Archive for Janeiro 2018

Rabiscos de Sábado: E, o versículo de 2018 é...

Bom dia! Boa tarde! Boa noite!

Não sei como está sendo com vocês, mas o meu janeiro de 2018 está cheio de boas histórias pra contar. Visitei e fui visitada por amigos; ganhei presentes da ressaca do meu aniversário; conheci casas e lugares novos; fiz faxinas e doações, participei de seleções de emprego e, mesmo não tendo dado certo ainda estou animada pra conseguir “tirar o dente da grade”; comecei as aulas práticas de direção e morri de medo cada vez que vi alguém ou algo perto de mim no trânsito (releva aí, afinal ninguém é 100% em tudo rs); encontrei gente que não via a muito tempo; dei aula de Redação; comecei novas afinidades que tem tudo pra virar amizades e quase acabei de ler o primeiro livro do ano.  Enfim: foi muito movimento pra chegar até aqui!
Gostava de contemplar a natureza. Não sabia subir nas árvores, montar em cavalos e nadar sempre foi um sonho distante, adiado e quase impossível de ser realizado.  Agora, observava o movimento das águas de um rio sereno em pleno verão. Conversava com uma amiga sobre as coisas da vida, enquanto sentia o contato entre as pedras e seus pés.  Naquele lugar não escutava buzinas, carros, freadas ou canções que poluem os ouvidos na cidade: nada além da natureza emitia sons que invadiam seus sentidos.  Olhando bem, aquele cenário lhe dizia sobre a obra e amor do Criador.  Um profundo suspiro foi o prólogo da seguinte observação compartilhada: somos exatamente como esse lugar... A água passa pelas pedras moldando-as dia após dias, mas aqui ambas não deixam de ser o que de fato são. Como água e pedra, assim também ferro afia ferro e pessoas modificam pessoas. 

Cada detalhe desses dias ganhou cores dignas de surpresas inesperadas e, nesse movimento encontrei a o versículo de 2018. Faz um tempo que alguns períodos da minha vida ganham partes específicas da Bíblia.  Quando fiz meu primeiro estudo real de Provérbios em 2013, passei alguns dias pensando e repetindo em qualquer oportunidade:
Dize à Sabedoria: “Tu és minha irmã!”,
e ao Entendimento considera teu parente próximo; (7: 4)

Em 2014, estudei o Evangelho de João para o Dia da Evangelização Global - organizado pelo Pai de Multidões - aqui em Itabuna e, me agarrei com a seguinte palavra:
O vento sopra onde quer, você escuta o seu som, mas não sabe de onde vem, nem para onde vai; assim ocorre com todos os nascidos do Espírito (3: 8).

No ano seguinte fui parar na Colômbia e me achava o próprio vento do versículo que me acompanhou até o final de 2016; já que no ano seguinte, eu só pensava em Marcos 8: 36: 
Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?
O “versículo do ano” pra mim, não é uma frase de efeito ou motivação que vai ser postada nas Redes Sociais. De algum jeito, sinto que sou tocada por uma gota da fonte inesgotável que a Palavra de Deus é e, desse modo, caminho pela vida tentando desenvolver no meu pensar, calar e agir o que foi ministrado em meu coração. Cada um dos versículos supracitados foram aprendizados que fazem de mim uma pessoa melhor, mas não impecável. Tantas lições e provas de amor que recebi das pessoas ao meu redor ano passado que, cada conversa e encontro vivenciado nesse mês, sempre fizeram que o entendimento do movimento da convivência, saísse da minha boca. Certa vez me ouvi atentamente e exclamei: já sei o versículo desse ano! 
Assim como o ferro afia o ferro, o homem afia o seu companheiro.
Provérbios 27:17

E pra nós (eu e vocês, vocês e eu rs), desejo que a Bíblia seja mais que uma leitura obrigatória ou um manual de instruções parado no tempo. Realmente quero que sua entrada em nossa vida gere frutos, onde quer que estejamos.  Sejam através das histórias, livros, capítulos ou simples versículos; o Espírito Santo fará com que as sementes lançadas sobre nós façam nossas vidas serem abundantes da presença do Senhor.


Beijos e Queijos,




Gratidão ao Guilherme Bandeira, pela liberação do uso de seus cartoons nos meus "Rabiscos de Sábado: Razão x Emoção". Conheça mais deste trabalho em https://www.facebook.com/objetosinanimadoscartoon/



sábado, 27 de janeiro de 2018

Nosso quatorze outra vez...

Lembro me como se fosse hoje. O mês de dezembro tinha sido encantador, eu conheci um novo amor. Doce, que se importava comigo, que tinha planos de construir uma casa e ter nosso cachorro. O dia foi uma terça e eu estava ensaiando o penteado do casamento o qual seriamos padrinhos.

Você chegou. Eu não estava pronta, mas você chegou. Com jeito cabreiro, nem quis entrar, só me entregou o pedido mais lindo de namoro. Um vídeo tão lindo que era impossível dizer não. 

Decidi entrar nessa aventura e aqui estamos nós. Há três anos oficialmente escrevendo a nossa história, ou se preferir, vivendo o roteiro que o supremo Autor tem para nós.

Todos os dias temos desafios novos, temos mais sonhos e as vezes podemos até perde-los no meio do caminho, mas de uma coisa tenho certeza: O Criador tem cuidado de nós, e nos mínimos detalhes!

Contudo, nem tudo são flores, muitas vezes nos desentendemos, perdemos a razão, mas o que me faz olhar para frente é também ter uma visão panorâmica de nós. E ver o poder de Cristo se aperfeiçoando em nossas fraquezas e nos firmando em Seu evangelho. 

Muitas coisas mudaram, acredito que hoje sou uma pessoa melhor e você também. Que sejamos fortes e firmes sempre e que nosso amor sobreviva a anos e seja um refúgio em tempos difíceis, que Cristo prevaleça em tudo. Afinal, todas as coisas são para Ele!

Sei que sou apenas uma pecadora convidando outro para entrar a minha vida por isso volto a dizer para você, seja paciente e demonstre por mim o amor que você tem por mim. Eu tenho tentado te amar todos os dias mais um pouco e deixado para trás coisas que me afastam de você.

Não vejo a hora de poder te olhar ao acordar e de ver você dormir. Te amo, feliz nosso aniversário!

PS.: FALTAM 103 PARA NOSSO CASAMENTO! :D



Com todo amor do mundo, 

Isabelly Santos
domingo, 14 de janeiro de 2018

Começar

As vezes as palavras somem, as vontades desfalecem, o que fazer com o novo começo?
Mal findou-se o ano e não sei o que fazer com essa nova página em branco. E para você? O que 2018 tem reservado para você?

Sonhos antigos para realizar, novos projetos para começar, não sei bem o que você quer fazer durante o ano, mas tenho refletido sobre o que fui e não quero ser mais. Reflita. Respira. Pense.

Esse ano de 2017 para mim foi cansativo, terminei minha iniciação cientifica, trabalhei nos projetos que estou, escrevi bastante, li muito, conheci novas pessoas, novas bandas, fiquei noiva, comecei a trabalhar, mas será que isso é tudo? Infelizmente, acredito que teve uma coisa que faltou em meu ano e fez toda a diferença.

No passado eu li pouco a Bíblia e me sinto fraca, com toda a certeza esse descuido meu, fez toda a diferença em diversas áreas da minha vida e sobre isso quero alerta-los.


Os dias muitas vezes passam e esquecemos de manter a nossa vida devocional e muitas vezes os sonhos que temos com Cristo são deixados para trás, mas contudo, tenho uma boa noticia para ofertar! Nunca é tarde para reparar os seus erros, todos os dias precisamos estar dispostos para recomeçar, se preciso for. Somos pecadores e falhos, mas quando somos regenerados pelo sangue de Cristo podemos com a sua graça levantar todas as vezes que vinhemos a cair, Deus é bom!
Talvez a sua pergunta seja como? Ou simplesmente pense que está muito longe para voltar, contudo digo:

Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos. Jó 14:7

Só Deus pode restaurar um coração longe dos caminhos do Senhor e ainda restabelecer uma vida devocional perdida pelos cansaços do cotidiano, mas para isso é necessário foco e disciplina, para dar um help abaixo listarei algumas dicas que podem ajudar:

1. Tenha um caderno devocional ou até mesmo folhas avulsas dentro da sua Bíblia ao ler um capítulo sempre escreva algo que lhe chamou atenção ou que tem dúvidas a respeito. Busque se aprofundar mais a respeito.
2.  Não leia a Bíblia de maneira aleatória, procure um plano de leitura.
3.  Evite passar um dia sem ao menos ler um versículo, mesmo que seja no ônibus indo ao trabalho.
4.  Baixe um aplicativo no seu celular da Bíblia e de um bom devocional, assim você tem acesso as escrituras onde quer que for.
5.  Ore sempre pedindo para que Deus lhe dê anseio por o conhecer mais, além disso não se esqueça de orar todos os dias, agradecendo ao Senhor por todas as dádivas.
6.  Contagie todos a sua volta com as palavras de vida que tem recebido.

 Espero que possa ter ajudado pessoas que estão com as suas vidas espirituais um pouco apáticas nesse inicio de ano, o meu desejo é que Deus lhe encha de coragem para vencer as armadilhas do comodismo espiritual e que esse ano de 2018 seja uma bênção para todos nós! Fiquem com Deus!

Isabelly Santos  
domingo, 7 de janeiro de 2018

O que você aprendeu?

Todo fim de ano é comum a gente fazer uma retrospectiva a respeito do que viveu, afinal não é todo dia que a Terra completa uma volta ao redor do sol e 365 em torno de seu próprio eixo. Sim, eu acredito que a vida é marcada em tempos e há um tempo certo para tudo. Mas é bem verdade que estes tempos nem sempre coincidem com o calendário. 

Contudo bem depois do fim do ano que passou, já começamos a correr desesperados pelo novo e muitas vezes nesta euforia deixamos para trás os ensinamentos da recente retrospectiva. (Sim, essa é uma boa desculpa para meu texto atrasado em uma semana e um ano.) Embora 2017 tenha sido um ano intenso e com experiências inesquecíveis, resolvi fazer uma retrospectiva diferente e relembrar um pouco do que aprendi através de meus amigos inseparáveis: os livros! 💛💜💚

Escolhi 3 dos lidos para contar um pouco para vocês (na ordem de leitura):

Quem tem sede venha! - Max Lucado (CPAD)
Este livro realmente é um refresco para almas sedentas, especialmente sedentas por amor, perdão e Graça. Como é típico do jeito Lucado de escrever, traz o que chamo de "parábolas contemporâneas", histórias fictícias de pessoas que buscavam cada uma a seu modo saciar-se em outros fontes até encontrarem-se no amor de Jesus. A partir delas o autor nos convida a reflexões sobre a infinita fonte divina de água da vida. 

Perdão Total - Maurício Zágari (Mundo Cristão)
Esta leitura não fiz por espontânea escolha. Foi resultado de uma busca de fontes para o work 7 (sim, esta equipe estuda muito para se preparar para os workshops!). E cara, me apaixonei. Ele é separado em pequenos capítulos que não precisam necessariamente ser lidos em sequência e traz considerações profundas sobre o perdão e restauração de Deus para todo pecador, seja ele um cristão recém-nascido ou um vovô da fé, tudo com bastante fundamentação bíblica. 

A depressão de Spurgeon - Zack Eswine (Editora Fiel)
Já faz um tempinho que reflito sobre depressão e cristianismo e encontrei um abordagem muito madura neste livro. O autor compartilha, numa linguagem poética e profundamente realista, reflexões muito pertinentes sobre a depressão a partir da sua própria batalha e também a do "Príncipe dos Pregadores", Charles Spurgeon (sim, ele também sofreu deste mal!), com vários fragmentos de sermões dele sobre o tema. É uma viagem às profundezas da alma! Recomendo muito a pastores, psicólogos, pessoas que lutam contra a depressão ou ainda que acompanham/convivem com estes guerreiros.

Como se aprende com a História, é preciso olhar para o passado para decidir o presente e ajustar o futuro. Então é com essa boa olhadinha para trás que começo meu novo ano de textos, com a Graça de Deus.

Ósculos aprendizes,
Iky Fonseca
quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

Jesus Cristo te ama e em breve vai voltar!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons