quinta-feira, 4 de maio de 2017

Não importa se eu tenho 17 ou 32 anos, Se sou difícil ou não tem ninguém me varoando, eu estou solteir@ e muito bem (ou não), obrigad@!

De uma vez por todas entendam que suas cobranças não ajudam em nada, não aceleram o processo, na maioria das vezes só trava! Se você ao menos tivesse noção de quanto efeito tanta pressão faz na alma e na mente de tantos de nós...

Não há nada de errado em estar solteir@ e se eu quiser também não é errado passar o resto de minha vida assim, eu sou uma pessoa consciente.

Se eu não "conseguir ninguém" como você diz, em que seus "avisos" podem me ajudar? Eu escolho demais? E para que casar com alguém que subtrairia em minha vida, como muitos de vocês comprometidos estão: sonhos em risco, felicidade fingida e realidade doída?

Não que eu não acredite no amor e no bem que ele pode fazer, mas ele não é para todos, e cada um tem também seu tempo de vivê-lo. Você poderia respeitar isso? A mim me importa muito mais meu propósito.

Cansei de ser tachad@ de diferente ou estranh@ como se houvesse algum problema em sê-lo. Cansei das cobranças diante de qualquer nova ou antiga pessoa que cruza o meu caminho, como se eu não enxergasse as possibilidades, a ponto de eu também, ficar paranóic@ e enxergar os outros assim.

Imagine se eu "esfregasse" o tempo todo em sua cara o quanto é maravilhoso ser solteir@, poder viajar quando e para onde eu quiser, e gastar com muito mais regalia, mudar de cidade ou mesmo de país e abraçar tantas outras oportunidades com muito mais facilidade, poder sair no sábado à noite sem consultar ninguém, preparar apenas os pratos que quero pro almoço ou simplesmente não preparar nada sem ter que me preocupar com isso. Imagine se eu te lembrasse quão maravilhoso é ir no parque e aproveitar todo o tempo em cada um dos mais alucinantes brinquedos sem me preocupar com crianças e atrações entediantes, me esparramar na cama e decidir a temperatura ideal pro quarto, ter liberdade para curtir fotos de quem eu quiser sem que isso provoque “pequenas guerras mundiais”, poder visitar e dormir na casa de algum bom amigo e de lá ir pra qualquer lugar livre de hora de voltar... Ir para o baba, lanchonete, shopping, sair com a galera do trabalho, sem ninguém reclamar... Poder largar tudo e ir pro campo missionário na hora que Deus me chamar, sem precisar argumentar...


 Não, eu não te atormento com isso. Apenas vivo o prazer da solitude e não vejo nada de mais em seu prazer ser diferente do meu. Não tento impor meu estilo de vida a você, então porque o retorno tem que ser diferente?

Pode ser sim, que chegue o tempo em que mude de time, e experimente isso que você acha ser tudo. Já você, não deve voltar. Então me deixe aproveitar e se eu quiser ficar, respeite meu lar, como eu sinceramente, respeito e admiro o seu.

Ósculos de libertação em nome de algum(a) solteiro(a),

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons