domingo, 16 de abril de 2017


(Esse texto é endereçado aos pais, líderes de jovens e adolescentes)


Quem acompanha o blog a algum tempo acaba conhecendo um pouco sobre nós, colunistas. Vocês sabem sobre como vemos o mundo, afinal ao escrever um pensamento acerca de algo, abrimos a janela pelo qual vemos o mundo.

Dito isso, quero compartilhar com você o meu estado de agonia. De modo geral, pode-se dizer que eu já entrei na idade adulta e essa semana estava refletindo sobre a minha geração, o que fazíamos e como era a nossa relação com o mundo.

Hoje é bem comum que todos possuam internet wireless em suas casas e geralmente crianças bem pequenas já possuem smartphones ou similares. E isso me assusta, não pelo possuir, mas por conta da não fiscalização com que esses pequenos possuem esse livre conhecimento. Na internet, nós podemos ver sem fazer muito esforço conteúdos com apelos sexuais ou as drogas, palavrões eu nem vou citar, please.

Gente, eu me pergunto, como os pais podem não têm controle sobre isso? Por conta de abusos ou sofrimentos os adolescentes cada vez mais possuem tendências suicidas, buscando refúgio em um fim. Os números são alarmantes e esse é um motivo para orarmos, mas também para vocês (pais) começarem a basear o relacionamento com seus filhos através do diálogo.

Ore ao Senhor peça a Ele sabedoria para conduzir sua família, alô dad! (Essa liderança começa no namoro, mas isso é assunto para outro dia...) Voltando, ore, mostre as escrituras, procure saber quem são as amizades, procure saber se eles passam por algum tipo de abuso na escola ou em vínculos sociais. Mas se ele tiver passando algum tipo de problema, encontre um bom profissional. Acredito que por isso Deus colocou o discernimento para o homem produzir diversas técnicas, para a glória dEle.

Confesso que fiquei motivada a escrever esse texto depois de assistir alguns episódios da serie da Netflix, “13 reasons why”e ao mesmo tempo soube de grupos suicidas, chamados “Baleia azul”. A serie fala sobre uma garota que tira a sua própria vida por conta de vários acontecimentos de dor e bullying na sua escola. Pesquisem se reiterem do que estamos vivendo para que vocês possam intervir com sabedoria nas vidas dos seus filhos/liderados.

Fora esse fato marcante, o que me deixa perplexa é também a forma como aqueles adolescentes vivem. Sexo, drogas, bebidas são disseminados livremente. Nossa, hoje eu tenho 22 anos e nunca vivenciei esse tipo de coisa, mas tenho consciência que muitos adolescentes de 13 anos já viveram.



Precisamos abrir as nossas mentes e fazer com que os nossos jovens se conscientizem acerca da sua condição da vida e do pecado para que mudem o pensamento. Que nós possamos orar ao Senhor pedindo para que Ele nos convença do pecado, da justiça e do juízo. 

Sem desanimar, crendo que Ele é Deus, 

Isabelly Santos

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons