sábado, 19 de agosto de 2017

Nessa semana, ganhei o convite de casamento de Sarah e Coutinho, um casal de amigos que muito prezo. Lembrei-me então que em Maio desse ano, enquanto esperava o início do casamento de Fanie e Alberto (casal super presente no Workshop de Solteiros 2015), comecei a escrever um texto no celular sobre a importância de estar verdadeiramente presente nas realizações e comemorações, daqueles que tem nosso afeto e nos amam também.  E essa é a nossa reflexão de hoje. Vamos lá?!

Desse modo, quando um membro sofre, todos os demais sofrem com ele; quando um membro é honrado, todos os outros se regozijam com ele. 1 Coríntios 12: 26

Alegrar-se com a felicidade de outros é uma atitude que desconfio: está em desuso, como ação recorrente nos relacionamentos humanos. Além dos salgadinhos assados que têm aquela deliciosa pimenta biquinho em cima (que muitos dispensam e eu amo), das fotos postadas com # e emoticons, bem como, das lembranças dadas no final das festas de aniversário, casamento, formatura, chás para montar a casa e o guarda-roupa “íntimo” da noiva, existe alguma alegria que verdadeiramente, nos motiva a participar dessas celebrações? Eu, realmente gosto de ser aquele olhar cúmplice que entre tantos outros se destaca, dizendo silenciosamente: estou aqui e muito feliz por compartilhar esse momento de celebração contigo.


Amo aniversários de criança, pois além de me deliciar com os doces da mesa principal, é muito saboroso ver as reações do aniversariante que mesmo sem entender, completa 1 ano ou mais, cercado de pessoas e objetos: verdadeiros presentes. Mesmo enfadonha e repleta de graduandos é na colação de grau que meu amigo / minha amiga, solta o grito preso na garganta quando escuta seu nome e, recebe o aperto de mão da autoridade mor que representa a instituição de ensino superior. Quando a noiva entra em cena, meus olhos buscam o gesto amoroso na troca de olhares dela e seu amado quase marido, muito mais que os detalhes do seu vestido ou da decoração.

Sinto-me grata, pois sei que sou chamada por quem me tem como indispensável e como tal, faço questão de emanar o meu melhor. Conheço bem a importância de chorar com os que choram, mas celebrar com aqueles que em meio à festa da vida, são gratos ao Senhor é abençoador. Quando for chamado para esses momentos, não pense somente nas delicias e “gordices” que a carne receberá. Abra bem os olhos e não perca nenhum detalhe, mesmo quando eles piscarem. Se você estiver atento aos protagonistas de cada comemoração para qual for convidado, terá a oportunidade de contemplar os milagres cotidianos da vida.

Beijos e Queijos,



Gratidão ao Guilherme Bandeira, pela liberação do uso de seus cartoons nos meus "Rabiscos de Sábado: Razão x Emoção". Conheça mais deste  trabalho em  https://www.facebook.com/objetosinanimadoscartoon/.

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons