domingo, 25 de setembro de 2016

Havia um jovem que chamava atenção em sua comunidade de fé por ser bastante prestativo. “Não nego ajudar um irmão qualquer porque encaro isto como um serviço. Se for pra varrer templo, puxar cadeira, lá estarei”, dizia ele com um tom de voz que era notório perceber sua humildade. Garoto forte, tanto espiritualmente quanto fisicamente.

Certo dia mudou de cidade, foi para um lugar distante de onde morava para realizar um grande sonho seu, no qual passara anos batalhando para tal momento: o mestrado. Lá, pôde conhecer pessoas novas, fazer novos amigos, morou sozinho, aprendeu a cozinhar e a lavar roupa, conheceu uma garota ... sim, conheceu uma garota. “Menina gente boa”, dizia ele, enquanto ela pensava “quero esse cara”. 

Claro, ele buscava a amizade dela e ela a amizade dele. Enquanto os dois se conheciam mais, ficava no ar um clima de “iiih isso vai dar em algo”. Então, em um dia qualquer, ela confessa que há um sentimento para além de amizade ardendo em seu peito. Ele diz o mesmo, mas que precisavam orar primeiro, situação que ela achou estranho. Nosso nobre jovem não conseguia tirar o sorriso da sua grande amiga de suas lembranças.  O perfume dela era vivo em sua memória, estava quase convicto que estava apaixonado.  Em outra vez que se encontraram, houve um jogo de indiretas e não resistiram, se beijaram. Quando a coisa estava tendendo para outros “afins”, para não dizer de uma forma mais direta, para o sexo, ele ouviu uma vozinha “não é amor não, é laço”, então nosso jovem deu um pulo, se deparou com sua companheira sem blusa e disse: “sexo é um presente de casamento. Desculpa, vou ter que ir embora”. 

Parece ser algo óbvio ” ôh, claro que todo mundo sabe que só se deve transar após o casamento. Somos macacos velhos no evangelho”. Mas será que algum de nós pensaríamos nisto se por um acaso nos deparássemos com uma situação parecida?  Será que é fácil recusar uma proposta dessa? Não falo apenas sobre homens, mas também sobre mulheres. Garotas, é fácil? Não é! Deus não nos fez com cérebros, hormônios e etc. para sermos assexuados, muito pelo contrário. O sexo é uma benção de Deus para nós, mas será que sabemos o que é sexo além de ser uma prática? Como não discutir um tema como esse com constância? Convido-lhe a participar do #worksix, que vai tratar sobre esta temática a luz da bíblica. Se Inscreva já !!!

Samir Santana

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons