domingo, 22 de maio de 2016

Eu não gostava de manuais. Todo livrinho com o título "como montar tal coisa...", ou "como operar isto", ou "como manusear aquilo" e etc. não era lido por mim.  Só de pensar em ler aquele livro, pequeno, de letras pequenas, com o primeiro bloco em inglês, o segundo em japonês, francês, alemão, seja lá que língua fosse, sentia tédio. Era melhor fazer por conta própria, simples configurar uma televisão, armar um armário, enfim. Lembro de quando uma certa vez meu pai comprou uma televisão que possuía um aplicativo do youtube. Achei fantástico, mas eu não conseguia acertar a configuração para usufruir de tal função que a tv oferecia, apelei então para o meu algoz, o manual. 

Fiz o passo a passo e voila, televisão configurada. Comecei a pensar sobre aquele livrinho que fornece as noções básicas sobre determinada coisa e instruções para operá-la(o) e notei a importância dele para o bom andamento daquilo que compramos. Parece que seguir passo a passo é difícil. As vezes queremos pular do primeiro para o décimo andar sendo que se subirmos um por um, iremos chegar ao mesmo destino, contudo, sem risco de tropeçar e se machucar.

Passei a ler manuais, compreendi que a bíblia é o manual da vida e o que outrora era algoz, agora é visto como necessário. Folheando o livro sagrado, vi Paulo, Silas e Timotéo remetendo uma carta aos irmãos da cidade de Tessalônica, incentivando-os a manterem a fé. Fácil perceber que ali foi feito a obra. Obra e fé. Afinal, a obra sem fé é morta e vice-versa também. E a obra sem fé, adianta?

John Piper, em seu artigo entitulado "Não faça a vontade de Deus como um ateu" mostra que tudo o que formos fazer, deve ser feito pela causa de Deus. É bíblico, tudo o que nós fazemos deve ser para a glória de Deus. Ou seja, fazer o certo por retidão, qualquer um faz, mas nós, que servimos a Deus, temos que ir além disso.

Paulo e seus companheiros foram além da causa da retidão. Fizeram a obra em Tessalônica para a glória de Deus. Não foi para agradar o coração dos homens, mas sim o coração de Deus e por amor. Outra coisa fundamental, de que adiantará comida para quem tem fome, cobertor para quem tem frio se não houver amor?

Grande aprendizado. Ficou outra reflexão, o que seria de mim sem o manual que Deus enviou para nós? E você, tem usado o manual?




Samir Santana



Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons