sábado, 15 de abril de 2017

Inspire, respire e não pire cada vez que sentir e/ou ouvir, os direcionamentos opostos que seu cérebro e coração sinalizam no seu dia a dia. Seja diante da promessa repetente de começar uma dieta ou na barganha emocional da preguiça com o compromisso mais importante da semana, a queda de braço entre o racional e o emocional acontece em cada um de nós.


Aprender a lidar com essa batalha cotidiana é a única opção antes de sentir-se vencido sem mesmo ter lutado. A palavra do Senhor nos inspira a priorizar uma vida espiritual e emocional equilibrada, mas o Pai como um Criador que bem conhece suas criaturas nos adverte sobre as miudezas e enganos do coração (Jeremias 17:9) e nos propõe o caminho para desenvolvermos uma fé racional (Romanos 12: 1-3). Muitas vezes sentimos tal dualidade e não sabemos qual é de fato o lado que prevalece. E aquela história que mistura animais e comida ao afirmar que "o lobo que você alimentar é o mais forte", nem sempre funciona quando pensamos na Razão x Emoção. O meu, o seu, o nosso amigo Paulo bem escreveu em (Romanos 7:15) que geralmente o bem que desejamos fazer não executamos, mas o mal que não queremos escorre das nossas mãos com a mesma facilidade que o suor brota na pele. Tal balança equilibra-se quando observamos as nuances de nossa personalidade e, buscamos diariamente o desenvolvimento da dita "Santidade Integral".

Pensando e vivendo essa realidade, ganhei do Espírito Santo (Siiiim... Ele geralmente me dá umas ideias que eu amo executar rs) a vontade de escrever sobre a luta constante entre o que quero, devo, posso e preciso fazer para estar mais perto do Senhor, buscando a semelhança com o Pai gerada na diminuição do “Eu” para o crescimento dEle em mim (João 3:30). Daí surgiu o “Rabiscos de Sábado: Razão x Emoção”. A partir de hoje até quando eu não deixar a preguiça me capturar (falaremos em breve sobre as artimanhas dessa ardilosa que persegue nossos cérebros indefesos, embora sagazes!) publicarei, todo sábado um texto inédito sobre as semelhanças e diferenças que fazem nosso emocional e racional trabalharem juntos, a fim de que fragilidades e expertises sejam equalizadas facilitando assim nossa caminhada para vontade de Deus. 


Gratidão ao Guilherme Bandeira, pela liberação do uso de seus cartoons nos meus textos. Seus desenhos comunicaram tantas coisas ao meu cérebro e coração que finalmente os dois trabalharam juntos e com sucesso (rsrsrs): Tais ilustrações vão apresentar os “não ditos” das crônicas publicadas e certamente alegraram os leitores do Workshop de Solteiros. Conheça mais deste trabalho em https://www.facebook.com/objetosinanimadoscartoon/.

Por hoje é isso... Na semana que vem vamos pensar nas “gavetas bagunçadas” do nosso interior e em como organizar o que é necessário e, descartar aquilo que emocionalmente já não nos serve mais.

Beijos e Queijos,

TacilaSousa

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons