Archive for Março 2017

Amarelou?

Não eu não acho que você amarelou. Ao contrário do que muitos pensam, suicídio não é um recurso dos covardes, mas de verdadeiros guerreiros que brigaram com todas as suas forças contra sentimentos, experiências, dores que só eles e Deus são capazes de conhecer. Não, não escrevo um texto pró-suicídio, mas um texto em favor dos que carregam esta tendência e gritam silenciosamente em busca de ajuda.


Quase ninguém sabe, mas uma época de minha vida eu realmente quis "que Deus me levasse" e em outra época muito pior, embora eu quisesse muito viver, em todo canto me vinham involuntariamente pensamentos suicidas, quase soprados em minha mente, me aterrorizando como se eu não tivesse outra escolha. 

Este texto também não é um desabafo, apenas quero compartilhar com você como venci estes "pensamentos". Embora em você a forma, o motivo, a intensidade pode ser bem diferente do que ocorreu comigo, tenho certeza que este passo vai ser muito importante para curar sua alma.

CONVERSE

Embora estes pensamentos fizessem eu sentir muito medo e vergonha, e eu achasse que falar aumentaria a força deles, foi o oposto que aconteceu. Desabafar, compartilhar, encontrar pessoas de confiança, experientes, conselheiros e até intercessores desmoronou aquela "ameaça". Precisei conversar muito com Deus e ser bastante franca quanto a tudo que sentia, até em relação a Ele. A cura da minha alma foi gradual, e acredito que cada um vive seu processo de uma forma. Profissionais podem muito te ajudar e líderes espirituais maduros também.

Por favor, se você vive uma situação assim, busque ajuda! Procure alguém próximo que te ouça. Acredite, uma pessoa sábia e "de Deus", não lhe amará menos por isso, mas poderá ser um instrumento para ajudar a aliviar sua dor. Não sofra sozinho, não se machuque, sua vida é preciosa pra Deus (e pra muitas pessoas, mesmo que você não veja assim). Você sabe que é nosso inimigo quem quer que você morra, fazendo isso você só multiplicaria a dor em outros, não acabaria com ela.

E você, se conhece ou convive com alguém nestas práticas, ajude, não condene. Encaminhe esta pessoa a quem realmente pode ajudá-la, busque profissionais porque  precisa de tratamento como uma disfunção no corpo demandaria (e há a parte fisiológica envolvida), ore, ame!

Se você é líder, leia, informe-se, tenha misericórdia e então você a terá de volta.

Ósculos gentis,
Iky Fonseca

P.S. 1: O título deste texto faz uma referência ao setembro amarelo, uma campanha para prevenir o suicídio.
P.S. 2: Pode parecer que não, mas Cristo ama você e se importa. Este texto é uma prova disso.
quinta-feira, 30 de março de 2017

Tratar

"Era um tratamento simples porém Jhonata deixou de lado logo depois do segundo dia. Lidar com a sensação de desmaio e mal estar não era agradável como ele já esperava, mas fazia parte do processo de cura. Encarando novamente a necessidade de ter sua saúde restabelecida reiniciou aquele processo que lhe trazia dor."

Os processos de cura comumente geram alguma espécie de mal estar em nossas vidas. Imagine o incômodo de ter terra misturada com saliva em seus olhos? Aquele cego que Jesus pediu para lavar os olhos no tanque de Siloé poderia nos falar melhor sobre esse incômodo. No entanto o que é esse pequeno momento de desconforto diante da cura de sua visão? E se ele tivesse parado no meio do caminho enquanto estava indo lavar os olhos? Mas não foi o que fez. Ele foi até o fim. E logo pode contemplar a alegria de poder enxergar.


Enquanto estou [Jesus] no mundo, sou a luz do mundo.

Tendo dito isto, cuspiu na terra, e com a saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego.
E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo.

Resultado de imagem para lavando os olhos no rio

Bárbara Uinan
quarta-feira, 22 de março de 2017

G R A T I D Ã O

Oi, gente! Estou um pouco sumida, mas graças a Deus o quadrimestre 2016.3 chegou ao fim e aproveitando esse recesso quero falar um pouco com vcs.

Ontem foi aniversário de 5 anos do Workshop de Solteiros e ver o que Deus tem feito produz em nós um sentimento de gratidão que não tem preço.

Hoje posso ver além do cuidado de Deus com as nossas vidas e condução dEle nas edições do Works, vejo que ainda temos muito para melhorar e crescer diante desse projeto que Ele nos outorgou.

Somos gratos ao Senhor por todas as orações de vcs, a cada leitor, a todos aqueles que nos incentivam, ou apenas, nos mostram que são abençoados através das nossas vidas. Tudo isso nos faz ter motivação para continuar e prosseguir. 


Que esse domingo de gratidão, nos motive a uma semana mais grata a Ele!

Isabelly Santos

domingo, 19 de março de 2017

Letras para o deserto



O sol está a pino. caminhando lentamente, sua marcha se assemelha a uma lagarta nessa extensa faixa de areia. Sem trégua, sem abrigo, tudo que queria era um pouco de descanso, mas não pode parar. Não, porque se atrasar-se um pouco, poderá ser apreendida por um daqueles encontros que é melhor desencontrar. Não aguenta mais olhares fugidios e perfuradores como lâminas de acusação. Não suporta mais olhares abusivos, de desejo fugaz seguido de desprezo. Não, isso cansa muito, muito mais. Então é melhor correr, com o resto de ar, com o resto de força, com o resto de organização mental. Ah, a mente. Traidora como os olhos, desnorteada e confusa. Pouco mais à frente percebe uma sombra. Será um oásis de quimeras ou a miragem de uma alma desesperada? Só poeira, outra vez. Pensa em parar, descansar. Sabe que não haverá forças para voltar a levantar. Poderia morrer ali, mas no fundo, só quer se saciar. Finalmente chega. Na beira do poço, faz de sua destra toalha para a testa molhada. Segura o cântaro que foi na verdade seu fardo durante toda a viagem. É ele agora quem saciará sua sede. O estranho é que havia um estranho ali. Jamais havia o visto e jamais havia sido vista como era por Ele. O silêncio cansado e sofrido interrompido por um pedido  inóspito: "dá-me água". Depois de tentar encerrar a conversa com diferenças e justificativas por ele suplantadas, nota sua própria sede. Água só não lhe basta. Precisa de amor. Não dos tantos que já tivera, nem do que agora não sendo seu, possui. Tem sede de amor mais profundo que esse poço. Tem sede de dignidade, de esperança, de alívio, de segurança. E as palavras dEle são como água pura, da quais vai bebendo, bebendo, bebendo em sua sede incontrolável e elas geram vida dentro de si. Vida abundante, vida eterna. Troca o poço das ilusões pela fonte de toda Graça.

Ósculos encharcados,
Iky Fonseca

Leia também: Letras para um dia frio
quinta-feira, 16 de março de 2017

A carta

Todo acontecimento, grande ou pequeno, é uma parábola por meio da qual Deus conversa conosco. E a arte da vida é entender a mensagem".
Malcolm Muggeridge

Poderia dizer que a esperança empurrou a porta lentamente. Ela sabia que poderia entrar. Nem sequer precisou fazer muito esforço para abri- la, já estava encostada. O impulso que vinha do frio do estômago queria correr, pegar as chaves e trancar a porta- vai que ela resolvesse escorregar para fora novamente. Mas para não assustá- la conteve- se. Apenas queria olhar para ela, ver que estava de volta, contemplá- la como quem deleitá- se em um novo amor. Era um prazer poder permanecer ali lendo cada gesto, cada olhar. Havia trazido algo a ser entregue. Aquela carta simplesmente por ser o que era, era rara- uma carta. Quem sabe meu nome estaria nela. Resolvi ler por antecipação- imaginar. Mas logo a realidade apagou as incertezas das lentes da imaginação. A carta poderia ser lida ao vivo e a cores. Que curso tomariam aquelas palavras? Onde se resolveriam as interrogações? A honra de recebê- la confortou a cada entender de uma nova linha o coração curioso pela mensagem que estendia- se. E, por fim, a mensagem pôde ser compreendida. Embora pudesse ser relida com novos dizeres, em outros lugares, por outras pessoas, ali deixou o texto, nem sempre com palavras, da importância de amar o Pai com frescor, e tão somente por ser Ele quem é.

Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração.
II Coríntios 3:3
Resultado de imagem para escrevendo carta



Com carinho,
Bárbara Uinan
quarta-feira, 1 de março de 2017

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons