sábado, 26 de agosto de 2017

No “Mundo Gospel”, todos de alguma forma se manifestaram diante do caso da cantora e compositora, Daniela Araujo, que teve sua vida e intimidade expostas por seu ex-namorado; bem como, sobre as situações delicadas em que Thalles Roberto, Priscila Alcântara, Bianca Toledo, entre outros, se envolveram nos últimos anos.  Todos os dias pessoas estão morrendo espiritualmente, enquanto os corpos andam, comem, trabalham, participam das programações da Igreja e vendem virtualmente uma imagem de perfeição fria e sem vida, como estatuas de mármore. As pedras não estão em minhas mãos. E se estivessem, certamente eu buscaria uma forma de lançá-las contra mim mesma, pois quando encaro o reflexo que o espelho me devolve, sei bem onde estão as marcas das quedas que sofri e as inclinações que podem gerar tropeços futuros.


Nossa falta de piedade e auto percepção, tem sido manifestada de diversas formas, principalmente através das redes sociais, onde gigantescas pedras virtuais são lançadas por mãos protegidas pelo anonimato de uma realidade diluída.  Ao vivo ou on-line, muitos “Cristãos” escolhem apontar o dedo e expor as feridas alheias, enquanto simulam uma perfeição destoante da santidade apresentada na palavra e vivenciada por Jesus em sua caminhada na Terra.  Nossa natureza inclinada para queda e o pecado são originárias do mesmo lugar. O medo do amanhã que trava nossa garganta e nos faz andar como loucos em busca de respostas é um padrão, replicado em indivíduos inseridos em realidades completamente diferentes.  Às vezes, pergunto-me em que curva da vida esquecemos de refletir sobre o por que reparamos tanto no cisco que está no olho dos nossos irmãos e não percebemos o tronco que está nos olhos que temos (Lucas 6: 41)? 

Whitney Houston (falecida em 2012), por exemplo, foi uma cantora que descobriu seus dons musicais na Igreja Batista e, pelos ventos do mundo foi levada para uma rotina de sucesso, escândalos, vícios e descontroles; tendo assim sua vida dilacerada por especulações da mídia, vaidades, manipulações da indústria fonográfica, relacionamentos abusivos e diversas pessoas que utilizavam do nome do Senhor para decretar sua sentença de morte, através da máxima de que “Com Deus não se brinca”. Na canção I LOOK TO YOU – Eu Olho Pra Você, o grito de socorro de alguém que apesar de tudo, ainda olhava para Deus foi revelado, embora não tenha gerado um clamor daqueles que no lugar de interceder por sua salvação, martelavam sua "sentença" em toda e qualquer oportunidade.
Ao me deitar / O céu me ouve agora /
Estou perdida sem uma causa / Depois de dar o meu melhor /
As tempestades de inverno vieram / E escureceram meu sol /
Depois de tudo que passei /A quem recorrer na terra?
Eu olho pra você / Eu olho pra você
Quando toda minha força se for / Em ti posso ser forte
(Tradução: I LOOK TO YOU – Eu Olho Pra Você)

Em algum momento já buscamos dentro de nós mesmos originalidade, o sentido pra vida, um caminho menos estreito e mais fácil e acabamos nos perdendo dentro da nossa própria personalidade. No texto de hoje eu clamo por misericórdia. Não a divina que independe da minha ação ou interpretação. Clamo para que eu e você sejamos mais misericordiosos com os outros corpos cheios de vaidade e esvaídos de conforto espiritual que fazem parte do nosso convívio, mas não recebem de nós um olhar fraterno e sincero. Peço também que não tenhamos medo de gritar por socorro, pois todo deserto ou esfriamento espiritual quando vivido em silêncio, traz consigo o peso da solidão. Não negue a si mesmo a chegada das tempestades quando elas surgirem.  E, por favor, não pegue as pedras do caminho para atirar naqueles que já estão ferindo seus corpos e almas. Falar de um Deus que é amor e, não se comportar de acordo com a essência do que Ele é, evidencia uma das formas de distorcer o entendimento de muitos sobre a verdade que a Bíblia revela. Pensemos nisso!

Beijos e Queijos,



Gratidão ao Guilherme Bandeira, pela liberação do uso de seus cartoons nos meus "Rabiscos de Sábado: Razão x Emoção". Conheça mais deste  trabalho em  https://www.facebook.com/objetosinanimadoscartoon/.

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

#novembroazul Seja macho e se cuide, man!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons