Deus, seja para servir alguém ou ir ao culto, seja para ler a bíblia ou um livro cristão, seja qualquer coisa que for que lhe alimente da palavra de Deus não é perda de tempo, muitíssimo ao contrário, é benefício.

No meio da agitada vida, tanto eu, quanto você, caro leitor, devemos ter em mente o seguinte: é preciso viver unidos com Cristo, construir a vida sobre seus pés, buscar se tornar mais forte na fé. É preciso não se esquecer disso. É preciso se lembrar que devemos buscar primeiro o Reino dos Céus. É preciso lembrar que por amor fomos livres do pecado e o preço foi a cruz. Precisamos nos munir da palavra de Deus, sobretudo. As vezes a bola quica na pequena área, pedindo para ser chutada ao gol e ela é isolada. Passa longe do gol por falta de preparo.

Senhor, quando eu chegar em casa, cansado, não quero reclamar. Quero agradecer pela saúde que me deu para buscar o meu lugar ao sol e que seja feita a Tua vontade. Eu sei que as demais coisas me serão acrescentadas conforme o Teu querer.

Texto base: Mateus 6:33

Samir Santana

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons