quinta-feira, 29 de junho de 2017

Alex era um cara sorridente. Beijava sua esposa bem cedinho e quando chegava no trabalho, logo abraçava seus colegas mais chegados. Era sua forma de desejar força para aquele dia. Sempre que conversava com alguém, pousava sua mão no ombro, nas costas ou no braço daquela pessoa. Parava no meio da rua para cumprimentar um bom amigo, mesmo estando sempre com pressa. Voltando para casa, muitas vezes sentia falta de um beijo da sua esposa como nos tempos de namoro. Apesar de seu bom coração, Alex desde criança sofrera por seu jeito mal compreendido. Era tarjado de carente.

Última linguagem de amor (LA) na nossa série 😩, Alex é o cara do toque físico. Para essas pessoas, tocar alguém é uma forma de demonstração da importância desta  pessoa em sua vida, é uma demonstração de carinho. Abraços, apertos de mão, cafuné, massagens, até aquelas falsas briguinhas entre amigos e familiares (principalmente entre os homens) ou um tapinha nas costas fazem parte de sua rotina, de sua essência. São muito carinhosos!



Infelizmente, muitas vezes as pessoas que tem o toque físico como principal LA sofrem por serem mal interpretadas: são vistas como grudentas, carentes, e em alguns casos até como assediadoras. Dentro dos limites do respeito, é apenas incompreensão desta linguagem de amor. Há momentos, penso eu, que nenhuma linguagem fala melhor que essa: um afago na hora da dor, um abraço feliz do reencontro, o beijo de despedida...

Pessoas que tem esta LA manifestam com seu corpo a adoração ao Senhor (levantar de mãos, joelhos dobrados etc.).  Também sentem grande necessidade de um toque físico de Deus e a Bíblia está repleta de testemunhos da manifestação do Senhor desta forma.  Isaías foi toca por uma brasa de fogo (6.6), Jacó ferido na coxa (Gn 32.25), João (13:23) reclinou sua cabeça no peito de Jesus, cristãos receberam línguas repartidas como de fogo no dia de pentecostes (Atos 2), Jesus tocou crianças e doentes (Mateus 8:3; 19:15).

Se vc ama alguém que tem esta LA principal ou quer alcançar pra Jesus, faça como Ele, toque, abrace, acaricie, beije, faça-se ser sentido e faça-o se sentir amado. Ah, permita-se também ser tocado por essa pessoa, mesmo que às vezes você a considere muito "touch screen".

Ósculos e abraços santos,
Iky Fonseca

Inspirada na coleção As 5 linguagens de amor, de Gary Chapman.

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons