sábado, 12 de maio de 2018

Se hoje, uma pessoa olhar nos seus olhos e perguntar, com toda sinceridade possível a um ser humano, quanto é ou qual o tamanho do seu amor por Deus, qual será sua resposta?

- Eu? Amo a Deus acima de todas as coisas! (😍)
- Amo da mesma forma e intensidade que a minha família. (💑)
- Estou descobrindo... Um dia te respondo... (😉) Ou
- Nem tanto e nem tão pouco. (😲😶😐)

Às vezes, meio que “sem querer querendo”, damos uma carregada nas cores da nossa relação com Deus. Usamos as Redes Sociais para textos enormes, versículos associados a imagens (espero que de bom gosto, sempre... Amém?!) e outras formas de propagar o quão amorosos somos com o nosso Pai que está no céu. Agora, cá entre nós, é sério que você ama Deus sem ressalvas o tempo todo?! Caso a resposta seja SIM, por favor, me procura e ensina, pois em minha nada mole vida, a história é outra!


Aplicar o padrão do “Filho Perfeito” é uma maravilha, mas na verdade muitos de nós (começando por mim mesma =/) estamos mais perto do “Filho Pródigo” e vivemos a história de pegar a herança, gastar tudo, se ferrar todinho da Silva, voltar esperando as migalhas da mesa e sermos recebido com festa pelo Pai, inúmeras e seguidas vezes pela vida.  Sinto que na correia pelo desempenho perfeito, esquecemos de algumas verdades simples e que dizem tudo sobre o que somos verdadeiramente.

Assim, nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que Ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. 1 João 4:10
E, sinceramente, quando acabo prestando atenção em quem sou, vejo claramente que não existe comparação possível entre o amor de Deus por mim e o que eu sinto por ele. Minha carne grita de dor quando a coisa complica e, mesmo racionalmente buscando um caminho de linearidade, tenho plena consciência que meu emocional é uma grande muralha que atrapalha o meu caminhar para perseverança, mostrando que o fruto que a carne dá pra mim, dia sim e dia também, é a inconstância. 

Mas me esforçando não consigo Te amar mais!
Na minha força eu me canso e nada satisfaz!
Então largo tudo. No silêncio. No escuro. E Te contemplo!
E entendo o porquê estou aqui!
Entendo porque eu nasci!
Pra ser amada por Você
Pra ser uma com Você!
Bonecos de Plástico – Palankin

Cá pra nós, Deus sabe que o nosso amor por Ele dá uma “bugada” de vez em quando. E isso, infelizmente faz parte da natureza carnal que possuímos. Seria maravilhoso abrir mão de tal tendência e fluir, sempre pelo lado da fome que o espírito possui, mas na verdade somos estimulados a resistir ao mal e vencer o mundo. Acima do que somos naturalmente, existe o sobrenatural de Deus que vivifica o que somos: imperfeitos mais sedentos pelo dia em que voltaremos para o nosso lar de origem.  Por favor, fujamos da falácia do "faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço", pois não é a nossa simulada perfeição que atrai pessoas para o Pai e sim Ele, através de verdadeiros adoradores que se revela. Não sei você, mas eu mesmo sendo previsivelmente inconstante e sabendo que o amor que sinto por Deus nunca será maior do que o seu por mim, sigo, entre quedas e tropeços esperando o dia em que Ele me levará de volta para minha casa verdadeira.

#MARANATA

Beijos e Queijos,




Quem somos?

Jovens que escolheram a santidade para todas as áreas de suas vidas, inclusive para os relacionamentos. Acreditamos que a família é um projeto tão importante que devemos investir nele antes mesmo do namoro e do casamento.

+ lidos da semana

Tecnologia do Blogger.

Jesus Cristo te ama e em breve vai voltar!
Textos e logomarca do Workshop de Solteiros sob Licença Creative Commons Não-comercial 4.0 Internacional . Workshop de Solteiros Blogger - Designed by Johanes Djogan
Licença Creative Commons