quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Nesse último domingo ouvi uma mensagem sobre esperança. Fui levada a pensar no circuito que está a nossa volta, impulsionando muitos a deixar de esperar por boas notícias. Esse que vc também tem ouvido falar: conflitos socioeconômicos, políticos, crises humanitárias em diversos cantos do mundo, situações antigas que tem se intensificado. Mas voltando a mensagem, ela nos encorajava a esperar por boas novidades, a ter esperança, ainda que em meio a guerra.

Voei cá pra área das coisas do coração. Uma pergunta ficou comigo: Ainda temos esperado por notícias animadoras? Acreditamos que ainda tem café na garrafa? Que aquela matéria não está perdida? Que os alunos irão aprender pelo menos o sumo do conteúdo que vc tanto se esforçou pra passar? Que as crianças podem ser bem criadas? Que os jovens podem tomar juízo? Que é possível viver um relacionamento duradouro de pessoas imperfeitas, mas recheado com as coisas do alto, firmado em Jesus?

Observando as calçadas das ruas, percebi que mesmo em meio a superfície dura do cimento, em cada pequeno espaço onde havia terra, crescia uma faísca de verde. 



Seu "coração" está cimentado? Deve haver um pequeno espaço de terra em algum cantinho aí. Espaço suficiente pra esperança crescer. 


Todavia, lembro-me também do que pode me dar esperança:
Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a sua fidelidade! Lm 3: 21-23



Bárbara Uinan

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons