Archive for Maio 2016

Sem pressa

As vezes nós tentamos sair da rotina,esquecer que existe horários e tarefas a cumprir.Mas nós vamos nos adaptando a correria. Acostumamos tanto que desaprendemos a andar devagar, e sentimos que estamos sempre atrasados para algum compromisso. E por conta disso não observamos ao nosso redor,e muitas vezes deixamos o amor passar,ou não deixamos ele ficar por não aceitarmos a calmaria que ele trás. Não queremos silenciar para ouvir se os batimentos do outro está no mesmo compasso que o nosso, não queremos dividir nosso precioso tempo com ninguém, A impaciência dos ponteiros da sua mente tem atrasado a chegada do amor ao teu coração?
Te acalma um pouco e continue andando na tua estrada, mas ao atravessar não esqueça de olhar para os lados,preste atenção nos sinais verdes, sorria mais tire um pouco essa cara de preocupação do rosto,não fique esperando coisas surpreendentes acontecerem mais procure enxergar as coisas simples do seu dia a dia. E nunca esqueça de olhar para o céu no fim do dia,não importa onde estiver Ele vai estar contigo,se você parar um pouco vai senti-lo mais perto. Então não esquece dá uma pausa,tá? 
                              ''Não deixe que nada o preocupe ou faça sofrer,pois a mocidade dura                                                                           pouco.'' Eclesiastes 11:10 (N.V.A)                                                                                                         .                                                                                                   
                        Janine Ângelo.
terça-feira, 31 de maio de 2016

Luzes e Sombras

Oi galera, a paz! Hoje vou compartilhar algo bem curtinho com vocês. Essa semana estava pensando sobre o que seria o texto dessa semana, a inspiração me faltava, mas de repente uma ideia veio e uma canção também.

Ontem à noite eu estava brincando com minhas irmãs (para quem não sabe, tenho uma de 10 e outra de 1 ano), estávamos em um quarto com pouca luminosidade e aí eu tive a ideia de ligar a lanterna do celular e como um passe de mágica estava lá na parede várias sombras, a menorzinha se apaixonou e a do meio aproveitou! Hahaha

Lembrei que essa semana a minha irmã do meio teve semana de provas e um dos assuntos da avaliação de ciências foi os fenômenos da luz. E um deles é a sombra. No livro primário da Middle sister diz essa definição:

Para que um objeto produza sombra, é necessário haver uma fonte luminosa; e um objeto posicionado entre a fonte de luz e o anteparo (Noronha, 2015).

Os episódios de estudar com Nanda e de depois brincar no escuro com as meninas, trouxeram-me reflexões profundas do evangelho.


Quando estamos no engano do pecado, estamos na ausência de luz e na escuridão, mas no momento que o feixe de luz (Jesus) nos invade podemos ver as sombras que existem em nós. Na bíblia tem vários exemplos desse confronto com o pecado que temos ao conhecer Jesus. E um deles é o daquela mulher samaritana que estava no poço.

Em uma parte do seu diálogo com Jesus, ele diz para ela chamar o seu marido e naquele momento ela sente-se pressionada e diz que não tem marido. Ela poderia muito bem mentir para aquele “estranho” a beira do poço, mas decidiu revelar uma de suas “sombras” (João 4 a partir do 10). Com tudo isso que acabo de falar, penso:

E você? Será que você tem falado a Jesus sobre as suas sombras?

Saiba que a luz de Jesus sempre revela a nós sobre os nossos pecados e nos faz lembrar o quanto precisamos da luz dele, para enxergamos as sombras que existem nas nossas vidas!


Não deixe de ouvir a música abaixo que fala com poesia e musicalidade sobre as nossas luzes e sombras!


Um domingo cheio de sal e luz para todos nós, 

Isabelly Santos



domingo, 29 de maio de 2016

Os defeitos que você suporta

No último Works, preparando a oficina "Quem é a pessoa certa?" com minha parceira e super criativa amiga Tacila, reinventamos uma dinâmica do primeiro Works. Nela a gente colocava, em grupo, características espirituais, de personalidade e físicas que esperávamos encontrar na pessoa amada. Mas pra mim o mais incrível de tudo foi a sugestão feita pela Taci: "Iky, acrescenta aí: os defeitos que você suporta". 



Cara, isso é demais, pq a pessoa com quem você vai se relacionar vai ter defeitos, isso é fato, e você precisa saber com quais defeitos você está disposto a conviver. Nestes últimos dias alguns bate-papos e reflexões têm me levado a pensar bastante nisso.

Uma amiga contou que quando namorava, ela foi fazendo uma listinha dos defeitos que encontrava no boy dela. Não pra "passar na cara", mas pra ela decidir e avaliar se dava pra suportar. Ela decidiu que sim e graças a Deus estão lindamente casados, mas muitos destes defeitos ele tem até hoje. Outra casada me disse que seu marido mantém características que ela não gosta até hoje - mais de 20 anos depois! (e eles continuam casados e felizes, rs...)

Muitos solteiros casam-se na ilusão de que vão mudar a pessoa após o casamento. Não caia nessa. Essa história de moldar o outro é possível até certo ponto, mas este ponto é bem pequeno. O que você pode  com certeza é moldar a si mesmo (e ainda assim com ajuda de Cristo)! É claro que o relacionamento muda ambas as partes, mas não é como a gente idealiza, é algo natural. Não é justo você esperar que o outro seja alguém que ele não é só pq vc quer. Imagine se o outro esperar isso de você? Você começou a se relacionar com ele(a) assim, então agora aguenta, rsrsrsrs... Se por acaso esta pessoa mudar, entenda como uma benção dos céus pra você, um plus divino e não uma obrigação.

O que quero dizer é que você precisa analisar agora, antes de casar, não apenas as características positivas, mas também as negativas da pessoa que você gosta, e saber se você suporta aquilo ou não, se vale a pena insistir nisso não. Se for coisas que contrariem a vontade de Deus, nem preciso dizer pra pular fora, né? Mas se for só do jeito mesmo, lembre-se que outras pessoas terão outros defeitos... Quais você suportaria?

Ósculos da defeituosa,

Iky Fonseca

Aí vou ter q colocar aquele trechinho de Frozen pra vocês de novo (ele e um pouco mais sobre este assunto vc encontra neste texto aqui (ai, eu amo esse filme rsrsrsrs):

Não que dizer que vai mudá-lo,
Porque não vai acontecer,
Mas conte com o poder do amor
Que pode supreender!
quinta-feira, 26 de maio de 2016

As nossas escolhas

Ao ler este tema, o que vem a sua mente?

Quais os teus sonhos, planos e projetos futuros na área sentimental?

Mais do que todas as pessoas que vivem ao seu redor, o SENHOR te conhece. A bíblia é o maior e melhor manual de instruções que temos em mãos. Sabemos que em CRISTO somos livres. Mas, tem muita gente ai misturando as ideias (rsrsrs).

É notório vermos jovens e adolescentes que andam em pecado, namorando com pessoas que não são cristãs, sem compromisso, que não tem propósitos, etc. 

Quem conhece a palavra, sabe que luz e trevas não se unem. São como água e óleo.  Namorar com alguém sem compromisso te afasta de DEUS. Como filhos do REI devemos praticar a palavra e andar nos caminhos da luz. Afinal de contas, ficar com a ideia de que vai converter a pessoa, é melhor esquecer isso meu querido (a), pois quem converte é o Espírito Santo! E não fique anos esperando o milagre acontecer. Seja sábio!

“Se, pois, todo o teu corpo estiver na luz, sem mistura de trevas, ele será inteiramente iluminado, como sob a brilhante luz de uma lâmpada.” (Lucas 11:36)

Bem gente, sabemos que a salvação é individual, mas sei que lá no fundo do seu coração, você pensa: Essas pessoas conhecem a palavra e porque não mudam?  

O pecado está ao nosso redor. Infelizmente, muitos irmãos têm mudado seus caminhos e praticado ações mundanas. Por exemplo, o “ficar” é pecado e dos grandes. Com a carne não se brinca e quando se pratica esse ato, o inimigo samba. Isso mesmo. Ele samba!  Porque este jovem ou adolescente está alimentando algo e praticando algo que não “provém de Deus”, pois “ficar” é algo sem compromisso, e não é isso que a palavra nos ensina. Devemos ter compromisso com Deus e com o nosso próximo.

 Outro exemplo são as pessoas que sonham com o amor eterno. Na escola, quem nunca foi meio que “zuado (a)” porque ESCOLHEU ESPERAR aquele vasolindo ou varolinda?.

Infelizmente isso existe sim. Algumas pessoas nem ligam pro que os outros dizem, mas infelizmente há aquelas que se levam pela opinião dos outros ou acabam achando que ninguém descobrirá, e pronto. Mas, esquecem que o SENHOR vê as nossas ações. Não pecar é uma escolha. Sabemos que o mundo não tem nada de bom a oferecer. Nascemos para sermos diferentes e andar na contramão do mundo.

Mas ai você se pergunta: Eu errei na adolescência ou juventude. E agora? O que fazer?

Não desanime não. É tempo de mudança. Lance o passado no mar do esquecimento e decida viver uma vida nova. É tão bom e maravilhoso saber que fomos mudados e transformados pelo Senhor. É tão bom estar em santificação. Sei que muitos não “escolheram esperar” o momento certo para algumas coisas da vida, mas é chegado o tempo de buscar a Deus e ser firme nas suas decisões. Para aqueles varões e varoas que estão firmes e fortes nessa espera, continuem orando e buscando. Deus está preparando algo maravilhoso para nossas vidas.

Uma frase que aprendi com um casal de pastores e líderes é que: AMAR NÃO É UM SENTIMENTO, É UMA DECISÃO.

Decida hoje amar ao SENHOR e as suas escrituras. Ele nos deu a oportunidade de escolha. Existem os caminhos bons e os maus. Por isso, antes de tomar qualquer decisão, busque orientação ao SENHOR. Ele tem a resposta para todas as suas perguntas. Jamais faça algo que não recebeu a confirmação de Deus. As decisões do PAI são melhores e maiores que as nossas. Algumas vezes não entendemos a resposta dele, mas com o passar do tempo veremos que valeu a pena ter paciência e fé. Sabemos que estar solteiro algumas vezes é difícil, pois ninguém é feliz sozinho. Mas você nunca estará só, pois o Senhor sempre estará contigo!

Eu escolhi esperar o melhor de Deus para minha vida. E você?


Para enriquecer os seus conhecimentos, vou deixar uns vídeos para vocês da Campanha Eu Escolhi Esperar. Toda terça ou quarta - feira ao meio dia tem um vídeo novo. Sou fã do EEE Responde. No canal (youtube) tem mais vídeos sobre diversos assuntos. Dá uma zoiada lá. Afinal de contas, um conhecimento a mais não faz mal né gente? Rsrs




Que o SENHOR abençoe vocês!!! :D

Presente: Rafaella Lima <3 

A coluna de segunda, "Presentes", publica textos de nossos leitores e não expressa necessariamente a opinião deste site. Se também deseja que seu texto seja publicado, envie-nos para o e-mail worksolteiros@gmail.com.

segunda-feira, 23 de maio de 2016
Tag :

Manual

Eu não gostava de manuais. Todo livrinho com o título "como montar tal coisa...", ou "como operar isto", ou "como manusear aquilo" e etc. não era lido por mim.  Só de pensar em ler aquele livro, pequeno, de letras pequenas, com o primeiro bloco em inglês, o segundo em japonês, francês, alemão, seja lá que língua fosse, sentia tédio. Era melhor fazer por conta própria, simples configurar uma televisão, armar um armário, enfim. Lembro de quando uma certa vez meu pai comprou uma televisão que possuía um aplicativo do youtube. Achei fantástico, mas eu não conseguia acertar a configuração para usufruir de tal função que a tv oferecia, apelei então para o meu algoz, o manual. 

Fiz o passo a passo e voila, televisão configurada. Comecei a pensar sobre aquele livrinho que fornece as noções básicas sobre determinada coisa e instruções para operá-la(o) e notei a importância dele para o bom andamento daquilo que compramos. Parece que seguir passo a passo é difícil. As vezes queremos pular do primeiro para o décimo andar sendo que se subirmos um por um, iremos chegar ao mesmo destino, contudo, sem risco de tropeçar e se machucar.

Passei a ler manuais, compreendi que a bíblia é o manual da vida e o que outrora era algoz, agora é visto como necessário. Folheando o livro sagrado, vi Paulo, Silas e Timotéo remetendo uma carta aos irmãos da cidade de Tessalônica, incentivando-os a manterem a fé. Fácil perceber que ali foi feito a obra. Obra e fé. Afinal, a obra sem fé é morta e vice-versa também. E a obra sem fé, adianta?

John Piper, em seu artigo entitulado "Não faça a vontade de Deus como um ateu" mostra que tudo o que formos fazer, deve ser feito pela causa de Deus. É bíblico, tudo o que nós fazemos deve ser para a glória de Deus. Ou seja, fazer o certo por retidão, qualquer um faz, mas nós, que servimos a Deus, temos que ir além disso.

Paulo e seus companheiros foram além da causa da retidão. Fizeram a obra em Tessalônica para a glória de Deus. Não foi para agradar o coração dos homens, mas sim o coração de Deus e por amor. Outra coisa fundamental, de que adiantará comida para quem tem fome, cobertor para quem tem frio se não houver amor?

Grande aprendizado. Ficou outra reflexão, o que seria de mim sem o manual que Deus enviou para nós? E você, tem usado o manual?




Samir Santana



domingo, 22 de maio de 2016

Tenho uma irmãzinha que ainda não tem seios

Temos uma irmãzinha; seus seios ainda não estão crescidos. O que faremos com nossa irmã no dia em que for pedida em casamento? (Cânticos 8:8)
E se este quando for cedo demais? Numa sociedade em que o casamento é cada vez mais raro e instável, eu me permitiria (só para reflexão) trocar este “pedida em casamento” para convidada ao sexo.

Vivemos um caos social. Um caos de valores que leva a um caos de acontecimentos em avalanche. Nas últimas semanas eu recebi notícias que duas garotas de meu convívio, uma de quinze e outra de doze ou treze anos estavam grávidas. Claro que fiquei arrasada. São nossas irmãs, nossas filhinhas, nossas meninas.

Não há a capacidade nessas garotas para gerar, porque conceder filhos é muito mais do que dar à luz e suprir suas necessidades. É principalmente compartilhar valores, ensinar-lhes a ser, e nesta idade isto nem nos jovens pais está definido, então se transfere a responsabilidade a terceiros, mistura-se tudo e eis uma grande confusão. E nem preciso listar as consequências pras mães (e também para os pais, infelizmente, raríssimas vezes).

Não escrevo este texto pra te dizer coisas novas, mas pra refletir nas que você já conhece. Nossa cultura é bem estranha. Ela apregoa uma liberdade que tem encarcerado as pessoas nas consequências de escolhas pecaminosas em cadeia e elas nem se dão conta. Tantos lares desestruturados, tantas identidades perdidas, tantas almas feridas, tantas mentes atribuladas, tanto cegos a conduzir outros à escuridão.

Eu ouço um monte músicas que falam para “as novinha” subirem, quicarem, sentarem, fazerem... E você pode me dizer que são só músicas pra se divertir, e eu te respondo que você não tem ideia do poder doutrinário que tem as canções, conceitos que se repetem até involuntariamente o tempo todo em nossa cabeça. Mas não se trata só da cultura informal. Hoje, nas escolas, na mídia, nos debates, o incentivo para que a criança interaja com sua sexualidade é cada vez mais precoce e eu, desculpa, não consigo ver vantagem nem sentido nisso.

Criança vota? Não. Com que idade se tem licença para dirigir? A partir de que idade você confiaria a chave do seu carro a seu filho? 12 anos? Acredito que não. E por quê? Porque dirigir é um ato que exige muita consciência e responsabilidade, pode trazer consequências graves. O sexo não é diferente. Suas consequências vão muito além dos pequenos instantes de prazer.

Para mim sexo não é para novinhas, nem novinhos. Sexo é para pessoas maduras, preparadas, conscientes e aptas para assumir todas as consequências que ele traz, boas e ruins. E vou além, sexo continua sendo um presente de casamento, dado por Deus não somente para procriação, mas para prazer entre seus filhos. E se fosse praticado apenas dentro desta realidade, teria tantas vantagens que para serem listadas precisariam de outro texto ou até de outros. Espero que você fique aí pensando.

Ósculos em defesa dos novinhos,

Iky Fonseca

P.S.: Esta quarta foi o dia de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes e isto cooperou para que escrevesse este texto. Além de todo mal citado acima, ainda temos esta triste realidade, tão frequente e tão próxima. Se você foi uma vítima, Cristo pode te curar. Se você é testemunha, #disque100 #denuncie #FaçaBonito
quinta-feira, 19 de maio de 2016

Homem de Honra

Na história de Davi vamos ver a queda de um homem que comete adultério com a mulher de Urias que agora está gravida esperando uma criança do rei Davi. Mas não estou aqui para falar de Davi ou Bate-seba e sim do próprio Urias, homem valente, servo fiel o qual sempre honrava o seu senhor, homem de caráter. 

Nessa história vamos ver várias tentativas do rei Davi de encobrir seu erro tentando fazer com que Urias se deitasse com sua mulher para que aquela criança que estava sobre o ventre de Bate-seba parecesse ser de Urias. Acho lindo o versículo 11 onde Urias vai dizer algo lindo para o rei Davi.
“E disse Urias a Davi: a arca, e Israel, e Judá ficam em tendas; e Joabe, meu senhor, e os servos de meu senhor estão acampados no campo; e hei de eu entrar na minha casa, para comer e beber e para deitar com minha mulher? Pela tua vida e pela tua alma, não farei tal coisa” (2 Samuel: 11.11). 

Nossa! Quê cajadada linda! Isso sim é exemplo de um servo fiel! Fico imaginando a cara de Davi diante dessa situação hahaha, mas acho que ele estava com seus olhos tão fechados para o pecado que não conseguiu enxergar o caráter e tamanha honra que Urias tinha pelo seu general e seus companheiros de batalha. Quando um homem saía para guerra naquela época eles saíam limpos ou seja não se tinham relações sexuais com suas mulheres, eles iam para a guerra limpos de qualquer impureza e o que foi oferecido a Urias não foi nada menos que uma oferta de se deleitar com sua esposa de esvaziar sua mente de qualquer problema.

Mas Urias disse NÃO! Porque ele entendia sua missão, que seu lugar não era ali, que ainda não era chegada a hora de festejar de descansar. 

Ele entendia que o seu general estava esperando por ele, os seus amigos estavam diante de uma grande guerra da qual ia durar muito tempo, ele precisava estar lá e naquele momento ele teve duas escolhas: ou se acomodava e ia para sua casa ou dava continuidade a sua missão.

Assim como Urias tinha uma grande missão e seu general estava esperando por ele, nós temos uma grande missão de propagar o evangelho de Cristo da qual somos chamados todos os dias, assim como Urias teve que fazer uma escolha, muitas vezes temos que escolher entre se acomodar ou prosseguir com a missão que nos foi entregue. 

Cristo ele morreu pelos nossos pecados ele tirou o fardo que nos escravizava e tomou sobre si. É como se as chicotadas que eram nossas caíram sobre Ele, os cravos sobre suas mãos que eram nossos caíram sobre Ele, a cruz que foi feita para nós estava sobre Ele.

Mas o que você tem feito para honrar nosso Deus? 

Você tem se entregado aos prazeres desse mundo ou você entendeu que estamos em uma guerra da qual ainda não chegou seu fim e que sempre temos que estar prontos? 

Diante de você tem escolhas que precisam ser feitas para que você possa continuar sua jornada, lembre-se qual o propósito dessa grande batalha e por que você não pode desistir, lembre-se que Cristo é o nosso alvo e se você não fez a mesma escolha que Urias ainda dá tempo de mudar, lembre-se que ainda não é hora de voltar para casa porque seu lugar não é aqui, mas ao lado do Pai que em breve voltará. 



Mateus Lino 
quarta-feira, 18 de maio de 2016

Quando Deus não quer, dois não namoram.

 '' E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito''. (Romanos 8:28)

Pense na seguinte situação: você escolheu esperar,mas também não havia outra escolha,pois quando decidiu isso não havia ninguém em vista. Mas aí a situação mudou você encontra uma pessoa interessante,conheceu melhor,achou que tinha tudo haver aí colocou o joelho no chão e perguntou:
  - E aí Senhor,o que acha? E então Deus responde: - NÃO!


Eis aí o ponto em que eu quero chegar.  Espera é confiar, por isso se estamos esperando em Deus devemos confiar que Ele nos guie na direção tomar, pois Ele sabe de todas as coisas, e enxerga as situações como um todo. Às vezes um não Dele pode ser um livramento que talvez você só entenderá mais à frente, ou pode ser um alerta de que não era a hora ainda e que precisava esperar um pouco mais. O fato é que devemos encarar o não de Deus como um cuidado, e numa próxima vez termos uma cautela maior antes de nos apegarmos emocionalmente a uma pessoa e só consultar a Deus depois. Sei que  receber uma resposta negativa para aquilo que tanto queria não é nada fácil, mas se compreendermos que temos um Pai protetor e que se entregarmos tudo a Ele, no final tudo irá cooperar para o nosso bem, tudo fica menos doloroso.

              Com carinho,
              Janine Ângelo.

 

       
terça-feira, 17 de maio de 2016

Ê Saudade...

“ Não importa se você está perto ou longe, o que importa é que você existe para que eu possa sentir sua falta.”

Sim, essa frase foi retirada da internet! Rsrsrs

Mas confesso que ultimamente ando meio “Saudosa”, “cheia de saudade”.
Mas o que significa saudade?

Saudade- s.f. Sentimento nostálgico provocado pela distância de (algo ou alguém), pela ausência de uma pessoa, coisa e local, ou ocasionado pela vontade de reviver experiências, situações ou momentos já passados.

Bom, é normal sentirmos saudade de alguma coisa ou de alguém especial que talvez não esteja assim tão perto, e o melhor é quando podemos ouvir um “Estou com saudades”.

Eu particularmente sempre fui de falar pouco e reconheço que ás vezes tenho dificuldade em expressar o que sinto. Na verdade eu sempre achei que só falar não adiantava se elas não viessem acompanhadas de atitudes.

Então um dia enviei uma mensagem para um amigo, nessa mensagem eu dizia que estava com saudades dele! E ele prontamente me respondeu: “Continuo morando no mesmo lugar”, eu sorri e logo mudamos de assunto, mas fiquei com aquilo na cabeça, pois é, ouve uma pequena contradição minha aí, eu que sempre achei que só falar não adiantava, dessa vez fiquei apenas no falar.

Talvez a falta de tempo e essa correria constante em que ando me impediu de cuidar um pouco da nossa amizade, de realmente chegar e demonstrar a falta que ele me fazia naquele momento.

Mas quando falamos em amor e amizade ao nosso próximo temos o maior exemplo de todos, Jesus!

“ Não existe maior amor do que este: de alguém dar a própria vida por causa dos seus amigos. (João 15:13)

Sim, ele morreu por mim e por você! E da mesma forma que andamos cheios de saudades de algo ou de alguém ele também sente a nossa.

E o melhor ele continua morando lá no mesmo lugar, ele está em casa a nos esperar!

E ás vezes a correria nos impede de ir de encontro a ele e dizer o quanto a sua presença é importante, e o quanto o queremos por perto.

No meu caso, o que me impedia naquele momento de ver meu amigo era a falta de tempo e alguns quilômetros de distância.

Confesso que ainda sinto a falta dele, mas resolvi não falar dessa vez
 Pois breve irei visitá-lo e lhe direi pessoalmente.

Mas é isso que o senhor espera de nós que cheguemos até a ele, e mais do que falar, é demonstrar o quanto o queremos em nossas vidas.

 E que da mesma forma em que buscamos zelar de uma amizade, um irmão, ou de um familiar, que também busquemos diariamente e constantemente cuidar do nosso relacionamento com Deus!

“ E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração. ” (Jeremias 29:13)


Abraços de amor e carinho cheio de saudades,


Andressa Caldas

A coluna de segunda, "Presentes", publica textos de nossos leitores e não expressa necessariamente a opinião deste site. Se também deseja que seu texto seja publicado, envie-nos para o e-mail worksolteiros@gmail.com.
segunda-feira, 16 de maio de 2016
Tag :

Aftas do namoro

Olá gente, bom dia o texto de hoje trata de um assunto muito interessante e é especialmente para quem está na namorando no momento. A vida é estranha e só de pensar que em nossa cultura escolhemos um desconhecido para compartilhar as nossas vidas isso já poderia ser algo bem incômodo, mas como já estamos acostumados, pouco nos importamos.

Ao se convidar um estranho para morar em seu coração é óbvio que você não vai se adaptar a alguns hábitos dele, assim como, ele também aos seus. Mas como vocês são namorados (presumo) isso tudo é muito normal para ambos, partindo do princípio que o relacionamento requer renúncia.

Talvez nesse momento você se pergunte, okay, eu sei, mas o que isso tem a ver com aftas?

Quem já teve aftas? Eu já tive várias e acredito que elas têm características bem marcantes(clique aqui para saber mais sobre o assunto).
Geralmente são pequenas, minúsculas, incomodam muito, mas um dia somem. Porém, ao pesquisar um pouco sobre essas pequenas, descobri que elas são indicadores de uma baixa imunidade no organismo, podendo ser um sinalizador de doenças como, Aides, câncer, diabetes ou apenas um sinal que não está tudo bem no seu organismo.

Por deixar entrar em sua vida uma pessoa que você mal conhece, talvez, vocês tenham pequenas diferenças que incomodam, mas que um dia somem. O que alguns casais não sabem é que por deixar sumir alguns problemas não resolvidos, eles deixam o sinal passar e esquecem de pesquisar o que significa aquela “afta” que tanto incomoda o namoro.


Quero deixar uma dica com você muito simples. Converse com seu/sua namorad@ diagnostique e descubra o que são esses pequenos sinais que aparecem no seu dia-a-dia, talvez seja um sinal só da TPM (algo bobo que passa), mas também, pode ser um câncer que está matando seu próprio relacionamento, trazendo o seu fim. Sei que as vezes acabar um relacionamento é necessário, mas sei que se for uma provação para fortalece-los Deus é poderoso para restaurar a relação de vocês e acabar com as pequenas aftas da vida.

Deus é o remédio (bicarbonato tb) para todos os seus problemas! Um cheiro!

Isabelly Santos
domingo, 15 de maio de 2016

Lugar secreto

Antes de ler, dá o play aqui pra ler ouvindo. =)

Neste lugar onde me perco
Perco minhas manias, meus velhos pensamentos
Perco minhas insistências e deixo cair minhas teimosias
Perco medos e tantos sustos, deixo dores
Troco por amores sem fim.

Neste lugar onde me encontro
Encontro tanta beleza e me encharco de esperança
Encontro boas lembranças, meu coração se derrete
Encontro justiça, justificação
Perdão, Graça, sim.

Neste lugar onde me entristeço
Entristeço-me por dores que não são as minhas
Entristeço-me pelo meu país, pelo meu povo
Entristeço-me por tantos povos e rostos, deixo-me
Troco meus conflitos por aflições além de mim

Neste lugar onde me alegro
Alegro-me porque há um tempo determinado pra tudo
Alegro-me porque há alegria sobre todas as lágrimas
Alegro-me escondida em tanto amor
Abraço, afago na alma, sim.

Neste onde lugar acabo
Acabo com minhas razões rasas e egoístas vontades
Acabo com tudo que queria encerrar o brilho em meus olhos
Acabo os velhos pactos e hábitos,  deixo meus pecados
Troco por uma nova, eterna e perfeita aliança

Neste lugar onde começo
Começo de novo a construção em processo
Começo a ter ideias tão vibrantes e coloridas
Começo a trilhar planos mais altos,
Sonhos, ânimo, sim.

Neste lugar onde desconheço
Desconheço o que está logo ali adiante
Desconheço o que há de vir e as provas que me esperam
Desconheço os tempos e até os ondes
Troco pela fé o que se vê.

Neste lugar onde me conheço
Conheço minhas mazelas, desnudo imperfeições
Conheço meus próprios segredos sob camadas que construí
Conheço o que me dá prazer e sentido
Eu em Ti, Tu em mim, sim.

Ósculos de quem só faz aniversário hoje porque se encontrou neste lugar secreto, meu predileto,

Iky Fonseca <3

P.S.: a guria da img tinha q ser ruiva.
quinta-feira, 12 de maio de 2016

DR: Discutindo a Relação

Verde com vermelho vira marrom. Azul com amarelo forma verde. Do mesmo modo as relações nos modificam- mesmo que em níveis diferentes.

Um dia Verde chamou Vermelho pra conversar:
-Precisamos discutir nossa relação.

Ele estava disposto mas meio sem tempo. Então Verde aproveitou o tempo pra pensar um pouco mais em tudo que pretendia conversar com Vermelho. Tinha o tópico sobre ele nunca levar o celular ("por que ele sempre deixa o celular em casa?!"); outro sobre a falta de tempo pra estar com ela;outro ainda sobre aquela amiga sempre muito interessada em falar com ele. Verde estava insatisfeita com seu relacionamento.

No outro dia Vermelho chegou mais cedo, precisava de tempo pra pensar no que diria à ela. Ele estava muito ocupado com os projetos que estavam começando, sabia que Verde estava chateada com as ausências dele nas últimas semanas.Estava sendo difícil adaptar- se a nova rotina. O que fazer?




Resolveram caminhar. Verde falou, Vermelho ouviu, e vice- versa. Compartilharam algumas ideias. Reconheceram falhas. Admitiram que se gostavam muito. A conversa foi longa. Afunilaram assuntos que estavam intocáveis até então. Vermelho percebeu enquanto falava que as suas muitas ocupações estavam servindo de esconderijo pra deixar Verde afastada dele, conversando com ela apenas as coisas necessárias. Ele a amava. Mas, dividir pensamentos, lembranças, sonhos e receios ainda era novo pra ele. Tantos anos solteiro, não estava acostumado com tanta proximidade. Em contrapartida,  ela pelas suas preocupações, estava de algum modo se ausentando da sua própria vida pra viver a do seu namorado- dessa forma estava cada dia mais insatisfeita e dependente emocionalmente.

Gosto de pensar nas dificuldades que surgem no relacionamento com Deus, assim como as que surgem nos demais relacionamentos. Encontramos desafios nas relações, desafios individuais e/ou universais. A medida que caminhamos com ele percebemos nossas dificuldades também nessa relação. Deus se mostra como Pai/amigo/noivo pra nós, nos chama para uma relação de proximidade íntima. Ele não é apenas nosso Deus e Senhor, ele é o nosso grande amigo. Mas, por meio dessa proximidade também encontramos a luz que precisamos para crescer parecidos com ele, de glória em glória, através de um relacionamento verdadeiro com Deus. Quais são suas dificuldades hoje?

 "Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor." IICo 3:18

Abraços mais apertados,

Bárbara Uinan
quarta-feira, 11 de maio de 2016

Tempos de Mudança

Diversas pessoas saem por aí procurando a sua "cara metade" sem ao menos conhecerem a si mesmos, o que já faz que comecem a busca de maneira errada. O que quero dizer é basicamente a seguinte questão: como você acha que irá se relacionar bem com outra pessoa sem ao menos conhecer a si mesmo, as suas necessidades, os seus pensamentos mas principalmente o seu coração? Será que você realmente anda a buscar o caminho de Cristo?

Estamos a viver dias totalmente "ignorantes" por assim dizer, pois a cada minuto que se passa, vemos jovens se entregando e fazendo atos que não agradam a Deus, mas sim que o entristece.
Irmãos, temos que vir a mudar isto, e começar a nos voltarmos ainda mais para o Senhor, pois como a palavra diz: " e conhecereis a verdade a verdade vos libertará", pois só assim nos aproximando da palavra do Senhor é que iremos nos libertar e começar a compreender as nossas necessidades, livre dos pecados.

Assim estaremos aptos a buscarmos um relacionamento, o grande presente do Senhor, mas não dizendo características específicas, mas antes pedindo a Deus alguém que caminhe junto contigo nos caminhos do Senhor, alguém que te ajude a crescer em fé, ou então se preferir entregue nas mãos do pai, porquê como sabemos, o Senhor sabe de todas as coisas, principalmente o melhor para ti.

Por isso não há necessidade de se achar incompleto, pois Cristo está contigo!  É necessário saber esperar o tempo de Deus, sabendo que Ele está preparando o melhor para ti e no final olhará para trás e poderá dizer:

Senhor valeu a pena, obrigado por me preservar e cuidar de mim, para que não me entregasse a qualquer um e viesse a pecar contra ti!


E então será grato, pois não será qualquer pessoa que estará ao seu lado, mas sim o presente de Deus em sua vida.

Presente de Lucas Lira
segunda-feira, 9 de maio de 2016
Tag :

Vem como está

Numa cidadezinha do sertão baiano, onde  calango anda de ray ban e com bota para não queimar os pés, morava um homem chamado Osmar, daqueles "cabra da peste" que resolvia as coisas na bala. Homem macho, não gostava de mininesses e reza a lenda que encarou Virgulino, conhecido como Lampião, cara a cara, intimidando-o e fazendo com que o homem mais temido do nordeste e talvez do Brasil fosse embora de forma mansa. A lenda é contada pelo próprio Osmar, quem iria desminti-lo? Estava para nascer o corajoso. 

O cabra da peste era temido demais, embora tivesse um pouco de simpatia, mas bem pouco mesmo, o que lhe dava acesso a vários estabelecimentos da cidade, senão todos, haja vista, apesar de ser um rapaz carrancudo, tinha um bom papo mas era fácil se exaltar. Currículo grande ele levava nas costas: troca de tiro com a polícia, troca de tiros com bandidos, intimidou Lampião, dizia-se que ele amolava a sua faca no próprio dente. Levava uma vida muito louca. 


Da vida muito louca que Osmar levava, ele sentia um vazio enorme dentro de si, sabia que faltava alguma coisa. Além disso, sentia-se pesado, parece que carregava um fardo pesado nas costas. Ele refletia toda noite. Até que um dia, numa tarde ensolarada que era habitual de sua cidade, ele sentou próximo a um bar, sintonizou seu rádio de forma aleatória, querendo apenas ouvir algo novo e acabou que ouviu uma música que dizia: "eu levava uma vida muita louca, só faltei correr atrás de avião. Mas Jesus entrou no meu deserto ...". Aquele baião mexeu com ele de uma forma inesperada. Estaria Osmar próximo a uma mudança de vida? Estaria. 

Aquilo que parecia um fardo pesado, na verdade era. Osmar aceitou entregar o fardo que ele carregava a Jesus. Todo aquele peso que ele sentiu outrora, não sentira mais, ao contrário, sentiu leveza. Agora Osmar aceitou o convite e decidiu levar aos loucos, o sentido que ele encontrou em Jesus. Claro, essa transformação não foi do dia para a noite, mas com a força que Deus deu ao nosso cabra da peste, tudo foi possível.

As vezes  nos sentimos cansados, fracos e com um vazio no peito. Longe do Senhor porque "sou muito sujo para Deus", mas imagino Deus dizendo "vem como está". Vá sem medo como fui uma vez e como está, não ficará mais. Deus é um Deus que transforma, dá força e descanso. Entregue seu fardo a Ele. Mateus 11:28

Samir Santana 
domingo, 8 de maio de 2016

Quebrando os grilhões do pecado

Miserável homem que eu sou! Preso ao pecado necessitado de bondade e amor, homem de lábios impuros incapacitado de mudar porque minha natureza é pecaminosa onde o medo me domina e não encontro forças para mudar, estou perdido os meus caminhos não são agradáveis, os meus passos cada vez mais me afunda não existe mais salvação para minha vida não existe mais perdão para os meus pecados não consigo mais me perdoar e não sou digno de perdão.


Muitas pessoas se sentem assim, acham que não existe perdão para elas dominadas pelo pecado, pela concupiscência da carne seguem em um caminho de condenação onde seus olhos estão fechados. Pessoas dominadas pelos grilhões do pecado, o apostolo Paulo vai tratar isso na luta entre a carne e o espirito onde ele vai dizer “porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse faço” (Romanos:7,19). Ah então está explicado o porquê das minhas ações... ei ei calma aí não é bem assim que funciona isso não quer dizer que devemos ser relaxados e viver uma vida de práticas que desagradam a Deus.

O que está sendo tratado aqui é que a nossa natureza ela é pecaminosa e sempre vamos ser tentados a fazer o que é desagradável ao Senhor, mas vontade não é fazer, somos responsáveis pelos nossos atos, somos tentados pelas nossas próprias cobiças na carta de Tiago ele diz “cada um, porém, é tentado pela sua própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido” (Tiago:1,14). Essa luta interior contra o pecado foi tão real para o apostolo Paulo como é atualmente para nós e podemos ver isso mais a frente quando ele diz “miserável homem que eu sou! Quem me livrará do corpo desta morte” (Romanos:7,24). Todas as vezes que se sentia perdido, ele lembrava a origem de sua vida espiritual e lembrava que já tinha sido liberto por cristo (Romanos:7,25).

Quando se sentirem confusos, distantes de Deus, oprimidos por causa do apelo do pecado quando vocês pensarem que não existe solução e que tudo se tornou escuro lembre-se que Cristo é aquele que pagou o preço por todos os nossos pecados e que agora não vivo mais eu mais Cristo vive em mim, lembrem-se que ele é a nossa luz, nossa esperança, porto seguro. Sejam fortes e valentes não se deixem se desanimar agradeçam a Deus por ter lhe dado a liberdade por intermédio de Jesus Cristo não sejam escravos do pecado mais sim de Cristo. Deixem que o poder de Cristo os leve para uma grande vitória.
Mateus Lino
quarta-feira, 4 de maio de 2016

Bela, recatada e do lar

Esse assunto já está fora de moda nesse mundo que as coisas vão e vem tão rapidamente, mas meu coração se inquieta e arde para escrever sobre isso.

Porque ser ou não ser “Bela, recada e do lar”? Ou na verdade, por que é ser esse “título” carrega esse pesar tão grande?

Logo quando vi essa expressão na minha Timeline, pensei deve ser um algum jargão esquerdopata da moda, antes de qualquer coisa ou entrar polêmica fui pesquisar sobre isso e vi uma matéria da revista Veja sobre a esposa de Temer. Não quero entrar nesses méritos de defesas politicas, mas ao ler o texto eu achei tão lindo ela se dedicar a família, apesar de saber que ela não é o tipo de mulher que limpa a casa e etc. não achei nem um monstro ser referenciada como uma pessoa Bela, recada e do lar. 

Resolvi ler o mesmo artigo na revista Carta Capital e entendi a revolta feminista.
Com o perdão de vocês, não aguento mais esse discurso marxista de oprimido e opressor; meu corpo, minhas regras. Entendo que meu lugar não é mais nesse lugar de conformados com essa lavagem cerebral do marxismo cultural, nós não somos obrigadas a ouvir e achar um máximo ser chamada de vadia, porque temos liberdade sexual para isso perante a sociedade, mas uma coisa que eles nunca vão entender é a eternidade de Deus e que os seus princípios são atemporais.

Hoje, ao se estudar em uma universidade pública e fazer parte da elite pensante da sociedade requer que você seja um militante de esquerda ou uma pessoa que se diz lutador em favor das injustiças, mesmo não sabendo que a base teórica adicionada ao nosso dia-a-dia faz parte de um marxismo cultural envolvente que chega de mansinho e se manifesta em todas as camadas da nossa sociedade atual provocando mudanças terríveis de pensamento.

Quando ler-se uma mudança que chega de vagar, significa dizer que a mudança dela é ideológica e gradual, acontece de forma processual e lenta, mas justamente por tornar-se um costume esse tipo de mudança pode ser fatal, justamente por que a nação já deixou ser abalada nas suas estruturas. Essa é uma ideia brilhante, grande Gramsci!

Desde muito cedo nós, mulheres, não queremos nos reconhecer nos afazeres de casa e achamos triste pensar em viver uma vida na qual não teremos uma perspectiva positiva acerca do nosso futuro. Fiquei refletindo sobre isso e pensando porque esses pensamentos são recorrentes e aí houve um estalar de dedos! Não é ruim ter uma vida dedicação ao lar! Nós fomos educadas a pensar que ter uma vida dedicada a alguém é bobagem. Os direitos feministas trouxeram coisas maravilhosas para as mulheres atuais, mas a partir do momento que deixamos que as leis humanas ultrapassem os limites divinos o mundo entra em cacos.

Para a fuga do mal que o homem criou, ele cria o seu próprio bem. No momento quando o homem pensa que ele pode ser autossuficiente, existe a queda do homem (Adão e Eva no Éden). Os problemas do mundo tentam ser resolvidos pelas as criaturas, não existe a aceitação de um homem pecador que depende de um Deus. Parece absurdo, mas é o que um tal de Marx, por exemplo, achou que ia conseguir, curar um mundo corrompido com a própria corrupção.

No Brasil, houve um período de ditadura e esse foi um pretexto para as ideias comunistas serem um boom e a solução do caos. Os sabidos da época acharam o quanto é importante destruir todo o sistema que existia. E por pessoas estarem decepcionados com tudo que tinha acontecido isso foi um território perfeito para a aceitação e disseminação dos ideais comunistas isso vem tão sorrateiramente que nem percebemos as coisas repugnantes que aprendemos reproduzir.

Ser Bela é ruim, recada é péssimo e do lar, tá louco?!
A modernização dos parâmetros cristãos e a influência comunista com a igreja está produzindo ideologias disformes incoerentes que fazem morada nos corações e acabam destruindo famílias, pessoas destruídas geralmente, destroem a comunidade na qual elas vivem, mesmo que essa destruição não seja vista de forma tão aparente.


Não deixe-se levar por conhecimentos humanos que corrompam a fé de vcs! Somos todas belas, recadas e um dia teremos o nosso Lar! 



Resistindo a cultura do mundo e permanecendo firme até Jesus voltar, um beijo,

Isabelly Santos
domingo, 1 de maio de 2016

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons