domingo, 3 de julho de 2016




Ultimamente venho pensando sobre como algumas coisas ganham um significado diferente conforme o tempo e em determinados locais, seja no mundo citadino ou rural. Um exemplo está na linguagem, que diverge de cada região do Brasil e filtrando mais ainda, do próprio Estado, isso porque cada lugar possui peculiaridades nos hábitos e costumes. Uma palavra no sul da Bahia pode significar outra no recôncavo, ou em Minas Gerais ou em Pernambuco. Curioso.
Há também uma resignificação das palavras, como por exemplo, a palavra prosperidade. Quando dizemos essa palavra, parece que estamos falando de dinheiro, mas o significado de prosperidade vai para além disso.


Nessa perspectiva, pensei nos tempos no qual Moisés caminhava pela Terra. Naquele momento histórico, oferecia-se sacrifícios a Deus e cada sacrifício era feito de uma maneira diferente: queimando animal, borrifando sangue de algum animal ... enfim, tudo isso em adoraçao à Deus.
Muito anos depois, esses sacrifícios persistem, mas eles não são mais animais, somos nós. O sacrifício que nós oferecemos a Deus é negar a si mesmo, viver a vontade de Deus, abrir mãos de nosso querer, na nossa carne, tudo isso em adoração ao Pai nosso, que estás nos céus. É bem verdade que sacrifício gera esforço, mas para Deus, creia, o esforço vale a pena. São escolhas. Cada escolha é uma renúncia. Deus, sacrifício, escolhas, renúncia. Deus deu se filho unigênito para se sacrificar afim de nos salvar, mas nós sacrificamos nossa vontade a fim de agradar a Deus? Pense nisso.

Samir Santana.

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons