Archive for Junho 2016

Perdi minha identidade

Eu e minha identidade (o documento) temos várias histórias emocionantes. Neste fds, pra fechar com chave de ouro um retiro renovador, confrontador e transformador, ela resolveu protagonizar mais uma aventura. Estávamos eu e minha amiga Fany na praia, lindamente deserta e com um super vento. Eu tiro meu celular de meu novo case das Havaianas para registrar as últimas fotos e... "Ai, kd meu RG?" "Tem certeza que vc trouxe, amiga?" "Certeza absoluta" "Vamos procurar" "Só um milagre, amiga, é de papel... Olha esse vento, na praia, tanta areia..." Procuramos muito, perdi meu protetor solar tb, achei depois e nada do RG. Como o ônibus de volta pra casa chegaria em poucos instantes, falei pra ela: "Não tem mais ninguém da igreja na praia, melhor a gente voltar". No meio do caminho, conversando, perguntei: "Você acha que a gente deveria voltar para procurar?" "Eu acho." Voltamos. Orando e já quase desistindo pela segunda vez, minha amiga diz "Deus, me ajuda a achar esse RG em nome de Jesus!" Olhou para baixo e eis o RG nos seus pés, já sendo coberto pela areia. "Achei!" Gritamos, agradecemos e glorificamos. Voltamos. Aprendi algumas lições com essa história:

  • Zele por sua identidade.
  • Ventos fortes tentarão levar sua identidade.
  • Encontrar sua identidade requer uma busca apurada (muitas vezes dentro de você mesmo).
  • Ore para (re)encontrar sua identidade.
  • Às vezes você precisará de um amigo para recuperar sua identidade. (Alterando o texto: Este episódio do "Bobonja" tem tudo a ver...)
  • Escolha amigos que se importem com o que é importante para você.
  • Escolham amigos que reconheçam qual a sua identidade
  • Nunca desista de recuperar sua identidade.
  • Em Deus, você sempre poderá recuperar sua identidade.
  • O nome de Jesus tem poder!

Pra finalizar, esta música linda da Laura Souguellis que me acompanhou em outras histórias de identidade... Descubra quem você é em Cristo ouvindo esta canção. ^_^



Ósculos agradecidos,




quinta-feira, 30 de junho de 2016

Que das minhas feridas saia poder pra curar

Olá! Como estão vocês? Espero que bem! Se não, fica tranquilo estamos aqui pra sofrer por amor a Jesus Cristo um sofrimento diferente do sofrimento do mundo onde nosso tesouro não está aqui nessa terra, mas sim nos lugares celestiais. Fico com as palavras de Paulo de Tarso quando ele diz “considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que de ser revelada”. (Rm. 8.18) E se seu sofrimento não esta baseado nisso, então deixarei aqui uma palavra que pode falar ao seu coração.

Hoje vamos falar de um homem muito importante, ele vivia sobre os montes clamando do qual pessoa alguma a podia prender, quebrava cadeias, grilhões e ninguém o conseguiam amansar até que ele se deparou com o Rei dos Reis nosso senhor Jesus Cristo.

Esse endemoniado de Gadara tem uma lição muito grande a nos ensinar, imagina comigo agora. Homem do qual tinha uma família, mas já não estava entre eles, agora está sozinho cheio de amargura não sendo mais o mesmo, tomado pela escuridão, vivendo as migalhas, clamando sobre os montes e ferindo-se com pedras.

Então bum! Tudo muda agora, ele não é mais um endemoniado, pois estava livre da vida miserável que vivia, aquele homem é liberto daqueles demônios (por nome de legião) em um encontro com Cristo. As pessoas olham para aquela situação e ficam com medo em vê-lo lúcido e em perder uma manada de porcos, então decidem expulsar Jesus daquele lugar, o homem que agora esta livre tanta ir com Jesus, mas Ele diz não.


“Jesus, porém, não lhe permitiu, mas disse-lhe: vai par tua casa, para os teus, e anunciar-lhes quão grandes coisas o senhor lhe fez, e como teve misericórdia de ti.” (Mc: 5.19)

Esse homem vai e começa anunciar quão grandes coisas o Senhor fez por ele sobre a região de Decápolis e todos se maravilhavam.

O que eu quero chamar atenção aqui é que das suas feridas saíram poder para curar para testemunha o que Cristo fez sobre a vida dele. Você pode estar passando por uma situação difícil, longe de Jesus assim como esse homem andou, mas Ele te chama para perto, hoje Ele te convida a mudar de vida para que através das suas feridas saiam poder para curar, mudar corações e transformar vidas que se encontram em um profundo sofrimento que muitas vezes já não sabem mais como voltar porque seus olhos estão tapados pelo pecado, mas através do seu sofrimento hoje você pode testemunhar o evangelho da cruz porque o seu sofrimento é por aquele que morreu por nós para que um dia a tua glória nos fosse revelada assim como foi sobre a vida daquele homem. Não se deixe abater com seus sofrimentos ou pela sua tristeza, corra ao encontro Dele porque é o único que pode nos libertar e quando estamos libertos em Cristo as velhas feridas testemunham sua Glória.



 Mateus Lino 
quarta-feira, 29 de junho de 2016

Quem será?

Quem é que não pensa ou imagina como será a pessoa amada?

Este texto era pra ser enviado antes do Dia Dos Namorados, mas devido às ocupações do curso, só agora que pude pegar o rascunho e colocar este texto em prática. Então, vamos falar de amor?

Afinal de contas, o amor está presente todos os dias de nossas vidas, e não somente em uma data. Na vida a três (Você + Deus + Seu amado (a)) o amor deve estar sempre presente, até mesmo nos pequenos gestos.

Então, para aqueles (as) que ainda oram e esperam pelo seu príncipe ou princesa, que tal um poema?


Ao meu amor
Meu amor precioso!
Como és tu?
Não sei onde estás...
Por onde caminhas...
Me pego sempre pensando
em DEUS e na gente.
Não sei se estás perto ou longe.
Não sei como é o brilho dos teus olhos
Quando falamos da palavra de Deus.
A tua voz espero ouvir um dia.
Não sei o que pensas de mim.
Nem sei quem serás.
Todos os dias eu oro a Deus
para que ele venha a nos abençoar.
Não sabemos o que o futuro nos reserva.
Não conhecemos os planos do Senhor.
Mas de uma coisa eu tenho certeza:
Ele me reservou para ti
Ele te reservou para mim
Um dia, quem sabe, iremos nos encontrar
Na igreja,Na praçinha,Na célula,
Em outro lugar.
Mas, quando vem do Senhor
Sei que é no centro da vontade do PAI
que você estará.
Podem passar dias, meses, anos...
Mas quero que saiba que devemos sempre
honrar a Deus em primeiro lugar.
E é por isso que Eu Escolhi Te Esperar
Porque mesmo não sabendo quem tu és,
Sei que há um Deus a nos guardar.
E quando vier, sei que será eterno
Porque o que nasce no centro da vontade
Do Senhor, dura para sempre, traz paz,
é paciente, benigno, traz alegria.
 Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.



Que o AMOR esteja sempre presente em nossas vidas todos os dias.


O amor do Senhor por cada um de nós é incomparável. Ele cuida dos nossos sonhos e sabe do que precisamos. Deus conhece o teu coração e ele estará sempre iluminando os teus caminhos. Creia, pois o melhor ele tem preparado para cada um de nós!

DEUS ABENÇOE AMADINHAS E AMADINHOS DO SENHOR JESUS!


 Presente: Rafaella Lima 

A coluna de segunda, "Presentes", publica textos de nossos leitores e não expressa necessariamente a opinião deste site. Se também deseja que seu texto seja publicado, envie-nos para o e-mail worksolteiros@gmail.com.
segunda-feira, 27 de junho de 2016
Tag :

O vídeo Game da vida real

Crescemos e aprendemos ter responsabilidades diferentes. Passou de nível! E desde a infância aprendemos isso. A vida não é um vídeo game, mas o game over pode estar próximo. As fases mais fáceis são passadas com facilidade, rapidamente ganhamos estrelas brilhantes e musiquinhas legais da próxima fase, mas chega uma hora que vai ficando tão difícil que a persistência se esgota e simplesmente desinstalamos o joquinho. É o fim?

A nossa vida tem fases em todas as áreas. Mas acho que as fases mais hards sem dúvidas são na vida espiritual, o desafio está em manter e crescer. Tantas outras fases para passar e por que insistir nessa?

A pós-graduação não espera, o casamento não espera (na verdade, eu não aguento mais!), mas Deus pode esperar. Eu posso deixar para ler a Bíblia amanhã, jejum kkkkkk nem sei o que isso nos dias em que eu não preciso fazer exame de sangue.

Infelizmente essa é muitas vezes a nossa realidade, nossa vida Cristã tem seguido de maneira relaxada, pouco fazemos. E quando faz-se muitas fotos são postadas com muitas hashtegs espirituais. A sua vida cristã só diz respeito a você e Deus, para que esse evangelho fajuto onde não há alicerce, onde não existe profundidade?
Arrependei-vos e crede no evangelho!

Essa foi a chamada do G.O.D esse ano na minha cidade, essa é a revista do trimestre na EBD. Deus tem nos chamado para uma mudança de vida e passar os níveis. Não esqueça que você é Super Mário da vida real!




Um abraço e até a próxima,

Isabelly Santos
domingo, 26 de junho de 2016

São nossas semelhanças que nos unem?

Olá, pessoas! Desculpa não passar aqui semana passada. O texto estava pronto, mas ele foi abalado depois de uma conversa com minha mãe rsrsrrs... Enquanto revejo meus conceitos sobre ele, vamos conversar outra coisa muito interessante também. No sábado, em mais um casório deste ano, o pastor disse no sermão que aquilo que nos une são nossas semelhanças. Automaticamente meus botões ativaram. O texto base foi este:

E Adão pôs os nomes a todo o gado, e às aves dos céus, e a todo o animal do campo; mas para o homem não se achava ajudadora idônea. Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre Adão, e este adormeceu; e tomou uma das suas costelas, e cerrou a carne em seu lugar; E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão. E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada. Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne. (Gn 2:20-24)

De fato, os animais eram bem diferentes de Adão e isso não lhe atraiu. Já parou para pensar que nos aliamos, admiramos e aproximamos de pessoas que parecem conosco, que tem a mesma corrente de pesamento que nós? Mesmo no relacionamento a dois, onde dizem que "os opostos se atraem", são as afinidades que nos atraem a alguém. Passamos horas "nos conhecendo", buscando pontos de intersecção.

O pastor falava que nos momentos de dificuldade devemos voltar nossos olhos para as semelhanças, e achei este conselho sábio. Mas por outro lado, embora Deus tenha criado uma auxiliadora para Adão semelhante a ele, não fez um clone, Ele a fez diferente! Se tem algo que acho fantástico são as diferenças entre homens e mulheres e as diferenças específicas de cada casal. É como se um equilibrasse o outro e isso é fundamental no lar para a divisão de tarefas, solução de problemas e pequenas situações cotidianas.

Acredito então que nossas semelhanças nos unem, mas nossas diferenças dão equilíbrio a essa união. É como um par de sapatos, muitos parecidos, mas se fossem exatamente iguais, não acomodariam tão bem nossos pés.



Ósculos de semelhante diferença,

Iky Fonseca

P.S,: Você sabia que antigamente não havia diferença entre os sapatos direito e esquerdo?
P.S.2: Os opostos se atraem?
quinta-feira, 23 de junho de 2016

Como crianças

Uma pergunta estava pairando na cabeça daqueles serumaninhos. Não sabemos quanto tempo levaram até finalmente se aproximarem do mestre para questioná- lo, sabemos apenas que houve coragem para a pergunta. Uma pergunta que nos deixou grandes ensinamentos. 

Então, a pergunta foi lançada: "Quem é o maior no Reino dos céus?"

Qual a intenção deles com a pergunta? Entender a hierarquia celestial? Saber em que patamar estavam? Qual seria o maior entre eles? Entender como chegar ao nível mais elevado que podiam no Reino de Deus? 

Antes de responder a pergunta, Jesus chamou uma criança e a colocou no meio deles. Ele poderia apenas ter mencionado a criança, mas é possível que ele a colocou na frente dos discípulos, para que pudessem visualizar o exemplo. Ele chamou a criança e ela atendeu o chamado de Jesus, obedeceu.

Olhando para uma criança não enxergamos um exemplo de autoridade, de poder, de força, de sabedoria, de conhecimento. Pelo contrário, notamos dependência da autoridade de outros, da permissão, da proteção, da força, da sabedoria, do conhecimento, da provisão- um ser dependente, assim como nós somos de Deus. Imagine aquela criança no meio de um monte de marmanjos e Jesus dizendo: 

"Eu lhes asseguro que, a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no Reino dos céus. Portanto, quem se faz humilde como esta criança, este é o maior no Reino dos céus."Quem recebe uma destas crianças em meu nome, está me recebendo." Mt 18:3-4 

Jesus sinaliza pra eles que ainda não tinham entrado no Reino. Ele mostra uma condição à eles (e a nós), um passo que precisariam dar para serem transformados, algo a buscar para entrarem no Reino: ser como crianças- humildes, dependentes em tudo do Pai. Mostra também que no reino dos céus, "os grandes" são como crianças.


Mas, olhando pra Jesus, e pro Reino de Deus, quem é o maior no Reino dos céus? O próprio Jesus- o Rei dos Reis, o Senhor dos Senhores. No entanto, ele não disse a eles naquele momento que É o maior. Pois, "embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens. E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até à morte, e morte de cruz! Filipenses 2:6-8

Poderíamos dizer que Jesus se mostrou como criança? Ele esvaziou- se a si mesmo, vindo a ser servo, tornou- se semelhante aos homens..., humilhou- se, e foi obediente até a morte e morte de cruz! Embora ele não tenha dito para os discípulos naquele momento que ele É o maior no reino de Deus, mostrou com o seu exemplo como ser como criança, esvaziando- se a si mesmo.

"Quem recebe uma destas crianças em meu nome, está me recebendo."Mt 18:5

As crianças também são representantes de Jesus. Quando nos tornamos humildes como crianças, nos tornamos mais parecidos com Cristo. 

Que o Senhor Jesus nos dê poder por meio do seu Espírito para sermos como crianças.

Com amor e temor,

Bárbara Uinan
quarta-feira, 22 de junho de 2016

Eles se amam - Vocal livre #fridaysong ♫♥♪

Ainda em clima de dia do amor, este videoclipe lindo, dessa banda linda, com essa música suspirante. *___* Dá play e sente, pq faltaram palavras para uma descrição a altura de sonho.




E quem diria
Olhando para trás
Que essa história ainda tinha um final feliz
Esses dois mundos distantes se encontram
E nasce o amor

E quem diria
Depois de tanta coisa
De tantos ajustes no coração
Hoje eterniza a nova canção do mais puro amor

Chamem todos para ver
Façam grande festa
Nasceu o amor
Tragam cores para enfeitar
Só palavras não poderão contar
O que Deus começa hoje aqui
E promete sempre carregar

E eles se amam
Veja o brilho em seu olhar
Canta bela história
Ela não tem hora pra acabar

E eles se amam
Nunca mais irá mudar
Traga cada dia mais amor
Pra esse lar

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Oração

O termo oração tem muitos significados... Mas um em especial significa "Pedido dirigido a Deus".

 A maioria das pessoas foram ensinadas desde pequenas a falar com Deus em suas orações e a o temerem enquanto fala, exemplo: "Senhor, tu, mestre entre". Com a leitura da palavra e a oração constante, é que se busca a intimidade com Deus. Gosto de comparar essa intimidade com a intimidade de um amigo em que não há nenhuma formalidade e que somos totalmente sinceros. É isso que Deus quer de nós... Ele não quer orações superficiais, ele quer saber o que ele já sabe, mas precisa ouvir de você. Não estou dizendo para deixarmos a formalidade com Deus de lado, de forma alguma, mas Deus quer saber o que geralmente só um amigo pode saber. E quando é a melhor hora para orar? Qualquer hora, afinal Deus está sempre querendo te ouvir. Ele ouve seu pensar e seu falar. Tem problemas para orar por causa do dia corrido? Ore de olhos abertos e deixe Deus ouvir seus pensamentos.

“E, quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não sejam iguais a eles, porque o seu pai sabe do que vocês precisam, antes mesmo de o pedirem." (Mateus 6:7,8)




Presente: Rhuan Nascimento

A coluna de segunda, "Presentes", publica textos de nossos leitores e não expressa necessariamente a opinião deste site. Se também deseja que seu texto seja publicado, envie-nos para o e-mail worksolteiros@gmail.com.
segunda-feira, 13 de junho de 2016
Tag :

Ela disse não, ele disse Adeus

Já namoravam a um ano, Ele guitarrista do ministério de louvor e Ela trabalhava com o ministério infantil da igreja. O relacionamento começou bem, debaixo de obediência, oração, seus passeios eram todos com irmãos da igreja ou algum irmão caçula do casal.
Eles se conheceram há mais ou menos uns três anos e meio, Ela sempre pertenceu a essa congregação, mas ele Era da filial em uma cidade grande. O namoro parecia ir muito bem, o desejo pelo casamento crescia mais todos os dias no coração dele, ele insistia que ela era o amor da sua vida.
Cada um acompanhava a sua rotina, Ele já tinha acabado de se formar e Ela tinha começado seu estágio, o curso sem dúvidas era pedagogia. Tudo parecia ocorrer bem, mas um dia Ele chegou na casa dela e os seus pais resolveram ir ao mercado fazer umas compras. Um filme foi colocado, mas uma outra face de seu namorado se revelou e ela se mostrou uma moça em apuros.
Reações primárias surgem:
- Amor, o que vc pensa que está tentando fazer?!
- Amor, eu só quero te amar!
O diálogo foi cansativo e Ela não aguentava mais, então seus pais chegaram e Ele foi embora. Ela jamais esquecerá do egoísmo dele ao querer se satisfazer...
Ela tinha pouco mais de 1,50 m , mas era moça guerreira e de oração. E entregou isso nas mãos de Deus, após conversar com o Pai, Ela recebeu um WhatsApp e viu que era Ele, se redimindo, falando que a amava e pedia perdão. Friamente Ela pegou o celular e respondeu: “Tá”. Ele percebeu que havia algo errado e começou surpreendê-la diariamente. Ela conversou e disse que não negociava o que Deus tinha colocado na vida deles, Ele aceitou o trato. Eles ficaram em uma boa.
Algum tempo depois, em uma noite fria, o celular dela toca é Ele pedindo para ela acordar cedo para ele fazer uma surpresa, no outro dia eles completariam dois anos de namoro e ela embarcou no sonho de talvez ser pedida em casamento.
Os amigos músicos o acompanharam-na serenata e Ele levou uma rosa branca para Ela, a vendou e colocou a no carro.
No carro as músicas românticas embalavam o caminho.
- Amor, chegamos!
Disse ele. Rapidamente, ela perguntou:
- Onde?
Ele sorriu. Quando ele a mandou sentar percebeu que não era um parque, praça ou restaurante. Era uma cama com lençóis acetinados, ela logo percebeu a didática do cafa. Como pôde?! Ela disse. Ele falou: - Eu te amo!
Ela disse não, Ele disse adeus.

Ela seguiu a sua vida perseverando e pedindo a Deus resiliência, Ele sumiu e a notícia é que ele havia engravidado a outra.    

Talvez esse não seja o texto apropriado para a ocasião e quero deixar claro que essa é uma história fictícia. Mas sei que talvez todos nós já vivemos algo parecido ou talvez conhecemos alguém que tenha vivido.

Esse fim poderia ser diferente. Todos nós pecamos, mas se nos arrependemos Deus concede a Graça (não me canso de dizer, favor NÃO MERECIDO!), e conseguimos vencer qualquer tipo de tentação inclusive a sexual.

Que nesse dia dos namorados, pensemos em viver para Deus independente de datas. Presenteie ao Senhor todos os dias com a sua vida, vivendo uma vida de renúncia e santidade, afinal Ele é o nosso lindo noivo e maior amor de nossas vidas!

Feliz dia dos namorados,
Isabelly Santos 
domingo, 12 de junho de 2016

Kaik e Ruama - História de amor de verdade S2


Parecia que era só mais um encontro na rua por acaso, mas o caso é que nunca sabemos quantos casos podem suceder um “prazer em te conhecer”. Ele e ela seguiram seus caminhos ainda diferentes. Ela já tinha o visto na igreja, mas os olhos de ambos foram abertos mesmo num festival de música cristã, quando na chuva, uma garota linda trabalhava para o Senhor, tão animada, tão feliz, tão disposta – ela era diferente, e ele teve a oportunidade de sentar perto dela na calçada, conversar, conhecer melhor. Aliás, conversar foi o que mais fizeram depois daquele dia, que o diga o velho MSN madrugadas adentro e os almoços esticados até o pôr-do-sol. E numa dessas tardes, um filme qualquer não chegava nem perto de ser tão interessante quanto a luz que irradiava do sorriso ao lado dele. Ele já percebia o que sentia, os amigos também, e não demorou muito a declarar-se. Ela, prudente, pensou que era precipitado o pedido. Nada fácil ouvir um não. Numa das partidas dela para Potiraguá, ele fez tanto esforço apenas para despedir-se na rodoviária... O ônibus quase saindo do terminal e o coração quase saindo pela boca. 


Não era história de filme, era uma história de amor de verdade se escrevendo para a eternidade. Ele ficou, mas também foi com ela, em suas conversas sempre o nome dele estava presente, e foi quando estavam longe um do outro que ela começou a perceber o que já era tão nítido, com ajuda de amigas espertas que até adicionaram o pretendente a “cunhado” nas redes sociais. Ainda assim, ele estava desacreditado, até que do dia 10 para 11 de janeiro de 2012, veio o pedido, desta vez, correspondido. Ela viu nele seriedade de alguém que sabe o que quer e o que ele queria era uma igreja, algumas flores e muitos amigos reunidos, mas até lá, ele precisava enfrentar o sogrão. 

A sogrinha, muito amável, já os acompanhava em oração, mas o pai protetor enrolou o quanto pode lá dentro fazendo um nada qualquer só para adiar aquela conversa que aconteceria pela primeira vez na vida. Deixou aos dois apenas uma única recomendação: que Jesus esteja no centro. Então sob a luz do sol se reclinando, o primeiro beijo de uma princesa com a delicadeza e carinho que só um príncipe saberia demonstrar. Mas uma boa história também tem seus “plotpoints” e em meio há tantas coisas boas ela percebeu que ainda faltava naquele príncipe um envolvimento mais profundo com as causas do Rei e ela teve certeza de que precisava renunciar ao seu primeiro amor. E as lágrimas dele se misturaram com as gotas de uma tempestade muito mais intensa por dentro do que estava por fora. 


Depois de muitos tic-tacs do relógio e muitos X no calendário, ela teve paz da parte do Senhor e benção de seus líderes para recomeçar. Desta vez, ela quem o procurou, feliz estava como Elsa cantando "Lei it go" e ele? Ele ficou surpreso, radiante, realmente não esperava tanto sorriso. O coração dela sempre ardeu por missões, então Deus o chamou também. E aquele príncipe entendeu que o Reino precisava ser expandido até os confins da Terra. A troca de anéis de compromisso teve direito a pedidos de joelho e o pedido de casamento teve uma nova longa demora do sogrão. É compreensível, filha única, não apenas em quantidade, mas pela raridade dela. Era para ter acontecido ano passado, mas para o dia 30 de abril de 2016 este enlace estava no céu agendado. E enfim a Princesa Ruama veio ao altar encontrar seu príncipe amado, e daquele dia em diante desbravam o Reino com os dedos entrelaçados.


 História de amor de verdade,
Por Iky Fonseca (a honrada cerimonialista do casório hahaha)

Fotografia: Thaís Mourão
sexta-feira, 10 de junho de 2016

Super-heróis da vida real



Umas das passagens que realmente gosto da Bíblia é Hebreus 11. Este texto desmitifica muita coisa que tem se ensinado por aí. Uma delas é a que "Não morrerei enquanto a promessa não se cumprir...", facilmente contestável pelos versículos 13 e 39. Mas não é bem disso que quero falar rsrs...

Lendo novamente este texto uma noite dessas, Deus me fez perceber algo incrível sobre estes homens tão "eu e você", mas que foram considerados heróis da fé. Todos eles tinham algo em comum: a fé! #ikyóbvia Só que o mais interessante é que a fé deles era uma fé manifesta, por isso eles entraram pra esta galeria.

Todos, todos aqueles "serumaninhos" agiram pela fé, porque crer não é apenas um pensamento, um sentimento, fé é uma perspectiva que gera atitude, tipo causa e consequência (fé -> obras, e não o contrário). Se eu realmente tenho fé, vou manifestá-la em obras. A fé traz o que é invisível para o mundo visível! U-A-U!

Acompanhe comigo os verbos de ação ao longo de Hebreus 11 (se algum passar despercebido por mim, você pode capturá-los na Bíblia mais próxima):

Pela fé Abel ofereceu... por ela, depois de morto, ainda fala.
Pela fé Enoque foi trasladado...
Pela fé Noé... temeu... preparou a arca...
Pela fé Abraão... obedeceu, indo para um lugar... e saiu... habitou... ofereceu Abraão a Isaque... considerou...
Pela fé... Sara recebeu... e deu à luz...
Pela fé Isaque abençoou Jacó e Esaú...
Pela fé Jacó... abençoou... adorou
Pela fé José... fez menção... e deu ordem...
Pela fé Moisés... foi escondido... seus pais... não temeram o mandamento do rei. [Moisés]... recusou ser chamado filho da filha de Faraó, escolhendo antes ser maltratado... deixou o Egito, não temendo... celebrou...
Pela fé passaram o Mar Vermelho... 
Pela fé caíram os muros de Jericó, sendo rodeados...
pela fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões, apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos. As mulheres receberam... não aceitando... 
outros experimentaram escárnios e açoites, e até cadeias e prisões.
Foram apedrejados, serrados, tentados, mortos ao fio da espada; andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, desamparados, aflitos e maltratados (dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos, e montes, e pelas covas e cavernas da terra.

Quando de fato temos fé, ela gera testemunho. Que ação de fé Deus está te convidando para fazer hoje?

Ósculos de quem se sente desafiada,

Iky Fonseca

P.S.: Passa lá em Tiago 2 que combina direitinho com isso tudo aqui.
quinta-feira, 9 de junho de 2016

Mudanças

Quantas vezes em nossas vidas fomos confrontados com a necessidade de mudanças, de pequenos e grandes recomeços?

É possível que as coisas sejam refeitas? Que pessoas e realidades mudem? Será que Deus não pode nos refazer assim como um oleiro refaz um vaso que se estraga em suas mãos?

Sabemos que sim, que as pessoas e realidades sociais podem mudar. Mas, como?

Esta é a palavra que veio a Jeremias da parte do Senhor:“Vá à casa do oleiro, e ali você ouvirá a minha mensagem”. Então fui à casa do oleiro, e o vi trabalhando com a roda. Mas o vaso de barro que ele estava formando estragou-se em suas mãos; e ele o refez, moldando outro vaso de acordo com a sua vontade. Então o Senhor dirigiu-me a palavra: “Ó comunidade de Israel, será que eu não posso agir com vocês como fez o oleiro?”, pergunta o Senhor. “Como barro nas mãos do oleiro, assim são vocês nas minhas mãos, ó comunidade de Israel. Jeremias 18: 1-6

Nessa passagem lembramos da nossa fragilidade: Deus nos formou do pó da terra, e Ele lembra- se que somos pó- seres de carne e osso. Mas lembramos também do poder de Deus, da Sua capacidade de refazer, de restaurar as nossas vidas completamente. Assim como um vaso de barro é muito frágil nas mãos do oleiro, de modo que ele pode tanto refazê- lo quanto destruí- lo assim somos nas mãos de Deus. O que será de nós se dependermos apenas de nós mesmos para sermos aperfeiçoados, para vivermos a semelhança de Jesus? Assim como o oleiro está habituado a refazer vasos, Deus está em refazer vidas, cidades, nações. 

O Senhor trouxe essa palavra ao profeta Jeremias, com o intuito de levar aquele povo ao arrependimento, para que eles deixassem uma vida de práticas pecaminosas e voltassem a obedecer a Deus. Para que voltassem a ser conduzidos pela voz dEle, por seus ensinamentos, pelo seu Espírito.

Quantas vezes já fomos chamados ao arrependimento? (Inúmeras.) 

Mas, se hoje temos consciência que é necessário nos arrependermos sobre algum aspecto em nossas vidas que ainda não foi falado com Deus, que nosso coração não venha a se endurecer, mas que venhamos a nos lembrar da nossa fragilidade, do quanto dependemos do amor de Deus, e assim como o barro, possamos ser maleáveis nas mãos do oleiro, e nos arrependermos mais uma vez.


"Por essa razão é que se afirma: “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração, como ocorreu na rebelião”. Hb 3: 15

Com amor e temor,

Bárbara Uinan
quarta-feira, 8 de junho de 2016

Minha força vem do SENHOR

Olá pessoas lindas!!!!

Tudo bem com vocês?

Para começar esse texto, vou te fazer uma pergunta: de onde vem a tua força?


Jesus é a nossa rocha inabalável. É ele que nos protege todos os dias e nos encoraja a prosseguir firmes para o alvo. Na vida existem os momentos bons, mas infelizmente tem os dias ruins. Para ser bem franca, os dias ruins nos desanimam, tem situações que tiram nossa paz e nossa alegria e chegamos até a pensar em desistir. 

“O Senhor é a minha força e o meu escudo;
nele o meu coração confia, e dele recebo ajuda.
Meu coração exulta de alegria,
e com o meu cântico lhe darei graças.” (Salmos 28:7)

Sabemos que o deserto é lugar de aprendizado. Jesus foi tentado no deserto, mas mesmo assim resistiu. O diabo fez isso porque ele sabia do que Jesus era capaz. Com a nossa vida não é diferente. O Senhor nos conhece, mas o diabo também. Ele sabe das suas fraquezas, o que te magoa, o que faz você ficar triste e abatido, ele conhece os teus pensamentos, ele usa pessoas que você ama pra te atingir com palavras. Ai você vai me dizer que isso é muito sério, é verdade. É difícil dizer, mas ele sabe nosso caminhar. Por isso que o Senhor pede que sejamos vigilantes e que meditemos nas suas escrituras dia e noite.

“ Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar.” (I Pedro 5:8)


E não pense que isso acabará. Não que eu esteja sendo negativa. Jamais. Pois creio que o melhor de Deus virá. Mas, devemos estar sempre orando, não somente pela nossa vida, mas por todos aqueles que estão ao nosso redor.

Hoje na sua família ou na rede de amigos tem pessoas que não são Cristãs ou que não conhecem a Jesus. Devemos ser sábios mediante as dificuldades e saber entender que, por mais difícil que seja algumas situações, devemos respirar fundo e se conectar a cruz. Devemos ser sábios e agir conforme o SENHOR. Quantas pessoas já te ofenderam? Quantas já te magoaram? Quantas causaram feridas? Quantas te desanimaram? Quantas, e quantas e quantas situações. Cada pessoa tem seus problemas diários. Eles são negativos por um lado, mas de uma coisa devemos ter certeza: alguma coisa eles irão nos ensinar. As dificuldades nos fortalecem espiritualmente. Isso não quer dizer que você só deve buscar a Deus mediante as situações de aflição, mas que deve orar constantemente e repreender todo mal que possa chegar a tua tenda.

Deus cuida de mim. Deus cuida de você. Deus cuida de nós.

Bota o diabo no modo MUDO!

Não dê ouvidos a ele.

Quando vier algo negativo, diga pra si mesmo: “Posso todas as coisas naquele que me fortalece”.

Você pode ser curado, pode ser liberto, pode receber bênçãos e vitórias, pode ter uma família estruturada, pode ter paz, amor, felicidade e sofrer por amor ao evangelho...

EM CRISTO PODEMOS TUDO!

Obs: mas com moderação rsrs

Para finalizar amados, quero dizer que somos seres humanos dependentes do Senhor. Nada seríamos sem a sua presença. Porque, as dificuldades sempre existirão, pois não somos bonecos para sermos perfeitos (e nem eles são perfeitos rsrs). Mas devemos descansar nosso coração em Deus. Não devemos nos abater, mas parar tudo e falar com nosso PAI. Ele sempre nos ouvirá e aquietará o nosso coração!

EU E VOCÊ SOMOS LIVRES EM CRISTO JESUS!

Que ADONAI te abençoe hoje e sempre!

Presente: Rafaella Lima

A coluna de segunda, "Presentes", publica textos de nossos leitores e não expressa necessariamente a opinião deste site. Se também deseja que seu texto seja publicado, envie-nos para o e-mail worksolteiros@gmail.com.
segunda-feira, 6 de junho de 2016
Tag :

Preocupação.

O texto de hoje poderia ser somente "O Senhor é o meu pastor e nada me faltará". Todavia, ao ler atentamente esta tão conhecida frase, na qual todos nós sabemos que é um versículo do famoso Salmos 23, pode-se notar que ele é impactante. Sem querer fazer uma grande interpretação do versículo, mas grosso modo, vejo o salmista afirmando que o Senhor é quem mostra os trilhos que se deve seguir com o destino preparado por Ele. Este destino é o lugar de segurança e que lá, por maior que seja a tempestade, nada faltará para ele. Nada faltará porque ele entregou todos esses trilhos ao Senhor e é isso que acontece quando fazemos isso. Realmente nada falta. Não falta o alimento, o cobertor, as companhias e inclusive as palavras. É só buscar.

E nesta dispensação, prosseguindo a linha de raciocínio, para ter Deus como guia, é preciso entregar nossos passos, planos à Ele. Pensando no dia-a-dia especificamente de universitários, estudantes no ensino médio, enfim, estudantes em geral, que são tantas coisas para serem feitas as vezes quase que ao mesmo tempo. O professor pede para fazer aquela redação, aquele artigozinho valendo um crédito/nota do semestre e as vezes a ilustração é essa: alguém sentado de frente ao computador, com o cursor do word piscando, ou com a ação constante de, digitar uma linha e o dedo vai no backspace de forma constante. Um certo desespero vem, até que um parágrafo é feito e logo o dedo vai no backspace. Desespero dobrado. Essas mesmas pessoas refletem no futuro. Os questionamentos são: "ai meu Deus, terceiro ano"... "ai meu Deus, que curso vou fazer"... "ai meu Deus, e meu mestrado, será que sai ?"... "E o concurso?". É uma preocupação e tanta.


Em meio a tantas indagações, a palavra de Deus nos diz em filipenses 4:6-7:

"Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coraçao agradecido. E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coraçao e a mente de vocês, pois estão unidos com Cristo Jesus"

Em meio a tantas indagações, vejo um pastor guiar aquele que se entrega a Ele, e que agora passou a não se preocupar com essas coisas. Age, sim. Luta, sim. Mas entregou seus planos nas mãos de Deus e nem palavras faltarão.


"Toda vez que eu procuro pra mim algo pra ler, ouvir, olhar e dizer, o Senhor sabe o que eu quero"



Samir Santana
domingo, 5 de junho de 2016

Cuidando da memória

“Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.”

Mergulhei nas fotos e fatos de um passado que, embora não pareça, já pode ser chamado de distante. Não que exista um peso demasiadamente doloroso nos vinte e sete anos que alegremente ostento, mas a mulher de hoje não era nem um rascunho na menina que há doze anos tinha no Teatro secular um grande amor e refúgio seguro. Lembrei-me que a Bíblia nos inspira a buscar em nossas memórias lembranças que tragam aos nossos corações o renovo da esperança, aquela que transborda no primeiro amor, mas em mim tais lembranças sempre traziam consigo uma dúvida cruel: será que só resta recordar e não viver novas situações que alimentem minha esperança?


Não sei se contigo acontece o mesmo, mas o meu processo de conversão foi e ainda é um verdadeiro e doloroso “deixar ir” para que a casa ficasse vazia, e Cristo pudesse entrar para habitar de fato e direito em todos os cômodos do meu ser. Amigos, amores, talentos inegociáveis precisaram ser sacrificados para que minha memória não fosse uma porta aberta entre mim e o lodo onde eu vivia. Cuidar da minha memória, pelo prisma que a Bíblia verdadeiramente revela fez-me perceber que “As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade.” (Lamentações 3 : 22-23).

A esperança emerge inclusive das memórias dolorosas quando aprendemos a reconhecer o cuidado do Senhor com os que o amam e buscam. Deus não vai apenas esperar que nós encontremos esperança nas memórias antigas; Ele vai nos dar outras oportunidades de construirmos as verdadeiras lembranças que vão ter o poder de encher-nos de esperanças em meio aos desertos e aflições do caminho. Deixemos vir o novo tempo do Pai e seu cuidado diante de nossas memórias; caminhos seguros para irmos com Ele até a vida eterna!

Beijos e Queijos,

 Tacila Sousa
quarta-feira, 1 de junho de 2016

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons