domingo, 8 de maio de 2016

Numa cidadezinha do sertão baiano, onde  calango anda de ray ban e com bota para não queimar os pés, morava um homem chamado Osmar, daqueles "cabra da peste" que resolvia as coisas na bala. Homem macho, não gostava de mininesses e reza a lenda que encarou Virgulino, conhecido como Lampião, cara a cara, intimidando-o e fazendo com que o homem mais temido do nordeste e talvez do Brasil fosse embora de forma mansa. A lenda é contada pelo próprio Osmar, quem iria desminti-lo? Estava para nascer o corajoso. 

O cabra da peste era temido demais, embora tivesse um pouco de simpatia, mas bem pouco mesmo, o que lhe dava acesso a vários estabelecimentos da cidade, senão todos, haja vista, apesar de ser um rapaz carrancudo, tinha um bom papo mas era fácil se exaltar. Currículo grande ele levava nas costas: troca de tiro com a polícia, troca de tiros com bandidos, intimidou Lampião, dizia-se que ele amolava a sua faca no próprio dente. Levava uma vida muito louca. 


Da vida muito louca que Osmar levava, ele sentia um vazio enorme dentro de si, sabia que faltava alguma coisa. Além disso, sentia-se pesado, parece que carregava um fardo pesado nas costas. Ele refletia toda noite. Até que um dia, numa tarde ensolarada que era habitual de sua cidade, ele sentou próximo a um bar, sintonizou seu rádio de forma aleatória, querendo apenas ouvir algo novo e acabou que ouviu uma música que dizia: "eu levava uma vida muita louca, só faltei correr atrás de avião. Mas Jesus entrou no meu deserto ...". Aquele baião mexeu com ele de uma forma inesperada. Estaria Osmar próximo a uma mudança de vida? Estaria. 

Aquilo que parecia um fardo pesado, na verdade era. Osmar aceitou entregar o fardo que ele carregava a Jesus. Todo aquele peso que ele sentiu outrora, não sentira mais, ao contrário, sentiu leveza. Agora Osmar aceitou o convite e decidiu levar aos loucos, o sentido que ele encontrou em Jesus. Claro, essa transformação não foi do dia para a noite, mas com a força que Deus deu ao nosso cabra da peste, tudo foi possível.

As vezes  nos sentimos cansados, fracos e com um vazio no peito. Longe do Senhor porque "sou muito sujo para Deus", mas imagino Deus dizendo "vem como está". Vá sem medo como fui uma vez e como está, não ficará mais. Deus é um Deus que transforma, dá força e descanso. Entregue seu fardo a Ele. Mateus 11:28

Samir Santana 

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons